Mercado registrou queda no valor dos imóveis em 2016

O preço médio dos imóveis residenciais  em todo o País caiu 2,26% em 2016, o que representa uma deterioração do mercado em comparação com 2015, quando houve baixa de 0,20%. Os dados foram divulgados hoje e fazem parte do Índice Geral do Mercado Imobiliário Residencial (IGMI-R), da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip).

Na avaliação da associação, dezembro sinalizou uma possível reversão do mercado imobiliário, com o estancamento da queda dos preços nominais dos imóveis e a estabilização dos valores reais para os próximos meses. Segundo a  entidade, sete das nove capitais pesquisadas tiveram queda nominal no preço dos imóveis. As maiores retrações ficaram com o Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Salvador.

2 comentários:

Fernando Bender disse...

Isto não considera a inflação. Ou seja, a queda real foi maior. Este dado esconde o volume de negócios. O VGV de 2016 deve ter sido nem menor que o do ano anterior. Secovi e outros enxergam sinal de alta em tudo. Se portanto falam em estancamento da queda, preparem-se para outro ano igual.

Anônimo disse...

Caiu pouco. Tem que cair uns 40 %. IMoveis no brasil estao ultra hiper valorizados. Mal construidos, material de terceira linha, mao de obra da epoca das cavernas, proximos de favelas, esgoto a ceu aberto - um lixo completo.

Ainda custam mais caro que casas nos Estados UNidos. E os corretores brasileiros, um horror. Parece que o pior tipo de gente acaba escolhendo a profissao, acham que estao fazendo um favor empurrando essas porcarias a preco de ouro.