quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Análise - Após retração de 6,6% em 2016, produção industrial deve crescer 1,0% neste ano

Em linha com as expectativas, a produção industrial avançou no último mês do ano passado, impulsionada pelo setor automotivo, diz a equipe de economistas do Bradesco na edição de hoje da sua newsletter diária. Leia mais:

A despeito disso, os primeiros indicadores já conhecidos para janeiro apontam para reversão da melhora observada em dezembro, mesmo com a melhora da confiança. De fato, acreditamos que a retomada da atividade econômica se dará de forma gradual, com discreta expansão no primeiro trimestre deste ano, para posteriormente iniciar uma trajetória mais sustentável de crescimento. Especificamente, na passagem de novembro para dezembro, a produção industrial subiu 2,3%, excetuados os efeitos sazonais, segundo a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) divulgada ontem pelo IBGE. Como já sugerido pelos dados divulgados pela Anfavea, o grupo de veículos automotores, reboques e carrocerias mostrou alta de 10,8% na margem. O forte crescimento da produção de veículos no último mês do ano passado impulsionou a elevação do setor de bens de consumo duráveis, com alta de 6,5% ante novembro. 

Para 2017, projetamos crescimento de 1,0% da produção industrial, contribuindo positivamente para a recuperação gradual da atividade econômica.

CLIQUE AQUI para ler toda a análise.

Nenhum comentário: