domingo, 28 de agosto de 2016

O anexo 4 da delação de Leo Pinheiro incrimina Dilma em crime eleitoral pesadíssimo

Um dos sete anexos da pré-lação de Leo Pinheiro, OAS, que Veja divulga hoje na sua reportagem de capa, incriminam diretamente a presidente afastada Dilma Roussef.

É crime eleitoral pesadíssimo.

Os anexos integram a pré-delação que o Procurador Geral da República resolveu jogar provisoriamente na lata do lixo.

O editor está convencido de que Rodrigo Janot recuará.

Os anexos permitirão que Leo Pinheiro detalhe delações que meterão Lula e Dilma na cadeia, além de Okamoto, Edinho Silva e outros figurões do PT. Alguns deles, como Vaccari Neto, já estão na cadeia.

Este caso de Dilma Roussef diz respeito ao dinheiro sujo usado por Dilma em sua campanha. Lei o depoimento de Leo Pinheiro:

- O governo determinou a elaboração de um contrato fictício de prestação de serviços relacionados a ações de publicidade e pesquisa interativa com a agência de comunicação e publicidade Pepper. O contrato previa o pagamento de três parcelas iguais de valores de 2329.317,50, pagtas em 25.9.2014, 7.11.2014 e 25.2.2015. A referida quantia foi solicitada ao declarante Edinho Silva em encolntro ocorrido  no dia 10.9.2014 no hotel Pestana, SP, na rua Tutolia 77, para o pagamento das despesas da campanha da presidente Dilma Roussef.

O dinheiro saiu do plus que a OAS cobrou em contratos com a Petrobrás.

Leo Pinheiro tem documentos e gravações.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Insegurança Pública: manifestantes protestam (15h49min) na Praça da Encol, Porto Alegre

A foto ao lado foi extraída ontem, sábado, 11h, diante do supermercado Nacional da avenida Nilo Peçanha, Porto Alegre.

O editor chegou a registrar incidentes no local, mas muitos leitores colocaram em dúvida a ocorrência.

O veículo da Brigada Militar que se vê na foto não é miragem alguma e não produto da imaginação dos clientes que estavam no supermercado.

O que acontece é que a maior parte das ocorrências nem são mais comunicadas á Polícia do RS.

Esta tarde, diante do mesmo supermercado, no outro lado da rua, na praça da Encol, dezenas de manifestantes protestam contra a insegurança pública em Porto Alegre. Uma dupla de brigadianos e suas motos, guarnecem a área - o que é raríssimo. Os dois brigadianos foram os únicos policiais que o editor encontrou esta tarde ao longo das duas horas que rodou pela cidade.

Tropas da Força Nacional da Segurança já atravessaram o Mampituba

Ao lado, o comboio da FNS é recebida em Osório.


Os primeiros 120 homens da Força Nacional de Segurança que foram deslocados para o RS já passaram por Torres e chegarão a Porto Alegre as 16h30min.

São tropas aguerridas, fortemente bem armadas e bem treinadas.

No Rio, elas foram para confrontos seguidos com os bandidos do Morro do Alemão.

Carlos Araújo diz que o PT quer se livrar de Dilma e culpá-la pelos seus erros

A foto é do blog (na foto atrás de Araújo, o ex-deputado está com Chê e Jango, seus ídolos até hoje).


Na última quinta-feira, a jornalista Cynara Menezes, do blog de esquerda Socialista Morena, esteve com Carlos Araújo, o ex-marido preferido de Dilma Roussef. Ele falou sobre o que Cynara chama de "golpe", ou seja, sobre o julgamento a que ela é submetida pelos crimes que cometeu no governo. Carlos Araújo disse para a jornalista que a saída de Dilma "é irreversível". Na entrevista, ele acusa as elites pelo impeachment, mas critica duramente o PT, que afirma ter abandonada a presidente. 

O que disse Araújo:

- O PT nunca suportou a Dilma. Quer se ver livre dela para atribuir a ela todos os problemas que estão enfrentando.

