quarta-feira, 27 de julho de 2016

Rede nega estribo para Luciana. Despeitado, Robaiana avisa: "É uma certa tragédia !". Certa, não é.

O editor premia com duas assinaturas da sua newsletter diária, caso os leitores descubram onde estão Luciana e Robaiana na foto ao lado dos Trapalhões. Escreva para polibioadolfobraga@gmail.com.

Mau perdedor, trapalhão, o presidente do Psol, Roberto Robaina, ex-marido de Luciana Genro, a candidata do Partido à sucessão do prefeito José Fortunati, reagiu à decisão da Rede de apoiar Sebastião Melo, PMDB:

- É uma certa tragédia, pelos argumentos e métodos do PMDB, que sabemos quais são, ter conseguido levar a Rede para uma aliança com Melo. É uma pena, mas a política do jeito que está, realmente desabou na Rede. Mas nós sabemos que há setores da Rede que não vão aceitar essa metodologia do PMDB e vão seguir juntos por uma construção de um movimento democrático para realmente mudar a política.

Roberto Robaina move-se na política como elefante em loja de louças, repetindo as tresloucadas declarações da própria candidata antes da decisão, que agride até quando quer agradar:

Como Luciana Genro avisou que só "uma maioria reacionária, direitista, não a apoiaria", a maioria da Rede resolveu o caso deixando-a pendurada no pincel.

Luciana Genro não consegue apoio de ninguém, porque nenhum Partido quer ser seu aliado.

Nestas eleições de outubro, não votem nos Democratas !

Moro manda abrir três novas vagas na carceragem da Polícia Federal.

O juiz Sérgio Moro acaba de mandar três presos da Lava Jato para o Complexo Médico-Penal de Pinhais, Grande Curitiba.

Abriram três vagas na carceragem da Polícia Federal de Curitiba.

Publicidade: Vá esta noite, aproveite o frio. Bier Markt, Porto Alegre.

1o lugar de Veja, cinco anos seguidos, na categoria. Reserve confraternização com seus amores, colegas, funcionários e amigos. Vá conhecer, hoje, quarta-feira. Melhores cartas de cervejas ou de chopes artesanais. São mais de cem rótulos de diversos Países. Mais de 100 rótulos de várias partes do mundo.

Segurança completa, bom estacionamento de rua, ar condicionado perfeito, também cozinha. 

Biermarkt
Rua Castro Alves, 442
Moinhos de Vento, Porto Alegre, RS

Biermarkt Vom Fass
Rua Barão de Santo Ângelo, 497
Moinhos de Vento, Porto Alegre, RS

Localização, dicas, serviços: www.biermarkt.com.br

Economia cresce e conduz Bolsa de Londres para alta de 0,39%

Londres, via WhatsApp

Os dados divulgados hoje em Londres revelam que a economia do Reino Unido fechou o último trimestre com avanço de 0,6%.
A taxa anualizada é de 2,2%.

Nesta quarta-feira, a Bolsa de Londres encerrou o pregão com ganho de 0,39%. ´?E o maior piso de valorização em 12 meses.

As outras bolsas:
Nova Iorque, queda de 0,18%, por enquanto, 15h48min no horário local.
Xabngai, - 1,91%
Tóquio, +1,72%

Preço do petróleo despenca e já beira os US$ 40 por barril

Londres, via WhatsApp

O preço do petróleo bateu hoje no seu masis baixo patamar em oito meses, desandando para US$ 43,50 o barril, queda de 2,8%.

Ataque a UBS, faz prefeitura instalar botões de pânico e câmeras fixas nas Unidades Básicas de Saúde de Canoas, RS.

Nota referente ao assalto que ocorreu na última quinta-feira (21) na UBS União, em Canoas, RS:

A Prefeitura Municipal vem a público esclarecer que tratou-se de fato isolado, já que foi a primeira vez que uma Unidade Básica de Saúde na cidade foi assaltada por indivíduos armados.

A Prefeitura de Canoas agiu prontamente e, já na noite do fato, decidiu instalar "botão de pânico" em todas as suas UBS. A prefeitura também vai implantar câmeras fixas dentro das unidades, conectadas à Central de Monitoramento da prefeitura.

