Alta dos indicadores antecedente e coincidente sinaliza melhora gradual da economia

Os indicadores antecedentes têm apresentado desempenho positivo neste início de ano, confirmando a expectativa de retomada gradual da atividade econômica. 

O indicador antecedente composto da economia (IACE) atingiu 106,2 pontos em fevereiro, o equivalente a uma alta de 1,0% ante janeiro, conforme divulgado ontem pela FGV em parceria com o The Conference Board. Seis de seus oito componentes contribuíram positivamente para este resultado, com destaque para a elevação de 6,2% do quantum de exportações. No mesmo sentido, o indicador coincidente composto da economia (ICCE) cresceu 0,4% na margem, alcançando 98,4 pontos.