Moro adia interrogatório de Lula para o dia 10

O juiz Sérgio Moro acatou pedido da PF e da SSP, adiando para o dia 10 o interrogatóruio de Lula, réu na açlão penal do caso do triplex de Guaraujá.

CLIQUE AQUI para ler as 149 páginas da denúncia do MPF contra Lula.

6 comentários:

Anônimo disse...

Não vejo motivo algum para adiar o interrogatório. É como eu falo a justiça é e sempre será conivente.
Faz o interrogatório antes e bem na cidade do marginal.

Unknown disse...

Dá-lhe Moro... embroma os vândalos, terroristas, guerrilheiros, pelegos e petralhas(demais facções - PCC/MST/BlacBlocs/etc...) da mesma forma que elles te atrapalham!!!

Anônimo disse...

Gilmar proíbe surpresas da PF para Aécio. Só valem para Lula: 26/04/2017.O Tijolaço. O ministro Gilmar Mendes, noticia o Estadão, proibiu a Polícia Federal de fazer “surpresas” a Aécio Neves.
Disse Gilmar que “diligência em andamento não autoriza a ocultação de provas para surpreender o investigado em seu interrogatório”. Interrogatório que, aliás, foi adiado para que a defesa do presidente do PSDB tenha acesso a todos os autos.
Gilmar Mendes está certo e é assim que a Justiça brasileira se portava antes de inaugurada esta era de trevas da Lava Jato.
Ninguém pode ser levado a interrogatório sem saber exatamente do que está sendo acusado, é o que diz Súmula Vinculante do Supremo:
“É direito do defensor, no interesse do representado, ter acesso amplo aos elementos de prova que, já documentados em procedimento investigatório realizado por órgão com competência de polícia judiciária, digam respeito ao exercício do direito de defesa”
Resta saber se o mesmo critério é seguido no caso de Lula, que mesmo antes de intimado a depor foi arrastado de casa, mal nascido o dia, para ser interrogado na base aérea de Congonhas.
Quando Gilmar Mendes, comparado a Sérgio Moro, parece um príncipe da legalidade, é sinal que o objeto da comparação é um atrabiliário consumado.
E quando os juízes que tem (ou seria mais adequado dizer que tinham, no passado?) poder para frear os abusos de Moro não o fazem, subscrevem o autoritarismo ou uma declaração de covardia.Covardia que desaparece quando o “cliente” é da sua turma.

Anônimo disse...

Moro rejeita adiar ação contra Lula por causa da morte de Marisa: Defesa pediu o adiamento dos depoimentos das próximas duas semanas porque a preparação ficou comprometida em razão do drama pessoal vivido pelo petista. 8 fev 2017. Veja. O juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba, negou nesta quarta-feira pedido de suspensão do andamento do processo contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com adiamento das audiências das próximas duas semanas, em razão da morte da ex-primeira-dama Marisa Letícia, na última sexta-feira.

“Apesar de trágico e lamentável acontecimento, há diversas audiências já designadas, com dezenas de testemunhas, e para as quais foram realizadas dezenas de diligências por este Juízo e pelos diversos Juízos deprecados para a sua viabilização”, escreveu Moro em despacho. “Assim, indefiro o requerido.”
Dois pesos, duas medidas?

Anônimo disse...

moro e seu estilo covarde e cagalhao!

Anônimo disse...

Dias 3 ou 10 de Maio, não importa, o que interessa ao País é que a JUSTIÇA prevaleça .!!!