terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Lula, arrogante e desbocado, ofende gravemente a Lava Jato.

O vídeo abaixo registra as falas principais de Lula durante o encontro com intelectuais cariocas, semana passada. Ele fala mal da Lava Jato com a convicção própria dos bandidos e seguro de que tem a cabeça coroada pela impunidade. Lula não aprendeu nada e não esqueceu nada desde que saiu do governo e passou a ser o investigado número 1 do Brasil.

Veja e ouça tudo.

51 comentários:

Anônimo disse...

- LULA SABE QUE NINGUÉM TEM CORAGEM DE MANDAR PRENDÊ-LO!!! LULA 2018, IMBATÍVEL!!!!

Unknown disse...

Continuo achando que a blindagem de Lulla é algo de muito grave e sintomática!!!
Infelizmente nós, mortais e contribuintes, não temos subsídios para desativá-la!!!
A bandidagem é generalizada e os poderosos se protegem... só isto explica!!!
O que vivemos é a Omertá dos poderosos(três poderes)!!!
Que tudo se exploda!!! Talvez esta seja a única saída para a nação renascer!!!

Anônimo disse...

Lula está tranquilo, pois, COM A COLABORAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL, levou para o exterior milhões de dólares e documentos que poderiam incriminá-lo!!! Lula ainda manda no país inteiro, tanto é que recolocou o PT na presidência do Senado!!!

Anônimo disse...

QUATRO OPÇÕES POSSÍVEIS: CÂNCER - BALA NA CARA - PRISÃO - EXÍLIO

Anônimo disse...

Neste grupo daí o "intelequitual"é o lula. Os outros são os sem noção.

Anônimo disse...

Bêbado FDP

Anônimo disse...

Bêbado FDP

Anônimo disse...

Ser arrogante, desbocado e ofensivo o editor entende muito bem.

ARS disse...

Bem feito! Quem manda deixarem a jararaca quadrilheira a solta. Vale desacato, obstrução de justiça, queima de arquivo e o diabo a quatro. Cambada de frouxos!

Anônimo disse...

TAO DESTEMIDO QUE USOU FRALDA GERIATRICA QUANDO FALOU POR VIDEO CONFERENCIA COM SERGIO MORO.E QUANDO ENCONTRAR COM O JUIZ FRENTE A FRENTE,QUEM VAI SUPORTAR O FEDOR DE LULA?

LUIZ disse...

KKKKKKKKKKK O GAMBA TA DENTRO DO COPO , SÓ DIZ ASNEIRA...............

Anônimo disse...

RENAN CULPA MOREIRA FRANCO POR SUA QUEDA:

Colunista político Tales Faria afirmou nesta terça-feira, 6, que o senador Renan Calheiros (PMDB) enxerga no ministro Moreira Franco o responsável pela decisão do ministro Marco Aurélio Melo que resultou em seu afastamento da presidência do Senado; "A estratégia seria a seguinte: desviar o foco do presidente Michel Temer e do governo, focalizando os protestos em direção ao Congresso. Especialmente sobre Renan, fragilizado não só pelas denúncias da Lava Jato, mas sobretudo pelo embate com o Judiciário para tentar aprovar regras mais rígidas na lei de abuso de autoridade", diz; queda de Renan, entretanto, levou o PT ao comando do Senado e o tiro pode ter saído pela culatra.

6 DE DEZEMBRO DE 2016

247 - O colunista político Tales Faria afirmou nesta terça-feira, 6, que o senador Renan Calheiros (PMDB) enxerga no ministro Moreira Franco o responsável pela decisão do ministro Marco Aurélio Melo que resultou em seu afastamento da presidência do Senado.

"A estratégia seria a seguinte: desviar o foco do presidente Michel Temer e do governo, focalizando os protestos em direção ao Congresso. Especialmente sobre Renan, fragilizado não só pelas denúncias da Lava Jato, mas sobretudo pelo embate com o Judiciário para tentar aprovar regras mais rígidas na lei de abuso de autoridade", diz Faria.

