Cuidado com o Uber: não embarque sem conferir, antes, o valor da corrida

Vale a pena usar o Cabify, concorrente do Uber. Vale a pena por enquanto. Este tipo de serviço vale muito mais a pena do que o serviço de táxi, porque é é 80% mais barato, conforme constatou hoje mesmo o editor. 

O editor escapou esta tarde do golpe da tarifa dinâmica estabelecida pelo Uber em Porto Alegre e em outras regiões do Brasil, através do qual uma corrida de R$ 24,00 poderia transformar-se em corrida de R$ 100,00.

Estas tarifas são cobradas pelo Uber quando o serviço alega excesso de pedidos na região.

Foi o que aconteceu as 16h45min, quando o editor tentou sair do Centro Clínico Mãe de Deus. O primeiro carro contratado não apareceu e o Uber pediu desculpas, sugerindo novo chamado, mas desta vez o serviço não permitiu calcular o valor. O motorista do Uber foi na mesma direção, alegando não saber quanto custaria tudo.

O Uber não informou a mudança.

As queixas pelos maus serviços já são recorrentes. O Uber já ocupa o nono lugar no ranking de reclamações (4.943, no portal Reclame Aqui). A reputação do serviço caiu de "boa" para "regular". Nos últimos 30 dias, as queixas são enormes em Porto Alegre, por duas razões centrais:

- A tarifa dinâmica.
- Preços cobrados ao final que não conferem com os previstos.