Leia trechos editados (no link, leia toda a entrevista):

Como que você está vivendo este momento? Qual que é o teu principal sentimento hoje?
CA – O principal sentimento é de indignação com esse crime que estão fazendo com a Dilma, é uma coisa absurda. A Dilma, que não tem nada contra ela, é julgada por um bando de ladrões, vigaristas e pessoas sem escrúpulos. Essa é a inversão dos fatores, uma coisa inacreditável. O New York Times publicou uma matéria longa dizendo exatamente isso, é inconcebível. A história vai marcar isso e pode ser ainda na nossa era. Dois sentimentos ao menos haverá: o de que a Dilma foi o único presidente que deixou apurar tudo, nunca protegeu ninguém, nunca impediu nenhuma investigação. Isso nunca tinha havido. E o segundo é que ela manteve sempre essa postura de dignidade, correta. Ficam inventando formalismos para poder justificar o injustificável. Minha atitude é de indignação, mas é serena, porque a gente sabe que isso faz parte do processo. E a indignação renova nossas energias.
O poder econômico se voltou contra ela, não é?
CA – Em parte. O Trabuco e o pessoal do Itaú a apoiaram, mesmo nessa crise. Quem se voltou contra ela, e essa é uma questão que o Brasil tem que examinar, foi a Fiesp. Foi a Fiesp quem comandou isso aí tudo. A Fiesp vem sendo um baluarte reacionário desde 1932. Por ali que passam as coisas mais reacionárias e também mais indignas. Veja que a Fiesp foi uma das principais financiadoras doDOI-Codi, hoje todo mundo sabe, está provado. E a Fiesp continua nessa marcha. E quem é a Fiesp? Um antro de corruptos. Agora mesmo foi revelado que um de seus diretores há 30 anos está devendo 6 bilhões à União e não vai pagar.

(...)

O PT está dando o apoio devido a Dilma?
CA – Não. O PT está tentando fugir de sua responsabilidade, é vergonhoso isso. Quer atribuir a Dilma todos os problemas dele. Tudo que houve com ele, parece que não houve, é só por causa da Dilma que está mal. Quando a questão é inversa: o PT está mal pelos atos que cometeu, não puniu ninguém, não tomou atitudes, providências em relação aos bandidos que tinha dentro do partido, na direção do partido. Uma bandidagem. Tem que fazer um mea culpa e levar às últimas consequências, explicar para a sociedade, deve explicações para a sociedade. E, diante disso, trataram a Dilma muito mal, desde que começou esse rolo aí, sempre trataram mal.
Acho que vem de mais para trás, eles não queriam a Dilma candidata, não é?
CA – Não, embora não tivessem candidato. Eles não queriam a Dilma, mas não tinham candidato. Porque o único candidato que se apresentava eles também não queriam, que era o Tarso Genro. 

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Juiza mandar citar Edegar Preto no caso Evo Morales

A juiza Carmen Carolina Cabral Caminha, 2a. Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, desistiu de insistir na citação pessoal do deputado Edegar Preto, já que o oficial de justiça designato para o ato nunca consegue encontrá-lo.

Ele será citado por edital.

O deputado terá que se explicar no processo que lhe move o advogado Pedro Lagomarcino, que quer que ele volte atrás na decisão de conceder a Medalha do Mérito Farroupilha ao tiranete bolivariano Evo Morales.

Artigo, Marcos Lisboa, Folha - Vamos nos refugiar na casa de campo ?

O Brasil passa por uma grave crise fiscal. A dívida pública passou de 52%, em 2013, para 66%, em 2015, e pode chegar a mais de 90%, em 2020, na ausência de reformas estruturais. Nada que se compare à dramaticidade de seguidos bombardeios, mas a renda por habitante caiu cerca de 9%, e diversas políticas públicas terão que ser revistas se quisermos evitar uma trajetória insustentável da dívida. A alternativa será, nos próximos anos, a retomada da inflação crônica e seus prejuízos sociais.

