Ouvidor do Ministério do Turismo é acusado de comprar sentenças

A edição online da revista Veja denuncia que o ouvidor do Ministério do Turismo, o advogado Ciro Rocha Soares, indicado pelo chefe de gabinete do ministro Max Beltrão, é acusado de comprar sentenças na Bahia.

Soares nunca é encontrado no Ministério. Ele cumpre expediente em seu próprio escritório de advocacia, em Salvador.