terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Reforma da Previdência trará economia em torno de R$ 678 bi

A reforma da previdência proposta pelo governo trará uma economia de cerca de R$ 678 bilhões em 10 anos para o INSS e os benefícios de assistência social. Em relação ao Regime Próprio de Previdência, que paga as aposentadorias dos servidores públicos, a economia será de cerca de R$ 60 bilhões em 10 anos.


Se a reforma for aprovada em 2017, a economia em 2018 será de R$ 4,6 bilhões. Em 2019, o valor passa a ser de R$ 14,6 bilhões, em 2020, de R$ 26,7 bilhões e, em 2021, R$ 39,7 bilhões. 

Para o regime próprio, a economia é entre R$ 5 bilhões a R$ 7 bilhões por ano. Os números são em valores correntes e serão reajustados pela inflação.

12 comentários:

Anônimo disse...

678 bi para pagar os juros da dívida pública.

Luiz Campos disse...

Comico um Congresso e uma Presidencia tao frageis tomarem decisoes tao serias quanto essa. Deveriam deixar para o proximo presidente e o proximo Congresso. Quanta soberba e inoportunidade!

Anônimo disse...

Não resolverá em nada.

Esses 678 bilhões que esses ladrões dizem que será economizado vai ser desviado para paraísos fiscais e bancos europeus.

Se fôsse pago ao segurado, ele iria comprar bens, e assim fazer girar a economia.

Mas os 678 bi irão para o bolso de poucos.

Anônimo disse...

Todos nós sabemos que o rombo maior vem dos servidores publico, e não da iniciativa privada, então, como a economia dos servidores públicos representa menos de 10% do total, que garapada é essa editor?

Anônimo disse...


Com tantos bilhões sobrando fica mais fácil para o governo, ajudar os seus amigos empresários, quer seja traves de isenções fiscais ou em maracutaias de obras e serviços, pois o governo está prestes a congelar os gastos com saúde educação e segurança. Novamente sobra para o miserável do povo pagar esta conta, pois os abastados nunca perdem dinheiro nas tramoias governamentais.

Mas se tu está cansado de ser pobre e de ter que ficar pagando a conta, ainda tem tempo para ficar rico rapidamente. A receita é a seguinte; filie-se a um partido politico e passe a frequentar as reuniões, vai que tu dê sorte e numa destas sejas eleito, ou vai no vácuo de um candidato com votação expressiva tipo Tiririca e Manuela D'Avila, daí é tudo alegria, só tem que fazer vistas grossas e com um bom discurso jogar para a torcida de vez em quando, faça muita promessa mesmo sabendo que não vai cumprir, mas não vai esbanjar o dinheiro fácil, pois no futuro tu pode ter que contratar um advogado, para te tirar de alguma enrascada, mas nada preocupante dese que sempre tenha o rabo de alguém preso, e bem na manha pode até embolsar algum dindinzinho que não dá nada. Só não pode passar de 100.000 senão dá rolo no TCE, caso isto venha a tona ninguém vai te chamar de ladrão -isto é coisa de pobre- na politica é peculato e pouca gente sabe o que significa.
O bagulho é uma barbada, vai ter carro oficial, motorista, seguranças, mordomias e viagens com qualquer meio de transporte para qualquer lugar do mundo, sem pagar um centavo, e dá para embolsar algum com umas notas frias e uns funcionários fantasmas, assim tipo o Jardel. É tão barbada que nem o Justiça consegue fazer alguma coisa, olha o Renan lá em Brasilia , o STF mandou o cara sair e ele cagou e andou para a decisão judicial e continua no cargo, viu que barbada.
Aqui o Polenta não paga os funcionários do Executivo em dia, mesmo que a Justiça tenha mandado, ele não paga e não dá nada.
O Marchezan prometeu mundos e fundos para se eleger, e ainda nem assumiu a já fala que vai ter que rever o programa de governo, documento também conhecido como as enganações de campanha. Buenas exemplos não faltam, é só dar uma olhada nos jornais, mas não precisa gastar dinheiro com jornal do dia, qualquer jornal por mais antigo que seja, sempre trás uma noticia sobre as facilidades e os ganhos do negócio.
Agora, se tu tiver uma graninha guardada, tira imediatamente do investimento e cria um partido politico, o nome não vem ao caso, o importante é que nos pleitos esta sigla vai valer mais do que ouro, a rentabilidade é certa e garantida através de conchavos e maracutaias, denominadas de coligações e bancadas com o dinheiro do contribuinte.
Com certeza será bem melhor que montar um negocinho e sofrer um latrocínio, ou ser diuturnamente extorquido por impostos escorchantes para sustentar esta corja, digo a sua categoria. A saída existe é só escolher.

