Tribunal de Justiça julga hoje pedido de intervenção no Estado pelo Sintergs

Nesta segunda-feira, o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul analisará pedido de intervenção federal no Estado feito pelo Sindicato dos Técnicos Científicos do Estado (Sintergs), que alega falta de transparência do governo gaúcho ao anunciar na Assembleia Legislativa um déficit público de R$ 143 milhões para este ano, num valor muito menor do que o anunciado no ano passado, que chegava a R5 bilhões.


Caso a solicitação seja autorizada pelo Órgão Especial e encaminhada ao STF, o tema ainda deverá ser examinado pelo Pleno da Suprema Corte. Se aprovado, caberá a presidente do STF, ministra Carmen Lúcia, determinar a nomeação de um interventor para assumir o Estado até que o problema esteja resolvido. A base da solicitação do Sintergs é o atraso reiterado do pagamento da folha do funcionalismo.

6 comentários:

Anônimo disse...




Tem que expurgar o Polenta e seus asseclas.

Não sei o que está faltando para a Lava-Jato, chegar ao RS.

Aqui tem muita treta e vai cair muita gente.

O Alexandrino sempre esteve muito próximo aos governos.

Tomara que não seja mais uma bola de fumaça, esta vinda de técnicos fazendários federais ao RS.

Ninguém sabe dizer quanto o RS arrecada, nem o Polenta e nem os seus assessores, daí a vinda de técnicos federais.


Anônimo disse...

DÁ NADA, NINGUÉM QUER ESTE PEPINO.

Anônimo disse...

Políbio, achas mesmo que deixarão isso acontecer, e aparecer irregularidades ?

Já devem estar a mexer os pauzinhos para não dar em nada.

Lembre-se, estamos no Brasil.

Unknown disse...

Estado rabeira do Brasil, da República dos Pelegos Sindicais, só pode dar nisso!!!

Anônimo disse...

As fundação continuam a existir, ninguém fez nada ainda com a FDRH onde existe o maior descaso com desperdício sem retorno.

Anônimo disse...

Boa tarde,
Se isso que o SINTERGS solicita seja feito e comprovado o deficit menor o PMDB que diga Adeus ao sonho de reeleição ou novo governador nos próximos anos.