Justiça Eleitoral cancela discurso de Marchezan Júnior na cerimônia de diplomação dos novos prefeitos do RS

Amigões, bonitões, simpáticos, musculosos e solteirões, Eduardo Leite (prefeito de Pelotas) e Marchezan Júnior, são agora os dois mais importantes líderes do PSDB no RS.

O abrupto cancelamento do discurso que o prefeito eleito Marchezan Júnior faria na cerimônia de diplomação dos novos prefeitos gaúchos, quinta-feira, não foi bem explicado pelo tucano e nem pela Justiça Eleitoral.

Aliados de Marchezan Júnior acham que a mudança da agenda tem a ver com o voto dele na Câmara, quando esteve em exame a proposta das "10 Medidas Anticorrupção", desfigurada pela maioria e que produziu enorme mal estar em juízes, promotores e procuradores. O monstrengo acabou virando "10 Medidas de Proteção aos Corruptos" e recebeu o voto do novo prefeito de Porto Alegre.

Defendendo seu voto, eis o que disse Marchezan Júnior:

- Na verdade, criou-se uma grande polêmica em torno dessa proposta. Acredito que muitos parlamentares votaram por convicção de que de fato as sanções a integrantes da magistratura e do MP precisam ser mais duras.

Ele admitiu que boa parte dos deputados votou para retaliar juízes e procuradores.

O editor tem o áudio dessas declarações do novo prefeito.

18 comentários:

Anônimo disse...

Marchezan eh musculoso? Kkkkkk fetiche bigodeee

Anônimo disse...

Políííbio, você deve saber de algo que nós ainda não sabemos...só desconfiamos, rsrsrs

Anônimo disse...

Quá quá quá quáaaaaaaaaaa

Anônimo disse...

"Amigões, bonitões, simpáticos, musculosos e solteirões..."

Eu sinto uma ironia do editor toda vez que se refere à amizade da duplinha. Eu acho que o Leitinho escorrega no quiabo (pelo menos é o que comentam - à boca pequena - em Pelotas e olha que lá, se comentam que é gay é porque deve ser mesmo).

Anônimo disse...

MISTÉRIO DA SEMANA: QUEM PAROU OS VAZAMENTOS?

"Perguntar não ofende: alguém poderia explicar por que pararam os vazamentos das delações premiadas justamente na semana em que 77 delatores da Odebrecht prestaram depoimentos no Ministério Público Federal, a começar pelos seus donos, Emílio e Marcelo Odebrecht. Quem teve este poder?", questiona o jornalista Ricardo Kotscho; ele lembra que o misterioso fenômeno ocorreu após a carta enviada por Michel Temer a Rodrigo Janot.

18 DE DEZEMBRO DE 2016 - Brasil 247

Perguntar não ofende: alguém poderia explicar por que pararam os vazamentos das delações premiadas justamente na semana em que 77 delatores da Odebrecht prestaram depoimentos no Ministério Público Federal, a começar pelos seus donos, Emílio e Marcelo Odebrecht. Quem teve este poder?

De uma hora para outra, a imprensa deu um cavalo de pau na pauta e passou a tratar de assuntos econômicos. Delações saíram das manchetes dos jornais e das capas de revistas. Para mudar de assunto, o Ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, declarou guerra à maconha (veja post anterior).

O misterioso fenômeno aconteceu depois que o presidente Michel Temer enviou ofício ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedindo providências para evitar a divulgação "ilegítima" de delações protegidas por sigilo, advertindo que estes vazamentos podem levar à anulação do processo e estavam prejudicando o bom andamento do governo.

Não se tem notícia da resposta de Janot ao questionamento de Temer, mas o fato é que a partir daí só houve vazamento da delação do executivo Márcio Faria da Silva.

Anônimo disse...

Luciano Alabarse virou secretário da Cultura por afinidade, segundo o declaração de Marchezan

Anônimo disse...

Kkkķkkk pegou pesado o bigode mesmo...

JORGE LOEFFLER .'. disse...

Caro Polibio ao ler a expressão que segue nessa post fiquei a pensar. "Amigões, bonitões, simpáticos, musculosos e solteirões, Eduardo Leite (prefeito de Pelotas) e Marchezan Júnior,".
Bonitões só se é para o teu gosto, pois aprecio ainda muito as mulheres, mas enfim, cada um com seus gosto.
Por outro lado fico a me perguntar se não estás insinuando algo sobre a conduta desses dois senhores.
Podes ser ainda mais didático ou claro, como queiras?

Anônimo disse...

Enquanto isso....

TEMER QUER DAR R$ 40 BILHÕES DE PRESENTE ÀS TELES:

Governo de Michel Temer deve sancionar nesta semana lei que perdoa R$ 20 bilhões em multas aplicadas contra empresas de telefonia e ainda transfere às teles patrimônio físico, avaliado em R$ 20 bilhões, que deveria ser devolvido à União em 2025; contrapartida das empresas será investir valor semelhante em seus negócios para, supostamente, melhorar o serviço prestado ao consumidor; caso é tão escandaloso que foi denunciado até por Veja, da Abril, que é uma das avalistas do golpe parlamentar de 2016.

18 DE DEZEMBRO DE 2016

247 - Enquanto penaliza os mais pobres com arrochos na previdência e limita gastos na saúde e educação, com a PEC do Teto, o governo de Michel Temer (PMDB) vai dar esta semana um presente bilionário para as empresas de telefonia.

De autoria do deputado federal goiano Daniel Vilela (PMDB), o projeto criado para modernizar as regras das telecomunicações, na verdade perdoa multas de R$ 20 bilhões, aplicadas às teles, e ainda repassa para as empresas todo patrimônio físico que ela teriam que devolver à União em 2025. O presentão de Temer às teles soma R$ 40 bilhões.

A lei já passou pela Câmara dos Deputados e Senado e deve ser sancionada esta semana pela presidência da República. A revista Veja, na sua mais recente edição, chama o projeto de "presente bilionário" e "escândalo silencioso".

O patrimônio físico usado pelas teles (imóveis, antenas, torres, cabos, redes), que agora passa a ser delas em definitivo, foi avaliado pelo Tribunal de Contas da União em pelo menos R$ 100 bilhões....

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Políbio, não me faças me decepcionar contigo. Chega de insinuações sobre coisas que não tens nada a ver. Será que não saiu de ti o ranço do PDT???? Esses sim são podres e parece que os respeitas.

Marchezan não foi teu candidato , mas venceu. Respeito, por favor!

Nos livramos de Melo, Juliana Brizola et caterva .... Não foi uma vitória e tanto?

Anônimo disse...


A descrição inicial até parece propaganda de um filme pornô gay.

Anônimo disse...

Misericórdia! Polibio nunca comentou nada contra o patife petista que ainda não passou cargo ao novo prefeito. Está despeitado pq Mello perdeu. E daí se o outro é gay? Dá o dele ou pede emprestado?

Anônimo disse...

Deve ser invejinha! Ninguém tem nada a ver com a vida dos outros. Isso foge à proposta deste blog, que sempre foi sério! Muito me admiro!