Anônimo disse...

polibio

só com juros anuais o governo gasta 500 bilhões, isso não é noticia

é isso que está quebrando o governo, depois do pt fazer a divida publica chegar aos 3 trilhões de reais

que o governo tem que fazer ajustes é certo, mas querer tirar o couro do cidadão comum e fazer a aposentadoria quando já tiver o pé na cova, isso é uma pouca vergonha

o governo deve mexer nas leis corporativistas de algumas classes de servidores que são os nababos da nação

chega de privilégios para poucos, que na verdade não produzem nada para a nação, só mexem em papéis

o povo trabalhador que produz na industria e no agronegócio com o suor de suas mãos, não pode pagar a conta novamente dos desastres da classe dominante que leva todo o dinheiro do cofre para casa

chega de privilégios, principalmente dos que estão no serviço publico, é ai que a previdencia quebrou

a turma do inss male mal ganha salario minimo ou um pouco mais, não são esses o problema da previdencia

c hega de embustem com esse assunto da previdencia


os juros comem 500 bilhões anuais e isso não é noticia

esse é o problema do brasil, a divida publica, o resto é conversa mole

a previdencia não foi criada para dar lucro, o povo paga impostos e caros para ter direito a uma aposentadoria

que seja revisto sim o privilégios dos sempre privilegiados, sem duvida alguma

Anônimo disse...

E QUEM PAGA A CONTA DOS LADRÕES CORRUPTUS É SEMPRE O POVO...

Anônimo disse...

Essa é a propaganda em que vc acreditou. A realidade é outra. Entendeu agora pq o governo mente?

Anônimo disse...

Aposentado desde os 55, Temer quer 49 anos de contribuição para aposentaria integral:

dezembro 6, 2016 - Blog do esmael

O ilegítimo Michel Temer (PMDB) se aposentou aos 55 anos. Ele ganha R$ 30 mil do governo do São Paulo. Mas o tinhoso não tem vergonha de propor 49 anos de contribuição para a aposentadoria integral.

Se um jovem de 21 anos começar a trabalhar hoje, somente aos 70 ele conseguirá se aposentar – se contribuir ininterruptamente 49 anos.

O diabo é que nem todo mundo consegue ficar empregado tanto tempo, ininterruptamente, se o golpe de Estado se efetivou justamente para promover o desemprego, ou seja, gerar “estoque” de mão de obra barata para gananciosos empresários.

Também é fundamental destacar parte significante da juventude vinha ingressando no mercado do trabalho bem mais tarde, após a universidade e especializações, o que significa que muitos morrerão sem nunca conseguir se aposentar – haja vista a expectativa de vida dos brasileiros.

Outro que defende ferrar o povo pobre na aposentadoria é o ex-presidente FHC. Ele se aposentou aos 37 aninhos.

O ministro da Casa Civil Eliseu Padilha também “pendurou as chuteiras” aos 53 anos, em 1999, com salário de R$ 19,3 mil pagos pela Câmara.

Resumo da ópera: somente um trouxa concordaria com a reforma da previdência proposta por Temer.

TOMA trouxinhas. Agasalha este Abacaxi proposto pelo temeroso. PERGUNTEM AOS PROCURADORES E AOS JUIZES se eles vão abrir mão de suas regalias e aposentadorias integrais?

Anônimo disse...

Anônimo das 15:58, o buraco é mais embaixo. Ao trabalhador RURAL foi concedido o direito à aposentadoria, há alguns anos atrás , por Justiça social, sem terem pago uma única contribuição. Hoje são pagos por ano R$ 3.5 Bilhões aos trabalhadores rurais. Eles merecem, não tenho dúvidas, mas nunca haviam contribuído. Há DEFICIT na conta trabalhadores rurais. No que se refere aos trabalhadores urbanos há SUPERAVIT. A Previdência não disponibiliza todas as informações, assim possibilita essa discussao, em que uma classe trabalhadora coloca a culpa na outra. Dividir para governar. Tática bem antiga e eficiente. Temos que cobrar da PREVIDENCIA a abertura de suas caixas-pretas, de seus Balanços. !!!

Anônimo disse...

Gostaria de entender esta matemática, eu e as empresas onde trabalhei fizemos uma poupança com depósitos mensais durante todos os anos necessários para minha aposentadoria e agora vem me dizer que quem está trabalhando paga minha aposentadoria. E o que fizeram com a minha poupança? Onde foi parar o confisco?

Anônimo disse...

Antes de começar a discussao sobre a REFORMA DA PREVIDENCIA, o Governo deveria abrir as Caixas-pretas da Previdência. O GOVERNO DIZ QUE ELA É DEFICITARIA, ESPECIALISTAS DIZEM QUE NÃO, QUE ELA É SUPERAVITARIA.
Onde está a verdade? Seria importante começarmos por aí .!!!