Segundo ele, com a ascensão de Jorge Viana, do PT, à presidência do Senado, o tiro contra Renan Calheiros ameaça a votação das reformas que o governo tanto necessita para atravessar a "pinguela da interinidade de Michel Temer no governo".

"Agora todas as articulações do Planalto são para tentar desfazer a crise. Não é impossível. Mas Renan Calheiros sairá dela como mais um inimigo de Moreira Franco. E está definitivamente engrossado o rastro de desconfianças e rancores que tem se formado entre os caciques do PMDB nesta passagem pelo governo", afirmou.

O TRAÍRA escalou o "gato angora" para derrubar o Renan, o próximo é o Padilha e o próximo é o prório "gato angorá".

Anônimo disse...

E pelo jeito ele vai continuar debochando, pois até agora não foi preso, e creio que não será.

Anônimo disse...

Além de Ladrão, corrupto, safado e sem vergonha, o FDP, parece BÊBADO.

Anônimo disse...

‘O cemitério está cheio desses heróis’, diz Gilmar Mendes sobre procuradores da Lava Jato.

Fausto Macedo e Julia Affonso - 23 Agosto 2016 - O Estadão

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, disse nesta terça-feira, 23, que ‘é preciso colocar freios’ na atuação dos procuradores da República. Ele não citou nomes, mas se referiu diretamente a procuradores da Operação Lava Jato.

A fala do ministro é a mais contundente manifestação já disparada por um membro da Corte máxima contra os procuradores.

Gilmar Mendes se revela indignado com o que classifica de vazamento de informações sobre a delação do empreiteiro Léo Pinheiro, da OAS. (...)

Para Gilmar, o vazamento seria um ‘acerto de contas’ de procuradores porque Toffoli os teria contrariado ao mandar soltar o ex-ministro Paulo Bernardo (Planejamento) e ‘fatiado’ a investigação sobre a senadora Gleisi Hoffman (PT/PR) na Lava Jato.

“O fatiamento por ele (Toffoli) decretado e esse habeas corpus no caso do Paulo Bernardo (ex-ministro preso em julho na Operação Custo Brasil, mas solto por ordem de Toffoli), isso animou os procuradores a colocar artigo no jornal e coisas do tipo”, diz Gilmar.
“Como eles (procuradores) estão com o sentimento de onipotentes decidiram fazer um acerto de contas.”

“Decidiram vazar a delação (de Léo Pinheiro, da OAS), mas tem que se colocar um limite nisso.”

“Quando você tem uma concentração de poderes você tende a isso, a que um dado segmento, que detém esse poder, cometa abusos”, afirma o ministro do Supremo.

“Não há nenhuma censura imputável ao ministro Toffoli, mas tudo indica que ele está na mira dos investigadores. Em razão, provavelmente, de decisões que (Toffoli) tem tomado e os têm desagradado.”

“Se é isso, temos que prestar muita atenção. Há o risco de se tornar algo policialesco”, declarou Gilmar.

“No contexto de incensamento da Lava Jato e seus operadores já há coisas muito, vamos dizer assim, exageradas”, avalia o ministro.

“Por exemplo, isso (a Lava Jato) os animou a apresentar essas propostas de combate à corrupção (projeto 10 Medidas, em curso no Congresso). Ninguém é a favor da corrupção. Mas, vejamos, a proposta de que prova ilícita, obtida de boa fé, deve ser validada, a priori, tem que ser muito criticada e se negar trânsito. Imagine, agora, um sujeito que é torturado, ah, mas foi de boa fé.”

Gilmar Mendes citou o caso do delegado Protógenes Queiroz, da Operação Satiagraha – deflagrada em 2008 -, que foi expulso da Polícia Federal por violação de sigilo funcional.
(...)

O ministro disse que ‘o recado está dado’.

