quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Deputado Jardel ignora cassação e resolve jogar futebol no Ceará

Indiferente à sessão desta tarde da Comissão de Constituição e Justiça, que poderá cassar-lhe o mandato, o deputado Mario Jardel (PSD), que está afastado da Assembleia Legislativa gaúcha devido a um quadro depressivo, participou nessa quarta-feira, em Fortaleza, de um jogo promovido pelo cantor Wesley Safadão. 

O deputado apresentou atestado médico para não trabalhar.

No jogo de ontem, Jardel foi um dos responsáveis pela vitória de seu time, comandado pelo jogador Osvaldo, do Fluminense, também um dos promotores da partida beneficente.

Se a CCJ confirmar o pedido de cassação, o caso irá na semana que vem para o plenário. 

13 comentários:

Anônimo disse...

Se até o Jardel faz o que quer, imaginem o que tem de sujeira estes "Deputados
Estaduais", para ficarem mansinhos com ele. Lá já desconfiaram o que pode
ocorrer com quem atirar a primeira pedra! LÁ TODOS TEM TELHADAÇO DE VIDRO!!!!!

Anônimo disse...

Também o que o povo quer? Idolatram cantores e afins com nome "SAFADAO" e depois querem reclamar? Ah, faz favor né'?

Anônimo disse...

Esse fenômeno nem o vidente Carlinhos conseguir prever: o RS tem o eleitor mais altamente politizado do Brasil!

Anônimo disse...

Que deboche, ainda não CORRERAM com esse idiota da assembleia ????

Anônimo disse...

é muita cara de pau! Ele que vá carpir um terreno! Vagabundo!

Anônimo disse...

Ué, pra isso ele não tá lelé da cuca? Tem é que, alem de cassar, fazer devolver toda a grana recebida no período em que não trabalhou!

Alberto disse...

Quando a população partir para 'o pau', depois não reclamem, safados!

Anônimo disse...

Esse "médico" fornecedor de atestados para a vagabundalhada do serviço público gaúcho não vai ter o nome divulgado?
É tão canalha quanto o seu "paciente depressivo"!

Anônimo disse...

Comprova o que o Feltes falou.

Ultra 8 disse...

"Fútilbol", o lazer religião do Zé povo brasileiro.

Quem vota em "pelotário", é otário.

Unknown disse...

Mas que absurdo!!!

Anônimo disse...

a situação do Deputado Jardel parece que é um afronto proposital.
é impossível acreditar que não há pessoas competentes suficientes
para "demitir" este cara.

Anônimo disse...

A gente não sabemos escolher presidente
A gente não sabemos tomar conta da gente
A gente não sabemos nem escovar os dente