terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Justiça condena Lindbergh Farias por outra patifaria no Rio

Pela segunda vez esta semana, a Justiça do Rio suspendeu os direitos políticos de Lindbergh Farias, PT, conhecido como Lindinho pela Odebrecht. Ele foi condenado hoje por nomear 11 pessoas para a Prefeitura de Nova Iguaçu.

Na primeira ocorrência, foi suspenso por quatro anos, devido ao uso promocional de sua imagem em caixas de leite distribuídas pela prefeitura.

10 comentários:

Anônimo disse...

Cada enxadada,uma minhoca.E lula é PenTa.

Anônimo disse...

Esses petralhas, são todos honestos, isso já está comprovado, com o mensalão e o PETROLÃO.

Anônimo disse...


Independente de partido politico, não passam de um bando de safados e corruptos.

Anônimo disse...

O NÓ DA LAVA JATO: CAIXA 1 DO PT É CRIME, MAS O CAIXA 2 DOS OUTROS PODE NÃO SER:

As delações da Odebrecht, que revelam a corrupção de todo o sistema político brasileiro, principalmente dos grupos que hoje estão no poder, criam uma dificuldade adicional para o discurso oficial da Operação Lava Jato; como as doações ao PT, do ex-tesoureiro João Vaccari, preso em abril de 2015, foram feitas por dentro, no caixa 1, criou-se a tese de que as doações oficiais foram propina; no entanto, como as doações a muitos políticos do PMDB e do PSDB foram por fora, no caixa dois, o ministro Gilmar Mendes afirmou ontem que nem sempre há crime quando isso ocorre; a prevalecer essa tese, o Brasil terá uma situação inusitada: as doações legais serão criminosas e as ilegais serão lícitas.

20 DE DEZEMBRO DE 2016

247 – Em abril de 2015, quando João Vaccari Neto, ex-tesoureiro do PT, foi preso, grupos de comunicação engajados na derrubada da presidente Dilma Rousseff argumentavam que as doações oficiais ao partido eram propina. A tese dominante era de que o PT usava a a lei eleitoral como fachada para sua gigantesca máquina de lavagem de dinheiro. Muitos defendiam até a extinção do PT e a cassação do seu registro.

Com a passar do tempo e a chegada das delações da Odebrecht, que apontam a corrupção de todo o sistema político brasileiro, especialmente dos grupos que hoje estão no poder, como PMDB e PSDB, o discurso começou a ser adaptado. Agora, o que se diz é que o caixa dois, ou seja, o dinheiro arrecadado por fora pelos políticos, nem sempre é criminoso.

“O caixa 2 não revela per se (em si mesmo) a corrupção, então temos de tomar todo esse cuidado. A simples doação por caixa dois não significa a priori propina ou corrupção, assim como a simples doação supostamente legal não significa algo regular”, disse ontem o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (leia mais aqui), no momento em que Michel Temer e vários de seus ministros são acusados de arrecadar fortunas pelo caixa dois. Basta citar os R$ 10 milhões pedidos por Temer a Marcelo Odebrecht no Palácio do Jaburu e os R$ 23 milhões pagos a José Serra na Suíça.

Caso a tese de Gilmar, que é também a tese do PSDB e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, prevaleça, o Brasil terá uma situação inusitada: as doações legais serão criminosas e as ilegais serão lícitas. Ou seja: o dinheiro arrecadado por dentro pelo PT será propina e o dinheiro arrecadado por fora por PMDB e PSDB será apenas um lapso contábil.

Anônimo disse...

OPERAÇÃO VALE-TUDO TENTA SALVAR TEMER

20/12/2016 - Brasil 247

"Esforço para salvar Michel Temer atingiu o vale-tudo, levando o Supremo a voltar atrás em sua própria jurisprudência," escreve Paulo Moreira Leite; "Em 2012, a ministra Carmen Lucia, atual presidente do STF, enfrentou advogados que faziam defesa de José Dirceu e José Genoíno para dizer que não aceitava o argumento de que seus clientes não poderiam ser condenados pelo crime de caixa 2. Em 2016, depois da mais longa investigação sobre campanhas presidenciais em tempos recentes, Gilmar Mendes diz que 'a simples doação por caixa 2 não significa a priori propina ou corrupção'"; para PML, "se a preservação da desigualdade e a defesa dos privilégios foi um dos motivos óbvios para derrubar um governo que se destacou por medidas que contribuíam para a diminuir a distância entre as várias camadas da pirâmide social brasileira, o esforço para preservar Temer reforça tendências típicas do Brasil desde a chegada das caravelas de Pedro Alvares Cabral"

Anônimo disse...

Aprenda Matemática com os Golpistas:

Globo X Lava Jato X Temer = ........
20/12/2016 - Conversa Afiada

Temer - 900470.jpg
Na foto, o Traíra diz de quantas vidas você precisa para se aposentar (Crédito: Al Arabiya)

Do amigo navegante José Adílson Filho, no Facebook do Conversa Afiada:

Novas formas de aprender as quatro operações da Matemática

Adição:
Sérgio Moro + Deltan Dallagnol = Rodrigo Janot

Subtração:
Supremo Tribunal Federal – Gilmar Mendes = JUSTIÇA

Multiplicação:
Rede Globo X Lava Jato X Michel Temer = Brasil Colônia

Divisão:
Aécio Neves : Silas Malafaia = Moralismo sem moral

Anônimo disse...

O Lindinho em breve estará em cana. Um a mais que não resistiu ao apelo da grana fácil .!!!

Anônimo disse...

Lula realmente é o mais honesto....... da mega quadrilha chamada de PT.

Unknown disse...

Sem novidades!!! É só ver a que partido pertence!!!

Anônimo disse...

este sem vergonha nao vale 1 real