Leia o artigo completo:

Londres foi bombardeada pela Alemanha por 57 noites seguidas a partir de 7 de setembro de 1940. A blitz durou oito meses. Cerca de 30 mil pessoas morreram e outro tanto ficou severamente ferido. Parte da elite inglesa deixou a capital para se refugiar em suas casas de campo.

O rei e a rainha, no entanto, optaram por permanecer no Palácio de Buckingham, bombardeado nove vezes, e visitar as áreas atingidas. O rei esteve com as tropas na frente de batalha e a família real recebeu cartões de racionamento como os demais cidadãos.

O Brasil passa por uma grave crise fiscal.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

.

Artigo, Hélio Schwartsman, Folha - O conluio das esquerdas com o corrupto governo Dilma Roussef

O artigo a seguir poderia ser dedicado ao escritor gaúcho Luiz Fernando Veríssimo, que neste domingo volta a defender Dilma. Faz isto de modo oblíquo, porque não tem mais coragem de defender abertamente os crimes cometidos pelos governos do PT, cujos principais líderes estão sendo investigados ou já foram denunciados, julgados e na cadeia. LFV parece ter perdido de vez qualquer pudor pela decência, vetor número 1 de quem tem princípios éticos e morais a preservar.


O que me surpreende nessa novela do impeachment é que a esquerda ainda defenda a desastrada gestão de Dilma Rousseff. 

O governo do PT meteu-se com esquemas pesados de corrupção e mostrou-se administrativamente incompetente. Alega-se que Dilma, como pessoa física, é honesta –com certeza mais honesta do que muitos dos que agora a condenam. Não duvido. Mas isso é muito pouco para transformá-la num modelo de virtude cívica. Ou bem a presidente é uma tonta, que não viu que pessoas ligadas ao partido e ao governo estavam se locupletando, ou então foi conivente com a corrupção. É verdade que os esquemas já existiam antes de ela chegar ao Planalto, mas a posição virtuosa aqui teria sido a de detoná-los publicamente, não tolerá-los em nome da governabilidade.

Para tornar o quadro ainda mais dramático, acho complicado até mesmo afirmar que as administrações do PT buscaram implementar políticas de esquerda. Parece mais preciso descrevê-las como populistas. Enquanto os ventos sopraram a favor, elas distribuíram benesses para todos –muito mais dinheiro foi destinado para empresários do que para os pobres, registre-se. 

Em 13 anos de governos petistas, pautas históricas da esquerda, como o direito ao aborto e a descriminalização das drogas, foram tratadas como tabu pelo Executivo.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

120 homens da Força Nacional de Segurança irão nesta terça para as ruas de Porto Alegre

Subcomandante da Brigada Militar, coronel Andreis Silvio Dal'Lago (Foto: Reprodução/RBS TV)


Os cerca de 120 servidores da Força Nacional de Segurança convocados para auxiliar no policiamento de Porto Alegre chegarão esta tarde a Porto Alegre (leia a seguir) e deverão atuar nas ruas pelo menos a partir da próxima terça-feira. A informação é do subcomandante da Brigada
Militar, coronel Andreis Silvio Dal'Lago.

"A previsão de chegada desse reforço será no domingo à tarde, e nós pretendemos fazer o emprego dessa tropa, em Porto Alegre, até terça-feira, com possibilidade de até o final da tarde da segunda-feira, nos já empregarmos esse efetivo", disse Dal'Lago.

Os servidores vão se juntar aos PMs que atuam na Operação Avante, que vem sendo realizada de forma permanente pela Brigada Militar desde o início do ano para combater o crime na Região Metropolitana de Porto Alegre.

O governo tinha pensado, inicialmente, em trocar os homens da FSN pelos soldados que guardam as penitenciárias.

Força Nacional de Segurança chegará daqui a pouco no RS

A Força Nacional de Segurança chegará esta tarde em Porto Alegre. A tropa cruzará a freeway Osório-Porto Alegre entre 16h e 17h.