Os órgãos de segurança pública de Canoas têm uma prática de acompanhar e monitorar todas as unidades de saúde da cidade. Somente na UBS União, nos últimos três meses, a Brigada Militar realizou 71 rondas preventivas.

PSL homologa, hoje, candidatura de Fábio Ostermann em Porto Alegre.

O Partido Social Liberal de Porto Alegre (PSL) realizará sua convenção municipal nesta quarta-feira (27), às 19h30min no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul (3º andar).

Em pauta:

- Deliberação sobre coligações majoritária e proporcional;
- Escolha de candidatos a prefeito, vice e vereadores;
- Indicação de representantes/delegados;
- Assuntos gerais.

Em coletiva de imprensa, realizada no dia 11 de julho, o nome de Fábio Ostermann foi lançado como pré-candidato à Prefeitura da Capital. Ostermann atualmente também é presidente do PSL no Rio Grande do Sul.

Vivo prepara nova fornada de mil demissões

A Vivo prepara uma fornada de mil demissões. Isto segue-se a 2 mil demissões realizadas logo depois da incorporação da GVT, que sumiu do mercado ao ser comprada.

PGR quer que Renato Duque, PT, ex-diretor da Petrobrás, continue mofando na cadeia

Ainda faltam dois. O do meio é o corrupto diretor da Petrobrás, o petista Renato Duque.

CLIQUE AQUI para ler,  também, denúncia de delator sobre pressões de Ricardo Berzoini, ex-presidente do PT, que exigia propinas de todos os empreiteiros que operavam com a Petrobrás.

CLIQUE AQUI para ler nota sobre desconfianças a respeito do envio de dinheiro sujo que o PP meteu a mão nos governos do PT.

Em parecer encaminhado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), na sexta-feira, 22 de julho, o subprocurador-geral da República Francisco Sanseverino defende que seja mantida a prisão preventiva do ex-diretor de serviços da Petrobras Renato Duque, homem encarregado pelo PT para desviar dinheiro da Petrobrás, decretada pela 3ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, em dezembro. Duque responde por corrupção passiva e associação criminosa, por envolvimento na Lava Jato e pelo recebimento de propina.

Trata-se de elemento de alta periculosidade.

Ele obedece a Lei do Silêncio, não fala nada e prefere ir para o sacrifício. 

Segundo a denúncia do MPF, Duque teria recebido por duas vezes vantagem indevida de US$ 1 milhão para favorecer a contratação da empresa holandesa SBM Offshore pela Petrobras.

Há mais roubalheira patrocinada pelo líder do PT.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Artigo, Rosana Chiavassa - O cidadão que procura o SUS precisa ser respeitado

A solução para o problema do SUS não está em responsabilizar o cidadão e nem jogá-lo no colo da iniciativa privada, mas sim em fortalecer o SUS, com investimentos, fiscalização séria e rigorosa e punição efetiva para todos aqueles responsáveis por possíveis desvios.

É difícil dizer se o ministro da Saúde, o engenheiro Ricardo Barros, não conseguiu ainda se acertar na pasta porque não é do ramo ou porque está mal assessorado. Suas aparições na mídia, até com razoável destaque, têm sido motivadas por ideias, intenções, interpretações, percepções e projetos que, não raro, estão distantes da realidade do país. As duas últimas, a de que o cidadão imagina doenças e a possível liberação de um plano de saúde popular pela ANS, foram simplesmente torpedeadas por especialistas. E com justa razão, diga-se de passagem.

Dia desses, baseado em percepções totalmente equivocadas, o ministro Barros afirmou que a maioria dos pacientes procura atendimento na rede pública de saúde apenas porque “imagina” estar doente. Para ele, o brasileiro somente acha que teve bom atendimento médico se este lhe pedir exames ou prescrever medicamentos. “É cultura do brasileiro”, afirmou o ministro. Em sua avaliação, este “hábito” estaria gerando gastos desnecessários ao SUS.

Diante de tal afirmação, é possível inferir que o ministro foi vítima de um lapso de memória, pois é inadmissível que ele não saiba que quem pede exames laboratoriais e de imagens e prescreve remédios é o médico e não o paciente.

