segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Padilha diz que empresas da Lava Jato pagarão o que devem, mas continuarão no mercado

Eis um resumo da entrevista mais recente que o ministro Eliseu Padilha concedeu ao jornalista Fernando Rodrigues:

Empresas sobreviverão à Lava Jato -  Em conversa com o Drive, o ministro-chefe da Casa Civil disse que as empresas acusadas na Lava Jato sobreviverão ao processo: “Elas vão pagar o que têm que pagar. Serão importantes para a retomada da economia”. Padilha afirma que o governo “tem que ter sua própria pauta, não pode parar por causa da Lava Jato”.
     
Brasil voltará a ter grau de investimento -  Otimista, Padilha disse que o risco Brasil caiu de mais 500 pontos, no começo de 2016, para a casa dos 200 pontos neste início de 2017. Segundo ele, as agências de rating estão próximas de conceder novamente “grau de investimento” ao país. O ministro também fala sobre o futuro da economia brasileira, faz projeção para o déficit público de 2017 e insiste na reformas estruturais, como a da Previdência.


Descriminalização não passa no Congresso- O ministro lança mão da experiência de 3 mandatos como deputado federal para afirmar: “Hoje, a descriminalização do uso de drogas não seria aprovada no Congresso”. Diz que o governo federal não tem como interferir na guerra entre PCC e Comando Vermelho. Para o chefe da Casa Civil, a participação das Forças Armadas será capaz de arrefecer rebeliões nos presídios.

6 comentários:

Anônimo disse...


Resumindo a fala do ministro;

VAMOS DEIXAR TUDO COMO ESTÁ, E QUE O POVO SIGA PAGANDO A CONTA.

Anônimo disse...



RESTA SABER SE O POLÍTICOS SAFADOS VÃO DEVOLVER A GRANA TAMBÉM.

Emmanuel Carlos disse...

Ou seja: um salvo-conduto à delinquência!
Está mais do que na hora de tratar a empresa como instrumento de crime; é necessário que os titulares das empresas sejam punidos mediante o desmonte do aparato criminoso ...
Em situação diversa, continuará a acontecer o que vemos: o elemento rouba cinco bilhões, é preso por dois anos, devolve cem milhões e quando sai está pronto e municiado para começar outras pilantragens.
Em resumo: o Brasil é uma piada e, coitados dos seus filhos e netos que viverão nessa pocilga...

Anônimo disse...

Padiola está correta, se for punir as Maiores Empreiteiras brasileiras que podem concorrerem no exterior também deveria punir as empresas estrangeiras que participaram do Cartel do Metro de São Paulo e da CBTU, RS, MG e Brasília. Pau que bate em Chico bate em Francisco.

Anônimo disse...

O CRIME COMPENSA.


SONEGUEM. QUEM NÃO VIVE DO GOVERNO QUE SONEGUE!!!!!!!!!!!!

IMPOSTOS É ROUBO.

Roberto disse...

Não poderia ser diferente! A propina continuará sendo moeda de troca e o povo pagando a conta.