JBS e BRF, de “campeãs nacionais” dos governos Lula e Dilma, a suspeitas de vender carne vencida

Os dois atores emprestaram suas imagens e agora sofrem desgaste inesperado.

O repórter Marina Novaes, jornal El País, edição brasileira deste sábado, diz que além do esquema de corrupção, a operação Carne Fraca coloca em xeque a qualidade dos produtos. Esquemão põe em xeque  JBS, dona das marcas Friboi Seara e Big Frango, e a BRF, dona da Sadia e Perdigã

A Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, não só apontou para a existência de um suposto esquema de corrupção entre frigoríficos e fiscais agropecuários do Ministério da Agricultura, como colocou em dúvida a qualidade dos produtos vendidos por duas gigantes brasileiras do setor de carnes: JBS, dona das marcas Friboi Seara e Big Frango, e a BRF, dona da Sadia e Perdigão. A notícia de que as empresas pagavam propina para vender carnes vencidas ou adulteradas com produtos químicos —o que tanto a JBS quanto a BRF negaram— fez com que as ações dos frigoríficos despencassem mais de 8% na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) até o início da tarde sexta-feira. 

Além das duas gigantes do setor, outras 29 companhias também são alvo da operação.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

35 comentários:

Anônimo disse...


Toni Ramos, Fátima Bernardes, Rede Globo.

Sempre os mesmos...

- Que papelão!

Anônimo disse...


Desde o ano passado já vinha postando que a Friboi é pura lavagem de dinheiro.

Tinha que botar todos na cadeia e jogar a chave fora.

E fechar o frigorífico.

Os funcionários por que não denunciaram ao sindicato???

Funcionários e sindicato também são responsáveis.

Anônimo disse...


Essa dupla global é famosa por serem os reis midas... onde tocam vira merda.

Unknown disse...

Pior seria encontrar os pelos do Tony Ramos na picanha de domingo!!!
Rir é o melhor remédio, afinal, o Brasil é uma piada pronta... aliás, um almanaque de piadas!!!

Anônimo disse...

Ué editor???? não era do filho do Lula como os blogs sujos q abastecem aqui diziam??????

Anônimo disse...

Sergio Moro neles !!

Diogo Zaddor disse...

Mas... o Nobre Editor está ficando muito leve quase um PC (politicamente correto)!
Não é carne "vencida"... É CARNE PODRE MESMO... tão podre quanto comunistas, petralhas, psolistas e demais suínos... sem ofensa ao nobre animal.

Lima disse...

Chama-me atenção o fato da mídia não noticiar que a JBS e a Friboi fazem parte da mesma suruba!

Anônimo disse...

Quantas vezes eu denunciei neste site e outros que as carnes da Friboi eram uma porcaria, botam na picanha coxão duro. botam 40% de sebo e de gordura. Tem muita linguiça e salsichão com cabeça de porco também. E o mel merece também uma investigação pois estão trazendo mel do Uruguai contaminado e vendem livres e soltos. Cuidado com o queijo dito parmesão também fraudado, puro sal. Mas o povinho merece pois esta mais preocupado com o Trump e com o futebol e o maldito celular. Come merda e arrota caviar. bem feito. Outra fraude são as feiras e produtos ditos orgânicos. Plantar orgânico e adubar com esterco de galinha? Cheio de produtos químicos e na terra que antes usava defensivo? É fraude.
Joel

Anônimo disse...

O TRIPÉ que os Governos Lula (PT) angariam fundos, que não seja empreiteiras e bancos:

GRANDE MÍDIA > GRANDES PRODUTORES DE ALIMENTOS > GRANDES LABORATÓRIOS FARMACÊUTICOS

Todos grandes que se complementam, pequenos impossível de dominar.

Estes geram mais e mantém GRANDES corporações:

-classe de advogados > Classe do funcionário públicos > sindicalismo

AQUI NÃO EXISTE LIBERDADE, NÃO EXISTE EMPREENDEDORISMO SEM CONTRAVENÇÃO!




