terça-feira, 29 de novembro de 2016

Acampados da Praça da Matriz não se comovem nem com os mortos da Chapecoense

Acampados desde que o governo Sartori anunciou seu pacote de modernização da administração estadual, líderes e ativistas dos setores corporativistas do setor público gaúcho não interromperam os protestos na Praça da Matriz para chorar pelos mortos da Chapecoense.

Não há minuto de silêncio, bandeira a meu pau, luto fechado ou gestos compungidos.

O próprio umbigo prevalece acima de tudo e de todos.

O ambiente mantido pela CUT, braço sindical do PT, mistura tribos de várias tendências comunistas, como as do Cpers, engrossados agora por lideranças e ativistas das estatais e órgãos estatais estaduais que serão extintos, fusionados, privatizados ou abduzidos.

14 comentários:

Anônimo disse...

Até nesse momento de dor o editor continua cada vez mais ridículo na defesa do calamitoso DESgoverno Sartori.

Uma coisa não tem nada a ver com a outra, mesmo assim pode ter certeza que essa tragédia impactou o Brasil e o mundo!!!

Anônimo disse...


As pessoas não precisam se recolherem a suas insignificâncias, para demostrar respeito e consternação.
Lamenta-se as mortes, mas não estamos em Cuba, aqui o país não parou as fabricas e os comércios não fecharam, até o editor está trabalhando e bastante. Dados os fatos, conclui-se que não podemos ser sepultados juntos com os que se foram, por mera vontade dos governantes e seus asseclas. Assim a luta continua.

Anônimo disse...

Tu acha que esta turma se preocupa com qualquer outra coisa além de seus contracheques?

Marco Belotto disse...

Nós, os gaúchos que somos culpados da situação do estado. Nós, por votarmos mal eleição após eleição. Nós que votamos em demagogos e incompetentes e que nos deixamos levar no papo desses ineptos. Nós, que temos nossos negócios para tocar. Nós que temos nossos empregos para conservar. Nós não temos tempo para montar uma barraca na praça, (uma praça que com superlotação talvez caiba 5 ou 6 mil pessoas)pois com isso nosso negócios quebrariam ou nossos patrões nos colocariam no olho da rua.
Das janelas do edifício ao lado desta praça, os ineptos e demagogos olham para fora e dizem. "Oh, o povo está clamando por justiça, devemos atende-lo" . E assim a minoria barulhenta leva todas as benesses e a maioria silenciosa paga a conta. Só que a coisa chegou ao limite e esta minoria não quer abrir mão de nenhum privilégio e então chegamos ao impasse de um estado quebrado. Vamos aguardar os próximos capítulos.

Marco Belotto disse...

Nós os gaúchos, é que somos culpados da situação do estado. Nós, por votarmos mal eleição após eleição. Nós que votamos em demagogos e incompetentes e que nos deixamos levar no papo desses ineptos. Nós, que temos nossos negócios para tocar. Nós que temos nossos empregos para conservar. Nós não temos tempo para montar uma barraca na praça, (uma praça que com superlotação talvez caiba 5 ou 6 mil pessoas)pois com isso nosso negócios quebrariam ou nossos patrões nos colocariam no olho da rua.
Das janelas do edifício ao lado desta praça, os ineptos e demagogos olham para fora e dizem. "Oh, o povo está clamando por justiça, devemos atende-lo" . E assim a minoria barulhenta leva todas as benesses e a maioria silenciosa paga a conta. Só que a coisa chegou ao limite e esta minoria não quer abrir mão de nenhum privilégio e então chegamos ao impasse de um estado quebrado. Vamos aguardar os próximos capítulos.

Cap Caverna disse...

O anarquista das 17:51, certamente algum CC quer perdeu a teta da quadrilha que foi desalojada do governo, e não sabe fazer mais nada, se é que sabe fazer bem alguma coisa, como petista ou do psol, agride os outros, sem necessidade, e na maior cara de pau. O desgoverno que falas, energúmeno, é consequência da calamitosa situação que o teu líder Atraso Genro, deixou para o sucessor dele. Fez politicagem barata e nojenta, gastou tudo que pode, deixou o RS quebrado e saiu de peito erguido, achando que fez certo. Ridículo, és tu, que não presta pra nada, não produzes nada de bom, e com certeza deves estar ganhando uma "quentinha" pra ficar fazendo palhaçada, junto com os comunistas do CPERS e os marxistas da CUT, que usam diariamente o lema nazista: para se atingir os fins , não interessa os meios. Escória da sociedade! Voltem para o esgoto!

Anônimo disse...

Que infelicidade Políbio! Perdeste a mão? O que está acontecendo? Eras tão sensato...

Anônimo disse...

Que infelicidade Políbio! Perdeste a mão? O que está acontecendo? Eras tão sensato...

Anônimo disse...

Sartori, vende todas essas estatais, livra o estado dessa tralha, que só dá despesa. O Olívio dutra, não sabendo o que marcaria o governo dele, que foi um desastre, criou a universidade estadual, mais despesas para o governo estadual pagar.

- Onde essa gente estava, nos 4 anos do demagogo, populista, incompetente do tarso genro....????

- Força Sartori.....!!!!

Ultra 8 disse...

Por acaso, os defuntos daquele avião estavam indo para resolver promemas da situação calamitosa do estado do RS??? Ficar comovido com vagabundos que praticam lazer anestésico na população? era só o que faltava...

Rocco disse...

Serra, Aproveita essa porcaria de viagem inútil e descabida pra Cuba, pra trazer pelo menos um compromisso de pagamento dos empréstimos do BNDES, um deles que foi para o porto de Maryel... Se já foi e assinou o livro, volta rápido pra fazer algo mais humanitário, tal como ir direto pra Colômbia dar apoio ao nosso povo que sofreu essa tragédia sem tamanho e estes sim merecerem infinitas homenagens e apreço, pois estavam representando a nossa nação verdadeira que é o Brasil e não Cuba, sem desmerecer o sofrido povo cubano.

Anônimo disse...


Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Ninguém de sã conciencia não ficou consternado com o trágico acidente aéreo que vitimou a delegação da Chapecoense. Assim como os sobreviventes do trágico acidente, mal comparando, os centenas de servidores que ali estão também lutam pela vida, que é a "manutenção do emprego", a maioria com mais de 40 anos, vão ter enormes dificuldades de entrar no mercado de trabalho competindo com pessoas de 25 anos (e nos sabemos quem as empresas privadas preferem).

A, contrário senso, o editor e os blogueiros do blog não se comovem com os milhares de servidores que serão demitidos do serviço público? Quem me garante quem muitos não venham a passar fome, junto com familiares? Aqui não é acidente é "planejado", obviamente que nessa hora eles estão mais preocupados como vai ser a vida deles daqui para diante.

Anônimo disse...

E o Senado, se comoveu com a "os mortos da chapecoense"? Porque o Presidente do Congresso não aguardou pelo menos os três dias de luto oficial, decretado pelo traíra, para depois votar a PEC 55? Vai passar de qualquer jeito, podiam esperar mais alguns dias, em respeito aos mortos da chapecoense. Ou luto e comoção com os mortos da chapecoense só vale para servidor público do RS que está em vigília na frente da Praça da matriz para não perder o emprego?

Anônimo disse...



O Senado estava salvando as vidas de milhões de brasileiros com a votação da PEC. Por isso não podia parar.

Quanto a esses vagabundos da Praça, é de onde não se espera que não vem nada mesmo!