Governadores pressionam e Temer cancela reunião em Brasília

O RS, que quase não tem mais homens da FNS, receberá 200 novos agentes em fevereiro.

O presidente Michel Temer cancelou a reunião que teria hoje com os governadores porque eles não quiseram voltar a fazer apenas figuração.

O governo federal não consegue sequer harmonizar o lançamento do Plano Nacional de Segurança.

Sartori ficou em Porto Alegre.

Ele e outros governadores querem reuniões a sós com Temer, tratando de medidas customizadas para cada Estado.

O secretário da Segurança do RS, Cesar Schirmer, que esteve reunido com o ministro da Justiça, disse hoje que o núcleo de inteligência previsto no Plano Nacional de Segurança, começará a atuar no estado já no próximo mês, com foco na diminuição dos números de homicídios. Além do RS, Rio Grande do Norte e Sergipe serão contemplados com ações semelhante. Schirmer também disse que Morais decidiu investir pesadamente nas operações de investigações para repressão e punição de crimes de morte e contra mulheres. 

5 comentários:

Anônimo disse...

Seria muita mais digno falarem logo que não querem ou que não podem fazar nada.

Anônimo disse...

Somente a Forçar Armadas assumindo o comando total para algo mudar, do contrário serrão só gastos milionários e criação de impostos para a 'segurança'.

Façanha, o advogado do povo disse...

Sai a COMUNISTA entra o GOLPISTA, só piorando as coisas. Ai de nós, ai de nós!!!

Anônimo disse...

Alguém acredita no Schirmer?

Anônimo disse...

ATENCAO, esse "plano" abre caminho pra acabar com a PM gaucha