quinta-feira, 23 de março de 2017

Teto salarial da prefeitura de Porto Alegre será de R$ 19,5 mil

O prefeito Marchezan Júnior anunciou ontem que seu salário, R$ 19.477,00, ser[á o teto salarial para todos os servidores de Porto Alegre.

17 comentários:

Anônimo disse...

Acho que é só retórica. Tem gente que ganha mais do que isso. Agentes da receita municipal, procuradores e um time de CCs que se esconde na PROCEMPA e gabinetes.
Se ele cortar, os barnabés entram na Justiça e ai fica aquela briga. Normalmente ganha pelo empregado, que coloca a cláusula da irredutibilidade de salários.
Ele tem de cortar o número de CCs, as consultorias e estudar uma maneira de diminuir as horas-extras em setores operacionais.
Isto é efetivo. O resto é pirotecnia e vontade de estar sempre na mídia.

Anônimo disse...

E o servidor que atende no setor de IPTU e ISS que recebe R$ 30.000,00? E o jardineiro do DMLU que trabalha no Parque Germânia que recebe R$ 13.000,00?
Não pode sobrar dinheiro para um "negócio" que tem receita de 3o. mundo, mas custo com servidores de 1o. mundo.

Anônimo disse...

Ele não pode reduzir o salario dos Ccs, mas pode demitir e contratar de novo com um novo valor.

Anônimo disse...

Prezado Políbio;

Faça uma reportagem falando e cobrando o prefeito, MP e TCE sobre os Ccs fantasmas na Procempa, carris e EPTC;
Dizem que o prefeito já sabe quem são os nomes.
E até agora, não fez nada.

Modelo de Gestão disse...

"Só" R$ 30 mil ?!? Tem mais de 550 nababos que ganham acima do teto e, desses, 150 MARAJÁS ganham acima de 30 contos, alguns beirando módicos R$ 50 mil POR MÊS... Ou R$ 700 mil POR ANO. Algumas destas castas confundem ter um bom salário com serem RICOS NO SERVIÇO PUBLICO. Mas nunca esquecendo, quem deu este simplório presente aos novos ricos foi a dupla FORTUNATI & MELO.

Anônimo disse...

Primeiro tira os CCs que ganham mais de 20 mil na Procempa, aí podemos conversar sobre redução de salários de servidor público, que tem esse salário adquirido por anos de trabalho e não pq balançou bandeira.

Anônimo disse...

Fui servidor por 38 anos.. nao existe jardineiro com esse salario, com boa vontade em fim de carreira pode chegar proximo dos 3.000 mil....mas esperem a bomba que vem pir ai, o magrao meteu a mao na previmpa(orgao que paga as aposentadorias) isso vai acabar o contribuinte pagando, e caso de ministerio publico todos estao caladosou meteram a mao junto.

Anônimo disse...


No mínimo este pessoal politico assina o que vai fazer e cumpre o prometido.

http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/gdi/noticia/2017/03/tce-suspende-nomeacao-de-cargos-em-comissao-em-triunfo-9754980.html

Anônimo disse...

POLIBIO. MARCHESAN PAVIMENTA O CAMINHO PARA O PIRATINI. SE TODO ADMINISTRADOR TOMASSE ESTA INICIATIVA NÃO EXISTIRIAM POLITICOS E SERVIDORES, JUÍZES E DESEMBARGADORES RECEBENDO 3 OU 4 SALARIOS DA UNIÃO OU DOS ESTADOS. Tanto e verdade que se Tarso Genro imitando Brizola eleger-se Governador no Rio de Janeiro, receberá duas aposentadorias apenas por ter trabalhado 8 anos na vida. ELEITO PRESIDENTE MARCHESAN PODERIA REPETIR A INICIATIVA OBRIGANDO A UNIÃO A PAGAR UM SALARIO PRA CADA BRASILEIRO. CLARO QUE HAVERÁ O DIREITO DE OPÇÃO PELO SALARIO MAIOR.

Anônimo disse...

É VERDADE. O APOSENTADO FOI SAQUEADO POR UM PREFEITO PETRALHA INCOMPETENTE QUE AGIA EM SEGREDO COMO UM REIZINHO COM UMA SUCIA QUE LIMPAVA OS COFRES NA CALADA DA NOITE.

Anônimo disse...


