Só Para Porto Alegre - Você percebe mais Brigada nas ruas ?

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Indicador Antecedente de Emprego da FGV mostra retorno do otimismo na indústria brasileira


O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) avançou 5,6 pontos em janeiro deste ano, num comparativo a dezembro de 2016, onde atingiu 95,6 pontos, o maior nível desde maio de 2010,  onde havia chegado a  98,7 pontos.

De acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), a melhora registrada mostra um retorno do otimismo na indústria quanto ao futuro. Entre os fatores estão relacionados ao ciclo de redução da taxa de juros iniciado no ano passado pelo Bacen (Banco Central). Para o economista Fernando de Holanda Barbosa Filho, do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV), o movimento interrompe uma sequência de quatro altas consecutivas. “A possível melhora da economia, no futuro, ainda não parece influenciar a percepção de dificuldade atualmente presente no mercado de trabalho brasileiro", disse o economista.

5 comentários:

Anônimo disse...

Blog do Polibio Braga

PIB de 12 estados e do DF retrocede a patamar de seis anos atrás, por conta da recessão
Os dois anos de recessão em que o país mergulhou em 2015 e 2016 fizeram a economia de 12 estados e do Distrito Federal retroceder ao patamar do início da década. É o que mostra estudo da Tendências Consultoria Integrada.

De acordo com as projeções, o PIB de todas as unidades da federação encolheu neste biênio. E, para 13 delas, o rombo foi tão grande que anulou a expansão vivenciada entre 2011 e 2014. Ou seja, seu PIB está hoje menor do que o registrado ao fim de 2010.

Anônimo disse...

Políbio: Chega de falar em "volta do otimismo".
O que os brasileiros querem é a volta dos empregos e crescimento

Anônimo disse...

Depressão da economia faz comércio cair 4,2% em janeiro
Valter Campanato/Agência Brasil:

06/02/2017 - Brasil 247

Atividade do comércio no Brasil retraiu 4,2% em janeiro ante o mesmo período do ano passado, com o desemprego e a necessidade de quitação de dívidas ainda enfraquecendo o consumo no começo de 2017, segundo dados do indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio.

PS: Expectativa é uma coisa, realidade é outra.

Anônimo disse...

COM PAÍS EM RECESSÃO, PRODUÇÃO DE VEÍCULOS CAI 13% EM JANEIRO:

06/02/2017 - Brasil 247

Recessão do governo Michel Temer derrubou a produção brasileira de veículos em 12,9% em janeiro ante dezembro de 2016; segundo a Anfavea. na comparação com o mesmo período do ano passado, o volume foi 17,1% maior; já as vendas recuaram 28% sobre dezembro do ano passado e tiveram queda de 5,2% sobre janeiro de 2016.

Anônimo disse...

Mercado mantém previsão de estagnação da economia:

06/02/2017 - Brasil 247

Segundo o Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (6) pelo Banco Central, a expectativa para a inflação medida pelo IPCA caiu de 4,70% para 4,64% neste ano, e se manteve em 4,50% para 2018; já a taxa Selic se manteve em 9,50% em 2017 e em 9% no ano seguinte; para o Produto Interno Bruto, a mediana das projeções dos economistas mostrou leve recuo de 0,50% para 0,49% neste ano, ao passo que para o ano seguinte subiu de 2,20% para 2,25%; já a taxa de câmbio se manteve em R$ 3,40 em 2017 e R$ 3,50 no ano seguinte.