Repatriação de recursos não declarados no exterior pode chegar a R$ 46 bi

A arrecadação com a reabertura do programa de repatriação de recursos não declarados no exterior pode garantir uma receita muito próxima aos R$ 46,8 bilhões obtidos na primeira fase.

Com a inclusão pelo Senado de políticos e seus familiares com grandes chances de ser aprovada, fontes da área econômica avaliam que muito dinheiro não declarado no exterior ainda pode ingressar no País nessa nova etapa do programa.

5 comentários:

Anônimo disse...



A mais pura pilantragem.

O trabalhador assalariado, não tem e nunca terá contas no exterior, a menos que seja usado como um laranja.

Apenas os abastados e falcatruas dos políticos, mantem dinheiro em paraísos fiscais.

Agora com água pela bunda, em função da Lava-Jato, deram um jeito -as pressas- de "legalizar" o dinheiro, vão perder uma parte -mas isto pouco importa- já que o dinheiro é fruto de maracutaias.
O certo é que o dinheiro passa a ser legal perante a lei -ainda que imoral- e os livra da acusação.

E o contribuinte que pague a conta, com muitos juros.





Anônimo disse...

IIHUÙÙÙÙ!!!!!! Lavanderia OFICIALIZADA!!!!!
Os ladrões roubam e OFICIALIZAM PARA SI O DINHEIRO ROUBADO!!!!!
Descoberto o melhor atalho para LADRÃO ROUBAR E ENRIQUECER!!!!!!

Anônimo disse...

A maioria é dinheiro sujo proveniente de roubo que agora vai ser legalizado

Anônimo disse...

E o trabalhador assalariado divide com o governo 1/3 da migalha que ganha do suor do seu trabalho. E o governo não dá retorno de nada. Saúde falida, Educação idem, Emprego ( 13 milhões de desempregados), Segurança nem pensar. O governo não trabalha, só recebe. E o leão não tem pena, crava os dentes no assalariado. Já com as Vossas Excelências ele é mais complacente: não ouve, não enxerga e não os executa. Colocamos as Vossas Excelências lá no Congresso para nos assaltar. Os políticos vão para lá, não para servir o Estado, mas para dele se servir. Esse é o Brasil ( estamos na lista dos mais corruptos) do mundo.

Anônimo disse...

E o povo que trabalhou, pagou os impostos no prazo, nada mais é do que um trouxa. Agora os políticos arrumaram uma maneira de trazer o dinheiro de volta para o Brasil, pagando menos imposto do que o trabalhador. E pior, sem justificar a procedência. No Brasil o crime compensa e os enriquece com o aval da Justiça. Ainda querem atrair investidores para o país? Ninguém é bobo aplicar seu dinheiro num país onde as leis são desrespeitadas conforme seus interesses.