Artigo, Luís Milman - O Impeachment e os porcos

Os quadros jurídicos petistas, capitaneados por José Eduardo Cardozo, estão preparando uma tentativa de salvação para Dilma Roussef, depois que ela for cassada definivamente pelo Senado. Ele pretendem recorrer ao Supremo Tribunal Federal para pleitear a anulação do julgamento do Senado, sob a alegação de que não houve fato típico no crime de responsabilidade atribuído à Dilma, ou seja, que não houve pedaladas fiscais e que os decretos suplementares foram editados na forma da lei. Eles chamam esta chicana de discussão do mérito do impeachment, sobre o qual o Supremo deverá se pronunciar e, sabe-se lá, talvez decidir pela anulação do julgamento do Senado. 

Os petistas vivem, de fato, naquela espécie de realidade paralela, esquizofrênica, na qual um sofisma pedestre adquire a força de um argumento jurídico consistente, especialmente entre acadêmicos militantes de espinha encurvada. É a especialidade deles. 

No mundo real é competência exclusiva do Senado julgar um presidente da República por crime de responsabilidade, mas parece que tanto a Constituição com a Lei 1079/50 são textos relativizáveis pela interpretação destes delirantes do PT. Julgar significa decidir sobre se houve a prática do crime e quais a sanções que serão aplicadas ao seu autor, previstas na lei.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

O Globo antecipa denúncia do MPF contra Lula no caso do sitio de Atibaia e do triplex do Guarujá

O jornal O Globo deste domingo antecipa a informação de que o ex-presidente Lula será denunciado pelo Ministério Público Federal ao juiz Sergio Moro por fatos relativos ao sítio em Atibaia (SP) e ao apartamento no Guarujá (SP).

Ele será réu de novo.

Esta semana, Lula foi denunciado pela PF por causa do triplex do Guarujá, tudo por corrupção, falsidade ideológica e formação de quadrilha. 

"Os procuradores da Operação Lava-Jato já estão preparando denúncia contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por supostos crimes cometidos em transações relacionadas ao tríplex do edifício Solaris, em Guarujá, e ao sítio em Atibaia, segundo disse ao GLOBO uma fonte que acompanha o caso de perto. Não está decidido, no entanto, se Lula será denunciado por corrupção passiva, ocultação de patrimônio ou lavagem de dinheiro, ou pelos três crimes em conjunto. Para investigadores, as provas são suficientes para apresentar acusação formal contra o ex-presidente à Justiça Federal, mesmo sem a propalada delação do ex-presidente da OAS Léo Pinheiro", diz reportagem de Jailton de Carvalho.

Se Lula vier a ser condenado por Moro e também na segunda instância, não poderá concorrer à presidência da República em 2018.


A defesa de Lula argumenta que ele não é dono dos imóveis e diz que Moro não tem competência para julgá-lo, uma vez que os imóveis se encontram em São Paulo, e não no Paraná, que é a jurisdição do juiz que conduz a Lava Jato.

A defesa nada diz sobre o conteúdo da denúncia.

Artigo, Mary Zaidan - A História descarta canastrões

Renan Calheiros acertou: o Senado virou um hospício. Não se trata mais de apreciar o impeachment de Dilma Rousseff, cujo placar foi antecipado pelos julgadores ao longo do processo e, com mais precisão, na sessão de pronúncia. Durante essa fase de julgamento, iniciada na quinta-feira, o que se quer é holofote e, se possível, escrever o nome na História. Nem que seja no rodapé.

Para tal, não se medem esforços e muito menos palavras. A maior parte delas não recomendável para menores. Bate-bocas sem fim, xingamentos, baixarias vexaminosas.

Ensandecidos, acusadores e defensores do mandato da presidente afastada se engalfinharam em troca de acusações que nem de longe se aproximavam do mérito da questão.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Dilma volta a comparar-se a Getúlio, Jânio e Jango

CLIQUE AQUI para ler artigo de Celso Ming, "Dilma será cassada pelo conjunto da obra".