Mais uma promessa que não vai cumprir. Já arregou para os Cargos em Comissões de carreira. Vai comer na mão dos Procuradores e Agentes Fiscais logo, logo. Vale um cafezinho?

Anônimo disse...


Mas se mexer nos CCs da Procempa, Marchezan perde o apoio do PTB na Câmara de Vereadores, e do dep. estadual Maurício Dziedricki.

Anônimo disse...


Kkkkkkk kkkkkkkk kkkkkkkkkk

O Infortunati disse que seria reitor da Facinepe, e que tinha pós-graduação em Gestão Pública, só que foi desmentido logo depois, pois o diploma que tinha, emitido pela Facinepe, não tinha validade junto ao MEC. O diploma do Infortunati era falso. E falsidade ideológica é CRIME incluído no Código Penal!!!

Gestor Público! Kkkkkkk kkkkkk kkkk

Anônimo disse...


Kkkkkkk kkkkkkkk kkkkkkkkkk

O Infortunati disse que seria reitor da Facinepe, e que tinha pós-graduação em Gestão Pública, só que foi desmentido logo depois, pois o diploma que tinha, emitido pela Facinepe, não tinha validade junto ao MEC. O diploma do Infortunati era falso. E falsidade ideológica é CRIME incluído no Código Penal!!!

Gestor Público! Kkkkkkk kkkkkk kkkk

Anônimo disse...



Ai vem ele de novo. Crise, crise, crise, mas não manda TODOS os CC's embora e pagando nova consultoria (Falconi). A Quântica levou uns 6 milhões na gestão anterior e Marchezan agora detona as secretarias.

http://www.cpovo.net/Noticias/Politica/2017/03/613341/Marchezan-fala-em-nao-vai-pagar-quatro-folhas-do-funcionalismo

Anônimo disse...

Engraçado falaram de barnabés que ganham vencimentos módigos, mas um DEPUTADO federal ganhar R$80.000,00 e ainna saquear os cofres na Lava Jato ninguém reclama? E os William Boners e tantos outros trabalharem em concessionárias de serviço público ganhando R$5.000.000,00, ninguém reclama?Se os vencimentos da Prefeitura fossem tão bons não precisava tirar funcionários da folha do Estado para emprestá-los ao município nas pastas das Secretarias.Será que Porto Alegre é tão fácil de ser administrada que o Prefeito pode ganhar menos que o de São Paulo? Menos que o de Cachoeirinha? Depois a cidade vai à bancarrota ninguém reclame. Coloca um administrador na GERDAU ou RBS, ou em um Banco ganhando R$ 13.000,00 líquidos, vamos ver o nível da capacidade. A maior parte dos Secretários capacidados da Prefeitura já chegaram com seus vencimentos e proventos pagos por outro órgão, nos quais são lotados ou aposentados. Duvido que algum fique se perder seu salário de origem.As empresas de fora estão loucas para desmantelar os quadros da Prefeitura para depois fazer contratinhos de prestação de serviço cobrando R$40.000.000,00.

Anônimo disse...

http://imprensalivrers.blogspot.com.br/

Pró-Reitor Institucional do GRUPO EDUCACIONAL FACINEPE (FACULDADE FANTASMA), CARLOS FETT PAIVA NETO filho do Exonerado Ex diretor do Daer - Engenheiro José Luiz Rocha Paiva

Agência de Notícias - 09:59-10/06/2008
O maior problema do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), investigado pelo Ministério Público Estadual, são as recorrentes dispensas de licitação e a renovação de contratos na área de rodovias e de transporte coletivo.
Segundo o procurador-geral de Justiça, Mauro Renner, os procedimentos estão em andamento no MP.
- A investigação não envolve necessariamente suspeita de desvio de dinheiro público. Estamos verificando se houve favorecimento na dispensa de licitação - explicou Renner.
Paralelamente ao MP, o Executivo começou a remodelar a estrutura do departamento. Entre as medidas, está a exoneração do diretor de Obras da autarquia, engenheiro José Luiz Rocha Paiva, publicada no Diário Oficial do Estado ontem.
Filiado ao PP, Paiva foi diretor-presidente do Daer no governo Antônio Britto (1995-1998). Apesar de não ser servidor de carreira, o engenheiro historicamente trabalhava no Daer por indicação do PP.