Família censura presença da imprensa no velório de Teori Zavascki, que é público

O juiz Sérgio Moro e a presidente do STF, Carmem Lúcia, já estão no prédio do TRF4, Porto Alegre, onde começou o velório de Teori Zavascki. Neste momento, 10h06min, só a família e amigos mais próximos participam da cerimônia, que será aberta ao público as 11h.

O presidente Temer desembarcará na Base Aérea de Canoas as 13h. Também virão o Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, e o presidente da Câmara, Rodrigo Maial. O presidente do Senado e do Congresso, Renan Calheiros, decidiu não vir a Porto Alegre.

No início da tarde, a presidente do STF poderá falar em ato previsto para o velório.

A família de Teori Zavascki não quer que a imprensa ingresse no plenário do TRF4, onde está o caixão com o corpo do ministro, mas os jornalistas reagem e não aceitam a restrição, que é mesmo inaceitável. Eles estão confinados num canto da sala de imprensa do TRF4.

O próprio TRF4 tirou nota convidando o público para o velório.

O corpo de Teori chegou ao Tribunal Federal as 8h20min, num cortejo de oito carros.

ENVIE FOTOS
O editor receberá fotos do local do velório e da cerimônia, via polibioadolfobraga@gmail.com e WhatsApp 98434.4403.

13 comentários:

Unknown disse...

Que se respeite a vontade da família!!!
A maior parte da nossa mídia não merece consideração nem respeito!!!
São meros papagaios repetidores de notícias e factoides!!!

Anônimo disse...

FIZERAM CERTO.

Anônimo disse...

Apesar de o velório ser público, também não acho conveniente a presença da imprensa. Na verdade, penso que nem deveria ser aberto ao público. Meu receio é pela segurança do local. Ali estarão concentrados vários alvos de atentados. Todo o cuidado é pouco.

Anônimo disse...

SE FAMILIAR FOSSE, CORPO SAIRIA DO IML E SERIA CREMADO DE IMEDIATO.

SEM VELÓRIO, SEM 'AUTORIDADES'.

Anônimo disse...

Inaceitável porque? Nem no velório vão respeitar? A família tem todo direito de deixar entrar quem quiser. Ocupam o TRF4 por respeito ao judiciário, mas que respeitem a família. Poderiam ter feito em qualquer lugar, e permitido a entrada só de meia dúzia. Palhaçada, jornalista acha que tem direito de se enfiar onde quiser, pra juntar uns trocados com a desgraça alheia, que raça...

Anônimo disse...

A FAMÍLIA TEM TODO O DIREITO DE VETAR QUEM BEM ENTENDER AI INCLUINDO ESSA IMPRENSA DE M@RDA.

Anônimo disse...

De pleno acordo com este comentário.

Anônimo disse...

Tudo pago pelo dinheiro público.

sempre mais disse...

A vontade da família precisa ser respeitada!

Anônimo disse...

A imprensa, qualquer imprensa do mundo, não tem direitos sobre os desejos da família do Ministro Teori. Polibio, respeite os atos de extrema dor que estão passando os familiares. Onde está escrito que "a imprensa" tem que estar em todos os lugares e ter "direitos" para informar sobre uma pessoa que está dentro de um caixão. Aproveitar a oportunidade para deixar "os abutres" se aproveitarem da situação, aí já é demais. Coloque-se no teu devido lugar!!!!!!

Anônimo disse...

O presidente do Senado e do Congresso, Renan Calheiros, decidiu não vir a Porto Alegre.( COPIEI DO TEXTO)

O que viria fazer aqui no velório de uma pessoa séria que era o Teori? Ainda bem que o cangaceiro não veio, a presença dele causaria mal as demais pessoas.

Anônimo disse...

Creio ser um direito da família. O local foi apetecido e a família aceitou mas isto não tira o DIREITO da mesma de manifestar a sua vontade. O público quer comparecer por que? A imprensa sensacionalista ou não deve saber e,também reconhecer a VONTADE da mesma.

Anônimo disse...

House of Cards???