Às vésperas de comparecer perante os juízes que julgam os crimes que cometeu no governo, eis o que declarou Dilma Roussef:

- Hoje eu não tenho de renunciar, não tenho de me suicidar, não tenho de fugir para o Uruguai.

Ainda.

As declarações de Dilma saíram em referência a presidentes que tiveram mandatos interrompidos: Getúlio Vargas, Jânio Quadros e João Goulart - nenhum deles expurgados por crimes cometidos durante seus governos.

A única comparação possível, a de impichada, é com Fernando Collor de Melo, curiosamente seu convidado para o almoço da última quinta-feira.

Panelaço acompanhará Dilma nos primeiros cinco minutos da sua fala no Senado

Se as redes sociais estiverem certas, haverá panelaço durante os 5 minutos iniciais da fala de Dilma, amanhã, no Senado.

As convocatórias já inundam a Web.

Dilma falará as 9h, durante 30 minutos.

A idéia é usar os 5 primeiros minutos para bater panelas, mas quem quiser e tiver forças, poderá fazer isto durante meia hora ou também nos 5 minutos finais.

Depois de cassada, Dilma virá ajudar Raul Pont em Porto Alegre

Assim que for cassada pelos crimes que cometeu durante o seu governo e tiver seus direitos políticos cassados por oito anos, Dilma Roussef embrulhará suas trouxas e voltará para Porto Alegre.

Ela virá disposta a participar ativamente da campanha de Raul Pont, candidato a prefeito pelo PT.

Seu ex-ministro, o ex-vice-governador Miguel Rosseto, já disse que Dilma será cabo eleitoral da maior importância para o candidato.

Bradesco já cobra juros anuais de 328,41% nos cheques especiais

Juros anuais de cheque especial do Bradesco, segundo comunicado recebido pelo editor:

328,41%.

E com viés de alta.

Tropas da Força Nacional de Segurança já estão no RS

O comboio da Força Nacional de Segurança acaba de passar por Torres em direção a Porto Alegre.  São 120 homens armados até os dentes e acostumados a confrontos com bandidos sanguinários.

A força que chegará as 16h30min em Porto Alegre foi treinada em troca de tiros com os assassinos do Morro do Alemão, Rio.

Dilma falará as 9h e na própria segunda-feira será cassada

O julgamento de Dilma Roussef entrará na sua fase final nesta segunda-feira, 9h, quando a palavra será franqueada para que a ex-presidente defenda-se. Dilma levará 20 convidados. Um deles poderá ser Chico Buarque, que ainda não confirmou presença.

Ela tem feito muito midia training no Palácio do Alvorada

Os jornalistas da Globo garantem que Dilma fará um discurso em tom emocional, destinado a dar satisfações ao público interno e à história escabrosa do PT.

Dilma ensaia até chorar no final do discurso, no que poderá ser acompanhada pelas senadoras Vanessa Grazziotin, Gleisi Hoffman e Lindenbergh Farias.

Os senadores poderão fazer perguntas para a presidente afastada. Neste domingo, os governistas terão reunião para ajustar as questões que levarão ao plenário.

Depois que os senadores e advogados também se pronunciem, ela será cassada e mandada para casa -condenada pelos crimes que cometeu no governo.

CLIQUE AQUI para ler "Cena de cinema", Dora Krammer.

Domingo será abafado e com chuvas no RS

 MetSul Meteorologia, avisou que chove desde cedo no Oeste e no Sul do Rio Grande do Sul, com pancadas fortes e temporais em pontos isolados. Nas demais regiões o sol apareceu com nuvens de manhã com forte aquecimento e sensação de abafamento.

No decorrer do dia a frente fria avançará pelo Estado. Chuvas poderão ser localmente forte e ainda com risco de alguns temporais de raios, vento forte e queda de granizo.


Segundo a MetSul, Porto Alegre registrou temperatura de 34,3ºC neste sábado. Neste domingo, as marcas variarão entre 17ºC e 30ºC na Capital. 

Sartori prestigia Cairoli e provoca ciumeiras dentro do governo

Já há ciumeira dentro do governo Sartori, em função do protagonismo que passou a ter o vice-governador José Cairoli.