“Isso não vai prosseguir assim, a gente tem instrumentos para se colocar freios. É preciso colocar freios nisso, nesse tipo de conduta. No caso específico do ministro Toffoli, provavelmente entrou na mira dos investigadores por uma ou outra decisão que os desagradou.”
“Isso já ocorreu antes no Brasil. O cemitério está cheio desses heróis. (...)

“Se houver exagero alguém tem que puxar. O tribunal (STF) tem mecanismos para fazer valer a lei. ”
Gilmar Mendes considera que ‘há uma falta de coordenação’.
“Vejamos a própria estrutura da Procuradoria. Ela não dispõe de uma estrutura de coordenação. Isso leva às vezes a esses exageros.”

“Por outro lado, estão muito avançados nas investigações. Eles dispõem de informações e têm a mídia como numa situação de dependência. A mídia está hoje em relação aos investigadores como um viciado em droga em relação ao fornecimento da substância entorpecente.”

“Isso precisa ser colocado nos seus devidos termos. Vazamento tem em todo lugar. No caso do ministro Toffoli, a responsabilidade é clara da Procuradoria como um todo.”
“A concentração de poderes é um risco. Depois não querem a Lei do Abuso de Autoridade. É muito curioso.”

E SE LULA disse da Lava-Jato o que o Min GM disse? Certamente estaria preso.

Cristiano Zim disse...

-Ta na cachaça?
-Tá sim, tá na cachaça!

Anônimo disse...

Pragmatismo Politico

L01/DEC/2016 ÀS 17:13

Gilmar Mendes e Sergio Moro entraram em rota de colisão durante debate sobre abuso de autoridade no Senado. Ministro do STF destrinchou proposta apoiada por Moro e criticou diversas práticas adotadas pelo juiz da Lava Jato, além de ironizar o “ano sabático” do juiz do Paraná

Em audiência pública no Senado Federal na manhã desta quinta-feira (1), o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), bateu de frente com Sergio Moro ao criticar o ‘projeto anticorrupção’ apresentado pelos procuradores da Lava Jato e apoiado pelo juiz federal.

Gilmar avaliou que a Câmara dos Deputados acertou ao retirar do projeto itens que tratam de habeas corpus e aceitação de provas ilícitas.

Gilmar citou as limitações de concessões de habeas corpus e considerou “autoritária” a concepção do pacote proposto pelos procuradores. “Quem escreveu este dispositivo tem propósitos autoritários. É um atentado”, disse o ministro. (vídeos abaixo)

“A Câmara fez bem em rejeitar a questão do habeas corpus. Nesse ponto, a Câmara andou bem em rejeitar habeas corpus e a possibilidade de aceitar prova ilícita. Se esse projeto tivesse sido aprovado, isso acabava com o habeas corpus como o conhecemos”, disse Gilmar.
As críticas de Gilmar Mendes foram feitas diante do juiz Sérgio Moro, que apoia as medidas.
Discutir quando?

O ministro também criticou o argumento de que não é o momento para se discutir e votar o projeto de lei com definições mais claras e amplas do crime de abuso de autoridade.
“Não devemos ceder à tentação de procedermos o combate ao crime mediante qualquer prática abusiva”, disse Mendes. E defendeu que o tema seja discutido já, e não adiado.
Minutos antes, em sua fala, Sergio Moro disse que esse não era o momento adequado para discutir ou aprovar projetos que tratem de abuso de autoridade de juízes e procuradores.
“Talvez não seja o melhor momento para deliberação de uma nova lei de abuso de autoridade, considerando o contexto que existe uma operação importante, não só a Lava Jato, mas várias outras ações importantes”, afirmou Sergio Moro.

Mendes rebateu: “Qual seria o momento adequado para discutir esse tema, de um projeto que tramita no Congresso há mais de sete anos?”.
Ironia

Gilmar Mendes citou casos de vazamento de interceptações telefônicas e considerou ilegais e não previstas na Constituição. O exemplo foi uma critica direta a Sergio Moro que tem permitido vários vazamentos de interceptações telefônicas feitos pela Operação Lava Jato.
Em março, foram vazadas na imprensa gravações autorizadas por Moro entre a ex-presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula. “Há vazamentos, e é preciso dar nome pelo nome (que é)”, provocou Gilmar. Na época, Sergio Moro pediu desculpas e reconheceu que foi um ‘erro’ vazar as conversas.

