Comissão de Direitos Humanos da Assembléia do RS agora também representará as Vítimas

A Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) da Assembleia Legislativa do RS rejeitou na reunião desta quarta-feira, o parecer do deputado Jeferson Fernandes, contrário ao Projeto de Resolução 24/2015, proposto pela deputada Zilá Breitenbach. Entre outras medidas, a proposição da parlamentar pretende alterar o nome da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos para “Comissão de Direitos Humanos, da Cidadania e das Vítimas de Violência”.

Pode parecer pouca coisa, mas a causa dos Direitos Humanos ficou marcada pela defesa dos bandidos, com completa omissão em relação às vítimas. 

5 comentários:

Anônimo disse...




Agora a bandidagem será vitima da violência cometida pela sociedade.

Estes "representantes do povo" e suas pérolas.

Pura falta do que fazer.

Não tem que protegerem as vitimas, eles tem que fazer com que elas não existam, criando leis fortes e duras contra a bandidagem, e não ficar alisando criminosos.





Façanha, o advogado do povo disse...

Incluam as vítimas da violência doméstica.

Anônimo disse...

Parabéns a Dep Zilá pela iniciativa!

Anônimo disse...

Parabéns a Dep Zilá pela iniciativa!

Anônimo disse...

Como assim os direitos humanos não representavam as vítimas??????
Portugal está às gargalhadas......