domingo, 15 de janeiro de 2017

Editorial, Zero Hora - O dever da transparência

Assim como vem ocorrendo na Lava-Jato, a operação da Polícia Federal que cumpriu mandados de busca e apreensão em imóveis do ex-ministro Geddel Vieira Lima, na última sexta-feira, foi sustentada por justificativas claras e consistentes do Ministério Público sobre o envolvimento dos suspeitos investigados num esquema criminoso. Desta forma, o Brasil inteiro acompanha e entende as ações policiais que combatem a corrupção e a impunidade.


O principal argumento dos contestadores da Operação Lava-Jato são os chamados vazamentos seletivos — a divulgação pela imprensa de informações do processo que comprometem réus e investigados com a corrupção.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

3 comentários:

Anônimo disse...

A ZERO HORA falando em "TRANSPARÊNCIA"??????????????
Só se for igual ao texto que o jornal publicou "desmascarando" os favorecidos
pela mega mutreta envolvendo larápios graúdos naqueles episódios de
roubalheira realizadas junto ao CARF-RECEITA FEDERAL!
Ah, o jornal AINDA não comentou nada sobre aquele assunto????
Então fica aqui una sugestão de remédio caseiro para o caso:
Tomar uma dose cavalar do remédio "MACACO, OLHA O TEU RABO" toda a vez que
pensar em escrever editoriais sobre os rabos alheios.

visionst3 disse...

a ZêGagá ? kkkkkk

Anônimo disse...

A RBS É A MAIO DEVEDORA DO INSS NO ESTADO. TÁ METIDO NA ZELOTES ATÉ O GARGUMILHO. ESTA VENDENDO PARTES PARA SE SAFAR. VENDEU SUA ALMA PARA A ORCRIM E ATÉ HOJE ESTÁ CONTAMINADA COM JORNALISTAS GRAMSCISTAS GLOBALISTAS.