quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Artigo, Modesto Carvalhosa, Estadão - O STF barra os corruptos da madrugada

É correta a decisão de devolver o projeto de lei das ‘Dez Medidas’ à Câmara dos Deputados

Como referi no artigo aqui publicado no dia 3 de dezembro, os 313 deputados que compõem o Comando pró-Corrupção promoveram uma das maiores afrontas que o povo brasileiro já sofreu em sua história. Eles desnaturaram completamente o projeto de iniciativa popular conhecido como Dez Medidas contra a Corrupção, subscrito por 2,5 milhões de cidadãos.

O projeto abraçado pela população foi absolutamente desfigurado, excluindo-se dele quase todas as medidas anticorrupção e, por outro lado, inserindo, na calada da noite, medidas que favorecem a corrupção e que nunca tinham antes sido debatidas nas inúmeras sessões da Comissão Especial da Câmara dos Deputados.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

8 comentários:

Jorge Santos disse...

O Modesto foi contra o impeachment.

Anônimo disse...

É melhor não confiar no STF....fizeram isso por razões erradas... Eles são os senhores feudais da aristocracia vermelha que domina o país...Uma comunista saiu da presidencia, mas o aparato publico está infestado de vermelhos que não deixam o pais andar...Como tirar essa gente dai ainda não sabemos..e os direitos dessa gente estão escrito nas pedras ( petreo) como diz a CF...Mas então teremos que colocar essas pedras na britadeira e fazer virar pó...é isso...Eles gostam de muito dinheiro, pouco trabalho e vida boa as custas dos trabalhadores do pais...assim..Tentem tirar um alvarazinho de um boteco numa prefeitura...se não pagar 5 mil só sai em um ano !!! Ninguém mais tem medo do poder judiciario....

Anônimo disse...

Iniciativa popular coisa nenhuma.

Anônimo disse...

Delatado na Lava Jato, Michel Temer seria “bem-vindo” em Curitiba, diz Paraná Pesquisas:

22 de dezembro de 2016

Blog do esmael

Delatado trocentas vezes na Operação Lava Jato Michel Temer (PMDB), se embarcassse hoje para Curitiba, encontraria um ambiente “favorável” segundo a Paraná Pesquisas.

Na capital da Lava Jato, de acordo com o instituto, 70,3% desaprovam o governo ilegítimo e 24,4% aprovam o tinhoso. Não sabe ou não opinou 5,4%.

A Paraná Pesquisas entrevistou 858 eleitores curitibanos entre os dias 11 e 14 de dezembro. A margem de erro é de 3,5%.

A título de comparação, no país, diz o Vox Populi, apenas 8% aprovam Temer.
Portanto, “bem-vindo” a Curitiba! Eduardo Cunha lhe espera!

(Não precisa trazer “japona” por que o clima esquentou por estas bandas…)

Anônimo disse...


O STF deveria dar uma olhada aqui no RS, tem um pessoal que anda trabalhando só na madrugada, principalmente se a votação for para prejudicar o povo.

Anônimo disse...

Polêmico

Anônimo disse...

ESSE GOVERNO ORCRIMIANO NO BRASIL E' UMA VERDADEIRA ABERRAVAO DA NATUREZA MORAL COMUM.MAIS ABERRACAO AINDA E' VER QUE PERSISTEM.QUE VÍRUS!

Anônimo disse...

Esse petralha comunista das 21,51, ainda acredita nesse Vox Populi...??? esse instituto é cria desse partido ladrão.