CLIQUE AQUI para ler tudo. O artigo é do site www.migalhas.com.br

Artigo, José Maria Rodrigues de Vilhena, Jornal do Comércio - Olhar sobre Porto Alegre

Porto Alegre é uma urbe emblemática no Brasil. Quem a conhece, sabe que ela já não vive seus dias de maior glória. Infelizmente. Bem, o Brasil hodierno, da mesma forma, também não transita na sua melhor época. Assola o País uma decadência, claramente espelhada nas grandes cidades do mesmo. Neste ágil texto, desejo referir à capital do Rio Grande do Sul, local onde nasci e vivo. O amor, por mim dedicado a ela, dá-me autoridade para relatar, indignado, a situação em que se encontra o Centro da cidade. Sem prosopopeias ideológicas e partidárias. O núcleo central da Capital encontra-se em estado lamentável, o cenário é a antessala do caos. Dói ver os passeios sujos e depauperados, o monumento símbolo da cidade, viaduto Otávio Rocha, funcionando como albergue com barracas montadas por multidão de desvalidos, lixo amontoado no calçadão da Rua da Praia, camelôs avançando sobre o espaço público apesar de existir centro popular de comércio, pichações, drogados e marginalizados criminosos.

O Centro resiste atrás das muralhas do esforço dispendido por instituições privadas, da beleza proporcionada pela estética dos prédios magníficos e de aprazíveis praças. Mas pergunto: até quando? A administração municipal (Executivo e Legislativo), ao invés de induzir a revitalização do coração de Porto Alegre, trabalha no sentido de enfartá-lo, proíbe artistas de rua, permite trânsito de veículos onde não deveriam ser admitidos e releva o interesse pela manutenção de sítios e prédios do patrimônio histórico e arquitetônico. Isto é grave situação. Por favor, não estabeleçam conexões entre este desabafo e o evento eleitoral próximo, mesmo porque não é possível acreditar na capacidade dos políticos e, tampouco, nas intenções transparentes dos partidos. Agora, o movimento capaz de reordenar o sistema de vida dos cidadãos brasileiros virá da consciência e vontade de defender valores perenes das tradições legadas. Porto Alegre não será destruída por demagogos, incompetentes ou oportunistas.

* Engenheiro e consultor.

TSE envia ao STF novos indícios de crime eleitoral nas empresas que trabalharam para Dilma Roussef.

DCO Informática e Comércio recebeu R$ 4,8 milhões da campanha de Dilma e Temer não tem alvará de funcionamento e apenas um notebook. Ao lado, o documento da empresa de fachada usada por Dilma na sua campanha. 

 O Tribunal Superior Eleitoral enviou ao Supremo Tribunal Federal novos indícios que apontam crime nas empresas que prestaram serviço à campanha que elegeu Dilma Rousseff em 2014. 

A suspeita é de que uma dessas fornecedoras teria sido usada em um esquema de lavagem de dinheiro. O TSE apura outros indícios desde o ano passado, e, em maio, o ministro Gilmar Mendes -- que foi o relator das contas da campanha - enviou à Polícia Federal novas indicações de irregularidades em algumas dessas fornecedoras.

Trata-se da empresa DCO Informática e Comércio, que fica em Uberlândia em Minas Gerais. 

A Globonews informou esta tarde que segundo a Secretaria de Finanças de Uberlândia, a empresa não tem alvará de funcionamento e tem somente um notebook e três funcionários que não estão registrados no regime CLT.  A empresa foi contratada em 2014 para disparar mensagens de textos com publicidade sobre a campanha de Dilma para celulares. E ela cobrava de 6 a 16 centavos por mensagem de celular. A empresa ganhou R$ 4,8 milhões da campanha de Dilma em 2014 e todo esse dinheiro foi pago em outubro de 2014, durante a campanha presidencial. 

O ministro Edson Fachin está cuidando da documentação no Supremo. Outra ação corre no TSE que pede a cassação do mandado de Dilma e Temer.

