Saiba de que modo o TCE do RS buscou mais proximidade com os gestores do interior do RS

O TCE do RS está classificado como o primeiro em transparência no Brasil. A avaliação é da Estrutura Nacional de Combate à Corrupção e Lavagem, de Dinheiro, Ministério da Justiça.

Ao lado, o presidente atual do TCE, Marco Peixoto.

Muito pouca gente sabe, mas o Tribunal de Contas do RS, TCE, possui não apenas instalações físicas, mas também pessoal em oito cidades do interior, que escolheu como seus braços regionais, tocando suas atividades mais perto dos gestores municipais. Uma nova unidade regional, a nona do interior, sairá antes do final do ano, em Osório, abrangendo todo o Litoral Norte. Muitos profissionais lotados nas regionais acabam sendo chamados para a Capital. Um dos casos mais conhecidos é o do conselheiro Cesar Miola, que foi presidente do TCE na gestão anterior a de Marco Peixoto. As reuniões complementam ferramentas como o Gabinete das Cidades e até mesmo a Escola Superior de Gestão e Controle (este ano, 1.200 diretores de escolas fizeram seus cursos de gestor). O Índice de Efetividade da Gestão Municipal é outra ferramenta de mensuração da efetividade das políticas públicas municipais.

O TCE do RS, 80 anos de existência, possui 800 servidores e orçamento anual de R$ 460 milhões, atendendo os 495 municípios do RS (Prefeituras, Câmaras, órgãos municipais e estaduais). Este ano, oito encontros regionais já reuniram 3 mil prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e gestores municipais de diversas áreas. Mais dois encontros estão programados: Caxias, e Passo Fundo, nos dias 6 e 22 de junho.

Outra novidade deste ano foi a implementação do Gabinete das Cidades, que é pioneiro no gênero, no Brasil.

Nota do editor - O editor convidou-se e visitou o TCE durante duas horas, segunda-feira à tarde.

5 comentários:

Anônimo disse...



Aos golpistas lullopetistas no Senado:

Nas eleições de 2016, ficou comprovado que no mínimo 85% dos eleitores brasileiros REPELIRAM O LULLOPETISMO!

LULLADRÃO NÃO CONSEGUIU ELEGER nem mesmo seu próprio FILHO BANDIDO pra prefeito de São Bernardo do Campo!!

Agora a CCJ aprova a PEC PARA ELEIÇÃO DIRETA, manipulada pelos fascínoras Lulladrão e PeTralhas bandidos, imorais e traidores do Brasil!!!!!!!!


Está muito claro que LULLADRÃO e os petralhas

querem ELEIÇÕES DIRETAS PARA FRAUDAREM,

MAIS UMA VEZ, OS RESULTADOS

CENTRALIZADOS NO TSE.

Com a manipulação bandida do DIAS TÓFFOLI.


LULLADRÃO e os petralhas têm certeza que irão ROUBAR OS VOTOS NAS URNAS ELETRÔNICAS,
porque sabem que os eleitores brasileiros REPUDIARAM O PT E ALIADOS NAS ELEIÇÕES DE 2016, mesmo antes das delações da Odebrecht, OAS, JOÃO SANTANA, MÔNICA MOURA, JBS, etc.

O eleitorado brasileiro TÊM CERTEZA DAS FRAUDES ELEITORAIS PETISTAS em 2014!

Os eleitores TÊM CERTEZA QUE ELEIÇÕES DIRETAS são GOLPE CONTRA O POVO + FRAUDE ELEITORAL!!

Vocês no Senado provaram há poucos dias que

são TRAIDORES DO BRASIL,

pois aprovaram a excrescência do Aloisyo Nunes,

a criminosa LEI DA IMIGRAÇÃO, pra naturalizar

bolivarianos bandidos, e importar votos para o Lulladrão!

Até a Ana Amélia aprovou e provou do que é capaz!


ENTÃO NÃO VAI TER GOLPE BOLIVARIANO

LULLADRÃO NÃO VAI ELEGER UM POSTE COMO

JOAQUIM BARBOSA, que não responsabilizou

Lulladrão no MENSALÃO!!!!!!


OS ELEITORES na PRÓXIMA ELEIÇÃO

ADOTARÃO VOTO NULO ou ABSTENÇÃO

PORQUE POLÍTICO NÃO REPRESENTA O CIDADÃO

POLÍTICO REPRESENTA TODO LADRÃO.

Anônimo disse...

Este probo Sr aí da foto é o famoso Marco Rolinho?

Anônimo disse...

Vanazi/S.Lopoldo cai a qualq momento

Anônimo disse...

Isto é balela.. TCE gosta muito de ferrar prefeitos e vereadores de cidades pequenas, mas não mexe nada nas grandes cidades e Estado.

Anônimo disse...

Pros pequenos municípios: o rigor da Lei. Já quanto às administrações calamitosas de Olivio e Tarso, aprovação sem maiores pudores.