Para ironizar Moro, o ministro usou a expressão “ano sabático” para dizer que as operações policiais em curso teriam que ser interrompidas para serem adaptadas à Constituição. A expressão foi utilizada por Moro há três dias para dizer que vai estudar nos EUA após a conclusão da Operação Lava Jato.

Anônimo disse...

Agora descobri o porquê do nome "GAMBAZÃO" para o estádio do corinthians. É por causa do lularapio dono do estádio, $egundo o MO.

Anônimo disse...

CANASTRAO E CAGAO.

Anônimo disse...

Não entendo porque não prenderam ainda esse canalha... dizem que o MST e demais bandidos vão botar fogo no Brasil... esse vagabundo já devia estar preso há muito tempo...ele fala isso no meio dessa gentalha ridícula mas manda ele sair na rua pra ver se não dão uma sova nesse comunista que destruiu o Brasil...nele e todo mundo que o apóia...

Anônimo disse...

Os zinquelectuais petralhas tem um relê no cérebro que desliga quando ouvem criticas ao partido. Por isso acham que o capo só fala verdades.

Unknown disse...

O que esperar do dono do Brasil... soberba, arrogância, prepotência, escárnio, mentiras, megalomania e impropérios... além de defecar pela boca espumando de raiva!!!
Até aqui, tudo normal, sem novidades!!! E, apesar disto tudo, continua blindado!!

Anônimo disse...

acho que o gilmar vendes está aceitando qualquer negócio por isso está atirando pra tudo que é lado. Os supremos e a camara estão abrindo as portas paras os militares virem salvar o brasil.

Justiniano disse...

Isso é maior lixo que a humanidade produziu.
É um canalha e hipócrita que roubou milhões e vem destilar o seu fel, pior ainda bêbado.
Logo essas pingas vão deflagrar o processo e assistiremos o seu fim.
Fidel e Chaves o aguardam no inferno.

Anônimo disse...

Tem pessoas escrevendo imbecilidades que chego a conclusão que não são Brasileiros.

Uma pena, não passam de pobres coitados.

Anônimo disse...

Verme, bêbado.
Mas acima de tudo, VERME !!

Anônimo disse...

A carreira política deste senhor já acabou há muito tempo, não tem mais o respaldo da população brasileira, vasta ver que enquanto o Brasil enterrava dezenas de mortos na tragédia da Chape, este senhor é sua afilhada Dilma prestava solidariedade a um ditador falecido em outros país. Prá mim isso nem foi novidade, pois sei que está elite vermelha nunca teve consideração com o povo brasileiro.

Anônimo disse...

Deixou de manifestar solidariedade às dezenas de famílias da tragédia da Chape para homenagear um ditador sanguinário. Que pague por seus crimes.

Anônimo disse...

LULA É RÉU DA LAVA JATO!! PODERIA SOFRER MANDADO DE PRISÃO!!! FOSSE OUTRO RÉU, CERTAMENTE ESTARIA PRESO, NO MÍNIMO, POR DESACATO!! MAS LULA, PARECE, ESTÁ UM TANTICO ACIMA DA LEI!!! EXPERIMENTE VOCÊ, RÉU, OFENDER OS JUÍZES QUE IRÃO JULGÁ-LO!!!

Anônimo disse...

E o pmdb como vai editor, fazendo mto sucesso onde passa?

Anônimo disse...

Sinto muito mas não tenho mais estomago pra certas cenas...

Anônimo disse...

Gente,eu não sei porque a imprensa ainda dá espaço para esse monstro.Não o chamo de verme e jararaca poque estaria ofendendo os pobrezinhos.

Anônimo disse...

