segunda-feira, 17 de abril de 2017

Governo Sartori fechará, hoje, Fepps e SPH

Dos 12 órgãos estaduais que tiveram a extinção autorizada por lei entre 2015 e 2016, cinco foram fechados pelo Palácio Piratini – sendo que dois deles deixarão de existir oficialmente hoje. Foram desligados  26 servidores, de 1,2 mil inicialmente previstos, além do corte de 62 cargos de chefia.

No caso das outras sete estruturas, as demissões e transferências de atividades estão suspensas por decisões judiciais e dependem de acordos coletivos para avançar. Uma nova rodada de negociações com os sindicatos está prevista para o fim deste mês.

Fecharam
Fundação de Esporte e Lazer do Rio Grande do Sul (Fundergs), que fechou as portas em março. 
Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária (Fepagro) 
Fundação Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore (FIGTF) 

Hoje, seguirão o mesmo destino 
Fundação Estadual de Produção e Pesquisa em Saúde (Fepps)
Superintendência de Portos e Hidrovias (SPH)

Funcionam, ainda, com liminares:
Fundação Piratini 
Companhia Rio-Grandense de Artes Gráficas (Corag) 

11 comentários:

Anônimo disse...

fundação instituto gaúcho de tradição e folclore... em outras palavras: gigolôs do gauchismo. Anotem aí, não fará falta alguma.

João Leal Vivian disse...

Funcionam, ainda, com liminares:
Fundação Piratini
Companhia Rio-Grandense de Artes Gráficas (Corag)
FEE
CIENTEC
FZB
Metroplan
FDRH

Anônimo disse...

Que se feche tudo o que representa custo para o contribuinte e não serve para nada.

paulobon disse...

Palhaçada é aquele Circo da Câmara Municipal. Milhões são aplicados pra sustentar um bando de gente inútil e agregados que nada produzem. Dá vergonha assistir na TV as sessões que seguem. Uma barafunda de normas pra imitar a Câmara Federal e quando vão discursar só falam abobrinhas e piadas gozando com a cara de seus próprios pares, como se tivessem num boteco qualquer. Ninguém merece. Deveriam estar votando sim a emancipação da Cidade para transforma'-la numa Província. E assim seriam elevados a Deputados pra ganhar o Dobro do que já ganham. Gente pequena de cérebro e de visão não merece nem apoio e nem respeito. Está na hora de acabar com estas panelinhas que existem em todos os cantos do país. Nos Sindicato, Hospitais, Escolas, Governos. Municipais e Estaduais. Onde se vai tem panelinhas mamando nas tetas do povo. Que depois se transformam em verdadeiras quadrilhas que criam e repartem vantagens financeiras pedindo mais verbas que nunca são usadas para o fim alegado. CADA BRASILEIRO DESTE TIPO TAMBÉM TEM QUE SER FISCALIZADO E COBRADO PELA SOCIEDADE E POR SEUS PRÓPRIOS FILHOS QUE TENHAM CARÁTER E QUEIRAM LAVAR A HONRA, AVERGONHA E A DIGNIDADE DESTE PAÍS. MILHARES DE LAVA-JATO QUE JAMAIS SERÃO INVESTIGADAS E DENUNCIADAS POIS JÁ ESTÁ NO GENE DA RAÇA DE MUITOS BRASILEIROS...

Histórico disse...

Left overs dos governos esquerdistas: BUROCRACIA É BOM, BUROCRACIA PRODUZ MANTEIGA E MEL, BUROCRACIA ENCHE A BARRIGA DO POBRE.....

Anônimo disse...

Meus Parabéns ao Polentao. Homem de brio que está tentando arrumar a VERDADEIRA CASA DE IRENE QUE SE TRANSFORMOU ESTE ESTADO. Reformar uma bagunça que joga dinheiro pelo ralo não é tarefa Fácil. Até achar e tampar todos os furos levará mais dez anos. E' OBVIO QUE ELE DEVERIA SER REELEITO PARA CONTINUAR A FAXINA. O PROBLEMA É QUE A FAXINA ESTÁ VIVA E COME PELO RABO E VAI FAZER O DIABO PRA PERMANECER COMENDO O DINHEIRO DE UM POVO QUE NÃO LIGA PRO QUE E' SEU!

Anônimo disse...

Tá loco...que bando de idiotas..

ferrys disse...

Não vai conseguir extinguir o restante te, não são instituições de burocracia, são instituições que executam funções de estado e que geram economia ao estado. Não há como extinguir. Este governo é de uma infantilidade e incompetência que surpreende até o mais retrógrado direitista.

ferrys disse...

O ministério público vai tratar de enquadrar o polenta.

Luiz Vargas disse...

E a EGR, antiga EPR (empresa PeTralha de Rodovias) quando será fechada?

Anônimo disse...

Como que ainda não conseguiram fechar a FDRH ? ali na praia de belas, aquela fundação não tem nada a contribuir e fazer, é um cabide de empregos de políticos fracassados sem qualificação alguma, e suas atividades atuais são marasmo e ociosidade, fechem logo essa espelunca. Saudações da Serra