Preso como corrupto, Zé Dirceu conclama o povo para derrubar o governo Temer

Preso em Curitiba como condenado por crimes cometidos como ladrão do dinheiro público, o ex-ministro de Lula, Zé Dirceu, divulgou carta que enviou ao escritor fernando Morais para pedir que o povo vai para as ruas e derrube o governo Temer.

Como se sabe, o povo foi para as ruas para enfiar Zé Dirceu na cadeia, continua indo para as ruas para pedir a prisão de Lula e não pede a cabeça de Temer.

"É hora de ação, de pressão, de ir às ruas, de exigir, liderar e apontar rumos. É agora ou nunca. Sem conciliações e acordos, é hora de um programa de mudanças radicais, na política e na economia", disse o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, em carta ao escritor Fernando Morais. Dirceu, que está preso em Curitiba, apontou ainda um de seus alvos: a Globo, apontada por Morais como "inimiga do Brasil e dos brasileiros".

Depois de elogiar o regime comunista cubano, onde foi apreender guerrilha, escreveu Zé Dirceu:

- Temos ainda 20 longos anos de luta pela frente. Até a vitória, sempre. Delenda Rede Globo.

CLIQUE AQUI para ler a carta.