terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Artigo, Tito Guarniere - O pacote das 10 Medidas

Não, não acho que a Câmara dos Deputados tenha “desnaturado” o projeto de lei das “10 Medidas contra a Corrupção”. Os deputados agiram dentro das suas prerrogativas: são eles que fazem as leis. Não existe lei perfeita, nem lei que satisfaça a todos os interessados e envolvidos.

Sem o pacote anticorrupção, objeto da celeuma, os senhores membros do Ministério Público Federal, e juízes como o doutor Sérgio Moro, puderam, perfeitamente, para ficar num único exemplo, levar a cabo de forma corajosa e brilhante a Operação Lava Jato, abrir processos contra meio mundo e botar a outra metade na cadeia.

Não passa semana sem que, em novas etapas da Lava Jato, batizadas com nomes meio extravagantes, policiais federais retirem de casa, logo nas primeiras horas da manhã, figurões da República, empresários de escol, políticos de todas as correntes, para recolhê-los “aos costumes”, como dizia um antigo personagem de Jô Soares. 

CLIQUE AQUI para ler tudo.

4 comentários:

Anônimo disse...

Não tem razão o articulista. O projeto, de origem popular, tinha outro sentido e todas as modificações naturais seriam para aperfeiçoar e não mudar. Se queriam outra coisa, deveriam apresentar outro projeto. Afinal é sua função.

Anônimo disse...

discurso do marchezan....

Anônimo disse...

má fé do articulista. os "absurdos" nao fizeram parte do relatorio do onyx. quer tapar o sol com a peneira? quer dizer que o crime de responsabilidade, nos termos da emenda da meia noite, não atrapalhariam a lava jato? tststs. desconhecimento...

Anônimo disse...

Esse projeto não é de origem popular. É invenção do MP e foi muito bem orquestrado e promovido pela imprensa melancia. Continha várias inconstitucionalidades que felizmente o Onyx barrou. Agora introduzir o crime de responsabilidade neste assunto também é totalmente ilegal. O STF rejeitaria facilmente estas cláusulas.