Análise - PIB do segundo trimestre mostrará retorno da recessão

A análise a seguir é dos economistas do Bradesco e foi enviada esta manhã ao editor. Leia com atenção:

Reforçando nossa expectativa de retração do PIB neste trimestre, os indicadores de atividade, que serão conhecidos nesta semana, deverão mostrar que os resultados foram fracos em abril. Na terça-feira, teremos a Pesquisa Mensal do Comércio, que deve indicar recuo de 0,7% das vendas do varejo entre março e abril. No dia seguinte, a Pesquisa Mensal de Serviços apontará para a mesma direção e, com isso, esperamos que o IBC-Br – a ser conhecido na sexta-feira – registre queda de 0,1% em abril ante o mês anterior. Após a surpresa baixista com o resultado do IPCA de maio, será divulgado o IGP-10 de junho na próxima quarta-feira. Esperamos deflação de 0,62% em junho, favorecida pela redução dos preços dos produtos agropecuários. A Receita Federal deve divulgar, ainda sem data definida, o resultado da arrecadação de maio, para o qual estimamos montante de R$ 100,4 bilhões, o que representa uma alta interanual de 2,0%, em termos reais. O governo pode ainda divulgar nesta semana os dados do Caged de maio, que devem mostrar criação líquida de 25 mil postos formais de trabalho. 

12 comentários:

Anônimo disse...

Mas o temer disse que a recessão havia acabado...ate o sArdenberg e o William waack haviam concordado com ele.
O que saiu errado, editor?
O que saiu errado, editor?

Anônimo disse...

COM CORRUPÇÃO A OLHOS VISTOS EM PRATICAMENTE TODOS OS PODERES, QUEM SE ARISCA A INVESTIR ? EMPRESÁRIOS TEMEM QUE PARA POLÍTICOS SE SALVAREM ESTEJAM DISPOSTOS A TUDO. STE DEMONSTROU QUE ALGUNS MINISTROS TAMBÉM ESTÃO ENGAJADOS NESTE TUDO.

Mordaz disse...

Como pode haver um retorno de algo que nunca existiu: a saída da recessão. Fogos pirotécnicos de Temer não é sair da recessão.

Mordaz disse...

Pior do que a falta da reforma da previdência comprada pelos banqueiros é o investidor perceber que as instituições estão comprometidas com a corrupção e nenhuma lei funciona, portanto.

Anônimo disse...

Façanha realizada pelo "dream team" da economia do Michel temer,kkkkkkkk

Unknown disse...

" É a ESTAGFLAÇÃO, estúpidos " !!!

LUIS SILVA disse...

ESTA MEDIÇÃO DO PIB É TODA MANOBRADA , VAI COMO O GOVERNO QUER , VIGARICE, O DESEMPREGO AUMENTANDO , A INFLAÇÃO DIMINUINDO ( lógico o povo não compra mais nada ) A SAFRA AGRICOLA TERMINOU E OS PREÇOS CAIRAM MUITO , DA ONDE VAI AUMENTAR O PIB ,QUAL MENTIRA VÃO INVENTAR, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Anônimo disse...

acabou o dinheiro do FGTS e a recessão vai voltar


melhor teria sido reajustar a tabela do imposto de renda...sem renda as pessoas não poderão consumir

Ivan Alencar disse...

Há um ano atrás a economia descia e descia, bovinamente em direção ao abismo, com os mortadelas elogiando a Dilma e enaltecendo as bobagens do seu líder, e a rede global no meio.
Para o resto do Brasil havia a Esperança.
Hoje um globo da vida vem contestar a economia correndo na pista, oscilando num quase decolando e acham que o governo está bobeando. Em apenas um ano, apesar de todas as arapucas plantadas e aparelhadas pelas falanges do atraso.
O certo é que a a Luz da Esperança está brilhando cada vez mais firme, com realizações!

Anônimo disse...

os gringos nao sentiram firmesa pra botar grana

Anônimo disse...

Sem pixulecos nos bolsos, a sedenta mídia que antes mamava nas generosas e vermelhas tetas da Lulocleptocracia agora vê pêlo até em ovo e está se lixando para o Brasil decente, venderam a alma ao demônio e nunca mais recuperarão a credibilidade com as pessoas inteligentes.

Anônimo disse...

Só com Bolsonaro para arrumar o país.
Modelo de estado socialista brasileiro criado na constituição de 88 e ampliado exponencialmente por FHC,Lula e Dilma FALIU.