O Dallagnol também é foda, fez aquela coletiva de imprensa do powerpoint para acusar o molusco de chefe da quadrilha que assaltou a Petrobrás e depois não fez mais nada. Deu foi margem para esse traste aloprar desse jeito.

Anônimo disse...

AQUELES MOLEQUES FALAM UM MONTE DE BOBAGENS NA TUA AVALIAÇÃO...E PARA FALAR UM MONTE DE MERDA E IMBECILIDADE DO TANTO QUE TU FALAS SOMENTE PRECISA DE UM ÚNICO CACHACEIRO, LADRÃO, CORRUPTO, FROUXO E MUITO MOLEQUE...VAI ARRUMAR A MOCHILA PARA LOGO ESTAR NA REPUBLICA DE CURITIBA...
ABRAÇOS.

CARLOS BONASSER

Anônimo disse...

Essa quadrilha de petralhas de ladrões do dinheiro público, só agora se deram de conta que o PMDB é um partido corrupto. A todos esses petralhas pergunto...::::: " sem o PMDB, vcs imaginam que o PT(partido das trevas) teria sido eleito em 2003...??? A COISA teria sido eleita em 2010 e reeleita sem a ajuda do PMDB...??? respondam se forem capazes.....""""

Anônimo disse...



Eu não entendo como num país em que se prende uma mãe que rouba num supermercado para alimentar os filhos, não se prenda um ladrão como o Lula que roubou milhões de um país para enriquecer seus filhos.

Anônimo disse...

ART-142 BASTA O POVO CONCLAMAR E FECHA ESSA CHOÇA DOS TRÊS PODERES.

Anônimo disse...

FINALMENTE UM MACHO NESTE PAÍS E ISSO QUE SÓ TEM NOVE DEDOS, IMAGINA SE TIVESSE DEZ.

LULA PRESIDENTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Nada que Lula faz me espanta. Me espanta ver os pelegos aplaudindo

Anônimo disse...

UM JUIZ QUE COMETE ATOS ILEGAIS NÃO DEVERIA SER JUIZ, DIZ ROBERTSON:

Uma das maiores autoridades em Direitos Humanos do mundo, o advogado australiano Geoffrey Robertson, que representa o ex-presidente Lula na Comissão de Direitos Humanos da ONU, deu uma palestra em São Paulo na noite desta segunda-feira, em que afirmou que Sérgio Moro é "um juiz parcial e que busca auto-promoção"; "Qualquer pessoa minimamente ilustrada em Direito consegue chegar à conclusão de que Lula tem sofrido evidentes agressões a direitos fundamentais”, disse.

6 DE DEZEMBRO DE 2016

247 - Uma das maiores autoridades em Direitos Humanos do mundo, o advogado australiano Geoffrey Robertson, que representa o ex-presidente Lula na Comissão de Direitos Humanos da ONU, deu uma palestra na PUC, em São Paulo, na noite desta segunda-feira 5, em que afirmou que Sérgio Moro é "um juiz parcial e que busca auto-promoção".

Ele enfatizou a perseguição que o juiz de Curitiba, que decide os processos da Lava Jato em primeira instância, faz contra Lula e pontuou ações que ele afirma serem abusivas, como a gravação de grampos contra Lula, sua família e até mesmo contra os advogados do ex-presidente. Ele criticou ainda mais a divulgação do áudio de uma conversa entre Lula e a presidente deposta Dilma Rousseff.

"Para deleite público, Moro entregou a gravação para Globo, em uma atitude extremamente política. Ele sabia que era ilegal gravar a Dilma e gravou assim mesmo. Um juiz que comete atos ilegais não deveria ser juiz. Algo assim nunca seria permitido em nenhum país civilizado", disse.

"Para mim, Moro é uma figura perigosíssima. Na Itália, por exemplo, [Silvio] Berlusconi, que deveria ser condenado, escapou da justiça. É perigoso quando juízes e promotores se tornam perseguidores", acrescentou Robertson, depois de citar a Operação Mãos Limpas, realizada na Itália e da qual Moro é entusiasta.