Rede Lebes abre nova loja, desta vez em São Leopoldo

A rede de varejo Lojas Lebes abre, na quinta- feira, dia 28 de julho, a quarta filial em São Leopoldo. A unidade de 1.058 m2 vai oferecer um mix variado de produtos na linha de moda, móveis eletrodomésticos e eletrônicos. A nova loja fica no endereço do antigo Cine Brasil, tradicional ponto no centro da cidade, que serviu de inspiração para a campanha de inauguração .

Serão três dias de intensa programação que fará uma grande homenagem ao cinema. 

Além de abrir a nova loja, a Lebes  reinaugura também, no mesmo dia, outras duas unidades já existentes na cidade que passaram por melhorias. No dia 28, as filiais da Rua Primeiro de Março,263 e Rua Saldanha da Gama, 936 irão receber seus clientes com coquetel de reinauguração.

Expointer não tem Plano de Prevenção e Combate a Incêndios

A Expointer, maior feira do agro da América Latina, não tem Plano de Prevenção e Combate a Incêndios.

O evento começará no início de agosto em Esteio.

O Sindicato dos Engenheiros tirou nota, esta tarde, para advertir para desastres de grandes proporções e avisou que a Expointer está na ilegalidade.

Porto Alegre, Capital da Insegurança Pública - Homem é enforcado e exposto nu na zona Sul de Porto Alegre.

Um homem  foi enforcado com uma corda, tudo no âmbito de uma execução com requintes de crueldade, nesta madrugada, em Porto Alegre. Seu corpo, num, foi exposto em meio à Rua Leodoro Pereira da Silva, na Vila dos Sargentos, Bairro Serraria, Zona Sul, pouco antes das 6h desta quarta-feira. Identificado.

Ele foi arrancado de casa por criminosos. 

O homem assassinado é Vilmar Adão Goulart Fraga, 54 anos, viúvo, pai de dois filhos e morador da vila e, segundo a Brigada Militar, teria sido arrancado de casa por criminosos.

Uma das linhas de investigação é a hipótese de que Vilmar tenha sido vítima da facção dos Bala na Cara, que comanda o tráfico na Vila dos Sargentos, em uma espécie de "recado" a possíveis delatores na região.

Traficantes locais vivem atualmente um confronto com rivais em todas as regiões de Porto Alegre. 

36 criminosos já lotam celas de duas delegacias de Porto Alegre.

Neste momento, 36 criminosos estão amontoados nas celas das Delegacias de Polícia de Porto Alegre (25 na 1ª DPPA e 11 na 2ª DPPA) em decorrência da falta de vagas nos presídios da região.

Os policiais temem por tragédias. Na 2ª Delegacia de Polícia, a cela destinada às mulheres está sendo ocupada por homens.

O uso de celas de delegacias policiais para manter presos recomeçou no governo Sartori.

Nem escândalos de corrupções bilionárias fazem brasileiros admitirem privatizações

Pesquisa demonstra que o povo gosta de ser roubado pelos ladrões do dinheiro público.

Nesta pesquisa nacional que mandou há pouco para o editor, o Instituto Paraná Pesquisas ouviu a opinião pública para saber o que os brasileiros pensam sobre privatizações, já em função do desejo do governo Temer de se desfazer de estatais que só causam problemas.

Eis quatro questões principais:

A favor ou contra as privatizações em geral
Contra, 60,6%; A Favor, 33,3%; Não Sabe ou Não Tem Opinião, 4.9%

Sobre privatizações tópicas (os números são sucessivamente contrários, favoráveis ou sem opinião):
Petrobrás: 63,3%; 31,1%; 5,6%.
Correios: 62,4%; 32,3%; 5,3%
BB ou Caixa: 67,5%; 26,8%; 5,7%

Editorial, Zero Hora - O ônus da insegurança

O Índice de Desenvolvimento Estadual — Rio Grande do Sul (iRS), divulgado ontem, evidencia de forma coletiva um fato que os gaúchos constatam diariamente de maneira individual: o quanto a violência afeta suas vidas. Não pode haver dúvida de que a falta de segurança entrava o desenvolvimento do Estado, pois a criminalidade atinge diretamente a tudo e a todos, dificultando ou mesmo inviabilizando negócios, provocando a fuga de investidores e desviando para a segurança recursos que poderiam ser aplicados em educação, saúde e qualidade de vida. Num Estado que, mesmo assim, se mantém numa posição privilegiada sob o ponto de vista de indicadores socioeconômicos, a remoção desse entrave reafirma-se como prioridade.

