terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Saiba como votou cada deputado em cada projeto do pacote de reforma e ajuste fiscal do governo Sartori

O editor aproveitou o fim de semana para trabalhar em cima das planilhas de votações dos 14 projetos que o governo Sartori mandou para a Assembléia, tudo no âmbito das propostas de rearranjo administrativo e ajuste fiscal do governo do Estado. Para ler melhor, basta clicar em cima da imagem ao lado e ampliar.

A ideia é saber exatamente o índice  de lealdade de cada Partido que integra a base do governo e avaliar como votaram as bancadas independente (PTB) e de oposição (PT e PCdoB). O governo perdeu apenas uma votação, no caso o da PEC dos Duodécimos.

OS MAIS LEAIS:

Cinco bancadas tiveram 100% de aproveitamento (14 votos favoráveis) aos projetos do Plano de Modernização do Estado votados esta semana na Assembleia Legislativa: 
PMDB, PPS, PR, PV e PRB. 
PSDB: Zilá Breitenbach  
PSB: Miki Breier

LEAIS, MAS NEM TANTO:

PP: Ofereceu 100% de seus votos também, com apenas uma defecção do deputado Marcel Van Hatten, que deu 13 votos ao governo.
PSB: Os dois outros deputados deram 13 votos.
PSDB: Adilson Troca deu 13 votos e os outros dois, Pedro Pereira e Jorge Pozzobom, 12. 
PDT: Gilmar Sossela e Vinícius Ribeiro foram os mais fiéis, com 12 votos cada.

OS MENOS LEAIS:

PPL: O Bombeiro Bianchini deu 7 votos favoráveis e 7 votos contrários.
PDT: Eduardo Loureiro, com 10, e Marlon Santos, com 9. Enio Bacci e Juliana Brizola votaram como os deputados petistas e comunistas, 5 votos favoráveis e 9 contrários, mesmo número de Pedro Ruas, PSOL. 
Rede: Regina Becker foi quem deu menos votos favoráveis aos projetos do Executivo – apenas 4. Foram oito desfavoráveis e duas abstenções.  

INDEPENDENTES:

PTB, Marcelo Moraes foi o mais fiel, com 12 votos. Depois vieram Maurício Dziedricki e Aloisio Classmann, com 11. Luís Augusto Lara deu 8 e Ronaldo Santini, 6.

OPOSIÇÃO:

PT e PCdoB - Todos votaram contra o governo.

2 comentários:

Anônimo disse...

E a lealdade aos eleitores, não importa?

Anônimo disse...

Porque o PSDB votou contra o duodécimo? Estão com o rabo preso na justiça ou não querem cortar no legislativo? Pimenta no olhos dos outros é...?