quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Rebelião em presídio de Sarandi, RS, deixa dois mortos

A Agência Brasil informou esta tarde que uma rebelião deixou dois presos mortos nesta quinta-feira no Presídio Estadual de Sarandi, município da região norte do Rio Grande do Sul, a cerca de 330 quilômetros de Porto Alegre. 

A ação começou por volta das 7h da manhã e durou cerca de duas horas.

Segundo a administração da unidade, a briga começou quando 12 presos tomaram as chaves dos portões da galeria, invadiram uma cela e mataram outros dois detentos, rivais do grupo. Em seguida, se deslocaram para o pátio do presídio, onde fizeram outros três detentos reféns. A negociação foi conduzida pelo promotor Rafael Ricaldi, da Vara de Execução local. Ele estava acompanhado de policiais do Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar.

A administradora do presídio, Rosangela Martins de Aguiar, disse que a negociação durou cerca de uma hora. “Na verdade, o objetivo deles era matar os presos inimigos. Com a rebelião superada, os 12 envolvidos retornaram às celas e vão responder criminalmente pelo assassinato. As famílias das vítimas já foram informadas pela administração do presídio. 

3 comentários:

Emmanuel Carlos disse...

Dois? Deixa ... deixa ....

Gustavo disse...

pena de morte instaurada no território nacional..

Anônimo disse...

HEHE, sempre alguem esquece a chave em local nao sabido, e' polibio, a turma que ta saindo do poder esta deixando para traz arquivos vivos, kkkkk