Anônimo disse...

Carne de qualidade podre, com bactérias frescas, muito ácido e formol tem nome: é FRIBOSTA.

hUMMMMMMMM, experimente presunto Seara, a qualidade da Salmonela que vai te surpreender (só não coma muito pois poderá morrer).

Adoraria ouvir o que Tony Ramos e Fafa Bernardes teriam a dizer agora!!!

rafael disse...

Na reportagem:"Agora, as agências que atendem às marcas terão a difícil missão de reverter o estrago que investigação da PF causou na confiança das marcas". Então a culpa é da PF e não das práticas das empresas! Militante disfarçado de jornalista é brabo!!

Anônimo disse...

casa com ele viadinho kkk

Anônimo disse...

As empresas envolvidas nesse escândalo são todas daquele estado que um monte de gente aqui vive pagando pau: SANTA CATARINA!


Por isso só compro de marcas pequenas e independentes.

Anônimo disse...

Fatima nao é "atorA", meu caro...

é uma apresentadora sofrivel, mas nao é "atorA"...

Tucano do Sul disse...

Algo está estranho nisto tudo. Tenho um pressentimento de que estão minando as empresas brasileiras para facilitar a entrada de produtos estrangeiros e eliminar concorrência brazuca lá fora. Não sou dos que acreditam em tudo que possa denegrir a imagem dos adversários. Prefiro analisar, refletir...

Anônimo disse...

E É A FAMÍLIA SILVA, SÓCIA DO NEGÓCIO ASSIM COMO DA OPERADORA OI E DE FAZENDAS E DE MUITA GRANA PODRE QUE IRÁ APARECER NOS PROXIMOS MESES E ANOS.

Anônimo disse...

Fica o silencio, dos vegetarianos!

Anônimo disse...

Esses dois aí da foto acabaram como aquele gordo, careca e barbudo que fazia a propaganda do finado Bamerindus!

Anônimo disse...

Papelão maior do que esses dois aí fizeram é o papelão que colocaram misturado com a carne de frango que essas empresa criminosas vendiam para o povo!

Anônimo disse...

Tony Ramos, Roberto Carlos e Fátima Bernardes sabiam o que faziam , PROPAGANDA ENGANOSA , mas o dinheiro falou mais alto e agora irão ouvir críticas , previsível . Roberto Carlos fez a sua pequena participação e sumiu depois das primeiras críticas. É tremendamente lamentável que o BRASIL , maior exportador de carnes do mundo, tenha empresas com funcionários DESONESTOS que põem os lucros acima da ética , colocando em risco a saúde dos brasileiros e estrangeiros. A JBS e a BRF terão grandes prejuízos e tempos nebulosos à frente. Lembremos que a JBS é a FRIBOI, SEARA E BIG FRANGO e a BRF , a SADIA e PERDIGÃO , as MAIORES do País. !!!

Anônimo disse...

O que nos resta é não comprar produtos dos fraudadores de carne. Sabotem. Pois parece cada vez mais que nao podemos confiar na inspeção ( vide leite, agora carne e o que mais? deve haver por aí.
Os donos deveriam ser presos e alimentados com alimentos adicionados dos mesmos produtos químicos.

Anônimo disse...

Só faltou o Políbio escrever que para vender carne podre e linguiça feita de papelão estas empresas davam comissão que era repassada ao PMDB e ao PP.

Anônimo disse...

Todos estes empresários e fiscais corruptos e toda a cúpula do PP e PMDB que cobravam propina para que a carme podre fosse liberada, tinham que ser executados em praça pública para servir de exemplo

Ricardo Teixeira disse...

O povo devia começar a comer capim, mais saudável já que viramos todos burros!!

Anônimo disse...

Friboi é podre, tudo que Lula mete o bico literalmente apodrece.o

Anônimo disse...

