Carmem Lúcia fica com Renan, que vence no STF por 6 x 3

A ministra Carmem Lúcia, presidente do STF, resolveu também votar no caso Renan Calheiros, e perante uma expressão de derrotado completamente humilhado do ministro Marco Aurélio Mello, decidiu ficar do lado do senador Renan Calheiros.

A decisão foi tomada às 18h13min

O resultado final de 6 x 3 consagra a seguinte decisão da Corte Suprema:

1) Renan permanece presidente do Senado.
2) Renan sai da linha de sucessão presidencial.

A vitória de Renan Calheiros e do Senado é acachapante e põe um freio no Judiciário.

Carmem Lúcia criticou o senador por ter virado as costas ao oficial de justiça que foi citá-lo, mas caso não tivesse feito isto, Renan não teria obrigado o STF a reunir-se esta tarde e nem a garanti-lo no cargo.

O Senado poderá chamar sessão para ainda esta noite.