sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Polícia Federal está na rua para apurar roubalheiras de Cunha e dos governos do PT na Caixa Federal

A Polícia Federal está nas ruas par investigar um esquema de fraudes na concessão de créditos pela Caixa Econômica Federal. A ação ocorre a partir de informações coletadas de um celular em desuso na residência oficial da Câmara dos Deputados, quando a Presidência da Casa era ocupada pelo ex-deputado Eduardo Cunha,, preso na Lava-Jato. De acordo com a PF, as fraudes envolvem vice-presidentes de Pessoa Jurídica e de Gestão de Ativos da Caixa, além de um servidores do banco estatal. Na iniciativa privada, o esquema envolveria ainda empresários do setor frigorífico, concessionárias que administram estradas, empreendimentos imobiliários e mercado financeiro.

A roubalheira envolvendo a direção da Caixa ocorreu durante os governos do PT, Lula e Dilma. 

Grata-se da  operação Cui Bono é relacionada à Catilinárias, quando mandados foram cumpridos na residência da Câmara, quando Cunha ocupava o local.

As irregularidades teriam ocorrido entre 2011 e 2013.

A ordem de ação partiu da 10ª Vara Federal do DF.

8 comentários:

Anônimo disse...

Cada enxadada, uma minhoca.Quanto mais cava, mais minhocas aparecem.

Anônimo disse...

Agora estou confuso:
Gedel Vieira Lima era ministro do PT ou do TEMER???????????

Anônimo disse...

PQP, editor chapa branca, A PF FOI NO APARTAMENTO DO GEDDEL VIRIRA LIMA VULGO BOCA DE JACARÉ...DO PMDB. PMDBosta, PMDB, FAÇA JORNALISMO POR FAVOR, não seja hipócrita,

Anônimo disse...

gedel que era ministro de temer e saiu estes dias tambem era do governo pt- tudo em casa

Unknown disse...

E as denúncias sobre as loterias???
Tem aquela de um CPF ter ganhado mais de 50 vezes na Mega Sena...
Tem outra que um mesmo CPF ganhou 42 prêmios da loteria da CEF em cidades diferentes e estados diferentes, no mesmo dia... o cara é onipresente!!!
Não entendo o silêncio do senador Álvaro Dias que fez as várias denúncias(vide youtube)... ou é omisso ou conivente!!!

Anônimo disse...

Será que o Álvaro Dias "foi desistido",ou recebeu "algum incentivo" para desistir de denunciar as roubalheiras das loterias?

Anônimo disse...

Nenhum dos três sabiam de nada, eram nulidades em seus cargos, porém ficaram milionários. O povo não tem mais emprego, saúde e segurança. O país está à deriva a 14 anos. Se não forem punidos pela justiça comum, que sejam julgados e condenados pela justiça divina. Essa jamais falha e é igual para todos.

Anônimo disse...

Gedel Vieira Lima foi Ministro da Integração Nacional, tocou um pouquinho as obras da Transposição que não acaba nunca, o valor inicial que era de 4,5 bilhões foi para mais de 8 bilhões.Não se iludam, o Temer apenas está tentando consertar aquilo que eles mesmos destruiram, vai dar uma garibada para tentar salvar o máximo que pode das almas penadas que rondam os "poderes".Mudança mesmo que o povo gostaria, pode esperar sentado que em pé cansa.