Aonde que a Dilma e o Lula não se meteram? E onde se meteram, deu coisa boa? Claro que não.
Direitista vegetariano

Mordaz disse...

Foi uma ação espetaculosa sem os devidos cuidados. Sem separar o joio do trigo. Mistirando alhos com bugalhos. Colocar NO papelão com colocar papelão NO.

Anônimo disse...

Quem comprou carne da Friboi pela propaganda do cabeludo e petista Tony Ramos e da petista guampa-torta da Fátima Bernardes se deu mal.BEM FEITO. Quem acredita em petista e globalista tem que se ferrar. TUDO PODRE.

Anônimo disse...

Nunca confiei em anunciantes que pagam altos caches para anunciar seus produtos.
Tenho convicção que estão empurrando gato por lebre.
Não compro induzido por este tipo de anúncio.

Anônimo disse...



Pegou leve aí seu Polibio.

Suspeitos?

Carne vencida?

Existem processos trabalhistas, com relatos de ex-empregados sobre as carnes que eram servidas nas refeições destes trabalhadores.

Quanto a denuncias de sindicatos, creio que as empresas compraram a turma, assim como compraram os políticos, até o Temer está dando explicações aos importadores destas carnes.
Pergunta-se; Vai dar explicações porque?
Quer livrar a cara dos empresários?
Qual interesse além da arrecadação de impostos, teria o Presidente da República na falcatrua?

Como homem público e na condição de chefe da nação, ele teria que cobrar celeridade e punições duras aos criminosos, e não ficar dando explicações, a menos que esteja envolvido até o pescoço no caso.



Justiniano disse...

Até o "Luis Augusto" entrou nessa história. O Luis Augusto deve ser de carne podre.

Os frigoríficos gaúchos não entraram no rolo, mas em contrapartida a indústrias de laticínios tem PhD em fraudar produtos.

A legislação deve ser revisada urgentemente para penas mais duras com prisão de 30 anos, porque aqueles FDP's que colocavam uréia e soda no leite levaram 4 anos e com 2 anos vão voltar a cometer os mesmos crimes.
Crime contra a saúde pública deve ser inafiançável e sem apelação e recursos, porque coloca toda a população em risco.

Anônimo disse...

A CORRUPÇÃO continuada , dos Frigoríficos e de desonestos funcionários públicos do Ministério da Agricultura, causarão um grande prejuízo à CREDIBILIDADE dos nossos produtos , no BRASIL e no EXTERIOR. A CORRUPÇÃO sempre causa grandes prejuízos ao País. As PRIMEIRAS DENÚNCIAS desse esquema FRAUDULENTO e CRIMINOSO dos Frigoríficos datam de 2012, em pleno governo do PT . !!!

Anônimo disse...

É curioso o silêncio dos líderes da esquerda com toda esta lambança feitos por empresas que tinham todo o apoio dos governos do mais honesto dos honestos e de sua marionete. A delação premiada terá desdobramentos interessantes.

Anônimo disse...



Gaúchos, nós TAMBÉM estamos comendo carne estragada + cancerígenos.


Está lá na página 10 da ZH deste fim-de-semana, 18 e 19 de março:

A JBS amiga do Luladrão tem, "no Rio Grande do Sul, unidades em Montenegro, Caxias do Sul, Frederico Westphalen, Garibaldi, Passo Fundo, Três Passos, Trindade do Sul, Bom Retiro do Sul, Roca Sales e Santa Cruz do Sul, além de um centro de distribuição em Nova Santa Rita".

A BRF tem, "no Rio Grande do Sul, unidades em Lajeado, Marau e Serafina Correa".

Ao editor e ao PMDB-PT-PP, etc, interessa esconder o óbvio.

Que os políticos gaúchos ganharam muito dinheiro dos frigoríficos da JBS e da BRF, que têm dezenas de unidades bombando aqui no Rio Grande do Sul.