Cairoli vem sendo prestigiadíssimo por Sartori, até porque o vice não faz um só movimento sem ouvi-lo antees de agir e de falar.

Dilma falará as 9h e na própria segunda-feira será cassada

Ao lado, a lista dos oradores inscritos para interrogar Dilma. Ana Amélia é a segunda.

O julgamento de Dilma Roussef entrará na sua fase final nesta segunda-feira, 9h, quando a palavra será franqueada para que a ex-presidente defenda-se. Dilma levará 20 convidados. Um deles poderá ser Chico Buarque, que ainda não confirmou presença.

Ela tem feito muito midia training no Palácio do Alvorada

Os jornalistas da Globo garantem que Dilma fará um discurso em tom emocional, destinado a dar satisfações ao público interno e à história escabrosa do PT.

Dilma ensaia até chorar no final do discurso, no que poderá ser acompanhada pelas senadoras Vanessa Grazziotin, Gleisi Hoffman e Lindenbergh Farias.

Os senadores poderão fazer perguntas para a presidente afastada. Neste domingo, os governistas terão reunião para ajustar as questões que levarão ao plenário.

Depois que os senadores e advogados também se pronunciem, ela será cassada e mandada para casa -condenada pelos crimes que cometeu no governo.

José Padilha diz que defender políticos corruptos é trabalhar contra a democracia

O manifesto a seguir não foi lido na abertura do Festival de Gramado, onde Sônia Braga e seus sequezes do Aquarius gritaram "Fora Temer", "Viva Lula" e "Viva Dilma".

- Defender políticos sabidamente corruptos por questões ideológicas, –ou para não dar o braço a torcer– é trabalhar contra a democracia. Aqueles que não têm a grandeza de espírito para colocar a lisura do jogo democrático à frente das preferências ideológicas lutam pela escravidão pensando estar lutando pela liberdade."


JOSÉ PADILHA, 48, cineasta

Incêndio assusta Porto Alegre na madrugada deste domingo

Foto via WhatsApp, 00h:25min

Um incêndio de grandes proporções atingiu nesta madrugada uma residência na Rua Quintino Bocaiuva, Porto Alegre. O fogo começou no final da noite deste sábado, por volta das 23h30min.


No momento do incidente, não havia nenhum morador no local. As causas do incêndio ainda são desconhecidas.

Uma guarnição de três carros de bombeiros foi ao local e debelou o fogo.

Artigo, Carlos Brickmann - Filme triste

Gleisi Hoffmann sempre conviveu bem com os demais senadores, Lindbergh Farias há muitos anos faz o tipo de bom moço, Lula já desistiu faz tempo de tentar salvar o mandato de Dilma (hoje, tenta salvar sua pele e a de sua família). Luzes, câmera, ação! Gleisi passa a ofender seus colegas aos gritos, Lindbergh vai para cima de Ronaldo Caiado, Lula manda preparar o jatinho que o levará a Brasília para usar seu prestígio na tentativa de convencer senadores a mudar de posição e votar contra o impeachment (e a tempo de ouvir o discurso de despedida da companheira Dilma). A vida imita a arte - e todos desempenham seus papéis no filme "Impeachment", encomendado pelo PT à cineasta Petra Costa. Tudo o que for dito e realizado contra o impeachment aparecerá no filme; atos e vozes em favor do impeachment sofrerão impeachment, e ficarão fora do filme.

É para aparecer bem no filme que Dilma fará um discurso emocional, talvez com choro no fim. Congela-se a imagem logo após uma declaração de amor ao Brasil, à democracia, à justiça social. Sobre a imagem congelada, um texto em letras bem grandes dirá que a democracia perdeu uma batalha, mas Dilma e Lula continuarão lutando para restabelecê-la no Brasil. A última cena talvez traga local e data. Quem assistir, vestido de vermelho, gritará algo como "A luta continua" ou "No pasarán".


Sempre que essa expressão for usada, saiba que já passaram.