O advogado criticou ainda o que considera ser um pré-julgamentos de Moro em relação a Lula e a outras pessoas. "Ele não entende qual é a ética do sistema judiciário. Nos Direitos Humanos internacionais, há um princípio da presunção de inocência. Parece que isso não ocorre no Brasil. Moro criou uma expectativa de culpa. Na Europa, nunca se poderia afirmar que alguém é culpado antes do julgamento final. Por aqui, parece que é diferente".

"Qualquer pessoa minimamente ilustrada em Direito consegue chegar à conclusão de que Lula tem sofrido evidentes agressões a direitos fundamentais”, afirmou.

CALA BOCA, FICA QUETO, aqui no Brasil prevale a Teoria dos Coxinhas eles mandam prender e soltar. Só que agora deram um tiro no próprio pé, mandando cassar o Renan da Presidencia do Senado.

Wilson disse...

Se candidatar-se, vai ganhar!
O povo odeia medidas impopulares!
Até 2018, este governo terá feito todo o "trabalho sujo" para o Lulladrão voltar nos braços do povo e aproveitar os resultados.

Anônimo disse...

E o Brasil indo cada vez mais para o fundo do poço. Cada povo tem o governante sue merece

Anônimo disse...

o que morreu e foi enterrado ontem no rio que era um grande poeta era contra o pt

Anônimo disse...

as investigaçoes ainda nao acabaram =logo ele os filhos e a mulher que sao reus vao estar na jaula junto com seus comparsas dirceu, mantega, paloci, 3 tesoureiros e outros da orcrim seus aliados como o odebrecht o da oas o leo pinheiro... todos juntinhos na jaula

Anônimo disse...

luarapio e dilma em brasilia sao investigados por obstruçao da justiça e logo logo vao pra cadeia

Anônimo disse...

AS URNAS DERAM A RESPOSTA ESTE BEBADO LEVOU UMA SURRA PERDEU ATE EM SUA TERRA PERNAMBUCO ALIAS JA PERDEU 2X PARA PRESIDENTE EM PERNAMBUCO AGORA PERDEU PRA PREFEITO TAMBEM ,HAHAHH, ELE NAO TEM APOIO NEM DE 10% , SÓ APOIO PAGO DE SINDICALISTAS, MST, CUT.... HAAHHA

Anônimo disse...

ESTE VAGAL NAO TEM APOIO DO PAIS NEM EM CHAPECÓ FOI NO ENTERRO POIS NAO É BEM VINDO NO NOSSO PAIS E MUITO MENOS AQUI EM SANTA CATARINA. FOI LAMBER O ASSASSINO FIDEL EM CUBA AQUI NAO É BEM VINDO NEM ELE NEM A DILMENTIRA

Anônimo disse...

ELE NAO GANHA NEM PRA SINDICO FOI CORRIDO E VARRIDO ESMAGADO NAS URNAS TA MORTO E FEDENDO NO NORDESTE FOI VARRIDO TAMBEM

Anônimo disse...

ESTE LADRAO FALA ABOBRIBNHA N ENTENDE DE LEI NEM DE GOVERNO É UM ANALFABETO ESCONDIDO ATRAS DE SEGURANÇAS QUERIA VER ELE FALAR SOZINHO TREMEU AS PERNINHAS AGORA Q ESTEVE EM FRENTE AO JUIZ MORO ISTO QUE FOI PELA TELA - VIDEO CONFERENCIA IMAGINA SE FOSSE AO VIVO QUANDO FOR AO VIVO DEVE IR DE FRALDA HEHEHEH

Anônimo disse...

Tá bêbado!!!

Anônimo disse...

Quando está bêbado e no meio duzintelequituais petralhas, agraciados com verbas da lei Rouanet,o canalha fica valente.
Percebe-se nitidmente o grau do estado etílico desse bandido falando as barbaridades contra a Lava-jato.
Como diz o ditado: "quem tem c* tem medo", elle não dorme com os dois olhos fechados há muito tempo.