Um dos méritos do iRS, apurado há três anos por Zero Hora e Faculdade de Administração, Contabilidade e Economia da PUCRS, com o mesmo referencial teórico do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), é justamente o de chamar a atenção para questões emergenciais. O aumento da violência não é um fenômeno exclusivo do Estado. Ainda assim, o avanço do número de homicídios, superior ao registrado no país, não pode ser subestimado. O efeito mais visível é o impacto no quesito longevidade e segurança, que reflete o grau de exposição à violência.

Felizmente, outros Estados vêm demonstrando ser possível enfrentar essa ameaça que, como indicam os dados de 2014, afeta o cotidiano da população e contribui para travar o desenvolvimento de maneira geral. Os ganhos no padrão de vida dos gaúchos não podem ser postos em risco pela insegurança nem pela dificuldade de avanços na educação.

Entrou em greve metade dos trabalhadores do Hospital das Clínicas, Porto Alegre

Amanhã, os empregados do Hospital Cristo Redentor, outra estatal federal, paralisarão as atividades. 

Os trabalhadores do Hospital de Clínicas de Porto Alegre estão em greve desde as 7h e só levantarão a paralisação as 19h.  Os funcionários montaram um piquete em frente à instituição, mas não impedem a entrada de pacientes na emergência ou para consultas agendadas. 

A greve mobiliza metade dos trabalhadores da estatal federal.

Eles querem 15% de aumento, mas os sindicatos patronais oferecem 3,5% de reposição em 2016.

Sinergisul entrega sede para Unimed RS, tudo para amortizar dívida R$ 35 milhões

Endividada por problemas de má gestão, o Sindicato dos Eletricitários, Sinergisul, outrora um dos maiores e mais influentes sindicatos de trabalhadores do RS, terá que entregar sua sede para a Federação Unimed RS, tudo porque deve e não consegue pagar dívidas de R$ 35 milhões.

Vai quase todo o patrimônio do sindicato, que tenta emplacar seus indicados para a rica Fundação CEEE.

A desordem na administração própria dos planos de saúde prestados pela Unimed, resultou na dívida.

O Sinergisul possui outros 10 prédios, mas estão todos sob penhora, porque o sindicato tem outras dívidas.

Vem Pra Rua confirma manifestação para o Parcão e mais 174 cidades do Brasil

Os principais grupos que organizam manifestações de rua a favor do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff se dividiram em relação à realização do próximo ato, marcado para o domingo, dia 31, em diversas cidades brasileiras. 

Em Porto Alegre, as manifestações ocorrerão no Parcão. Em São Paulo, o protesto deve ocorrer na Avenida Paulista.

Enquanto os grupos Movimento Brasil Livre e Nas Ruas optaram por adiar o protesto para agosto, em uma data mais próxima à votação do impeachment no Senado, o Vem Pra Rua preferiu manter a data inicialmente marcada.


Em nota, o Vem Pra Rua afirmou que haverá atos em pelo menos 175 cidades.

PCdoB indica Conti para vice de Raul Pont

Serás hoje o anúncio do apoio do PCdoB ao ex-prefeito Raul Pont, PT. Ele terá a companhia de Silvana Conti.

Alckmin, hoje, Porto Alegre, para ato de início dos testes do uso da vacina contra a dengue

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, participa hoje, neste momento, 10h,  do início dos testes do uso da vacina contra a dengue, remédio desenvolvido pelo Instituto Butantan.

Mil pessoas entre 18 a 59 anos participarão do estudo, que integra a terceira e última etapa antges de o imunizante ser submetido à aprovação da Anivsa.

Os tst es lcoais sairão no Hospital Sãpo Lucas, Porto Alegre.

O RS serás o único Estado da região Sul a recegber os testes clínicos da vacina.