Outro cidadão gaúcho é abatido a tiros em Porto Alegre.Elelevou dez balaços.

Outro cidadão gaúcho foi morto como gado, ontem. Ele foi executado com dezenas de tiros, na noite em frente a um colégio na zona sul de Porto Alegre. 40 disparos foram feitos num bar em frente à escola municipal José Loureiro da Silva, no bairro Cristal.

A vítima é Robson Hinterholz.  Dois homens desceram de uma bicicleta e abriram fogo. Depois, fugiram com o veículo.


As aulas da noite do colégio foram suspensas por motivos de segurança.

A Polícia chegou depois e acha que é guerra do tráfico.

3 comentários:

Anônimo disse...

Se for guerra do tráfico, ótimo.
Que assim continue.

Unknown disse...

Guerra é guerra... até quando nossas autoridades constituídas dos três poderes vão continuar a ignorar a guerra civil unilateral da bandidagem contra a sociedade???
Estado de Guerra requer medidas de guerra!!!
Chega de se acovardarem escondidos em seus gabinetes refrigerados nos quais aguardam os polpudos ganhos todos os finais de mês!!!

Anônimo disse...

DEPOIS DE 40 TIROS VOCE AINDA CHAMA DE CIDADÃO???