quarta-feira, 15 de março de 2017

Fachin diz que ainda não recebeu pedidos de Janot

Um dia depois de o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviar 320 pedidos com base nas delações premiadas de 78 executivos e ex-executivos da Odebrecht ao Supremo Tribunal Federal(STF), o ministro da Corte, Edson Fachin, disse nesta quarta-feira, 15, que ainda não recebeu o material encaminhado por Janot. "Não, ainda não", respondeu Fachin a jornalistas, ao chegar para a sessão plenária desta quarta-feira.

Indagado se tinha alguma previsão para analisar os pedidos de Janot, Fachin sorriu. "Por ora, estou indo à sessão. Falaremos depois, está bom?", disse o ministro.

Segundo fontes ouvidas pela reportagem, o relator da Lava Jato no STF pode levar até 10 dias para avaliar os pedidos feitos pelo procurador-geral da República.

Um comentário:

Anônimo disse...

Esse stf(minúsculo) é muito ágil par LEGISLAR sobre aborto, drogas, casamentos dos iguais e outras pautas esquerdalhas. Quando se trata de punição aos corruptos e assemelhados, são verdadeiras tartarugas!!!! Custa tão caro ao pais e... tão lerdo!