PT, PMDB, PSB e DEM estarão no centro da mega-delação da Camargo Corrêa

Se a revista Veja estiver correta, a nova mega-delação, a da Camargo Corrêa, apanhará 200 políticos, sobretudo do PT, PSB, PMDB e DEM.

O número de delatores é de 40.

Veja apresenta uma lista que inclui Lula, Dilma,Temer, Palocci, Renan, Mendonça Filho, Zé Dirceu e Kassab.

O nome do presidente apareceria 21 vezes na mega-delação.

A revista também conta que a Operação Castelo da Areia, anulada pelo STJ, que atingiu a empreiteira, poderá ser reaberta. O MPF quer investigar o próprio STJ pela decisão, porque acha que correu propina no caso.