quarta-feira, 29 de junho de 2016

Fiergs já senta na mesa com o governo Temer

O presidente da Fiergs ainda não está tão animado quanto esteve durante o governo da ex-presidente Dilma Roussef, de quem costumava beijar as mãos, mas o sr. Heitor Muller já se atreve a sentar na mesa com ministros do governo Temer.

E até os elogia.

Heitor Muller esteve na reunião do ministro Meirelles, semana passada, com empresários brasileiros.

"Saí do encontro um pouco menos triste", disse o presidente da Fiergs, depois da reunião.

O sr. Heitor muller nunca esteve triste durante os anos de desordem econômica e fiscal do governo Dilma Roussef.

Abriu em Canoas a empresa de corte e dobra de aço de R$ 6 milhões, a Cesalon

Já está operando o Centro de Serviços em Aços Longos, Cesalon, empresa de corte e dobra de aço aberta na segunda-feira em Canoas, RS.

O invetimento somou R$ 6 milhões.

São sócios os emprendedores gaúchos Clebson Pereira, matheus Silva e Vinicius Mendes.

Estadão atualiza placar do impeachment

A favor
38
Contra
18
Não quiseram responder
19
Indecisos
6

São 81 senadores e com 54 Dilma Roussef será cassada.

Ministro do STF manda soltar Paulo Bernardo, petista preso há 6 dias

Nas redes sociais, Toffoli é criticado abertamente. As postagens aproveitam para reforçar a convocatória por novos protestos de rua, dia 31 de julho.

CLIQUE AQUI para ler, também, "Teoria e prática do lulopetismo", editorial do Estadão de ontem.

O ministro José Antonio Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta quarta-feira a revogação da prisão preventiva do ex-ministro Paulo Bernardo (PT). Em sua decisão, o magistrado considerou que a detenção do petista foi um "flagrante constrangimento ilegal" e, por isso, concedeu habeas corpus de ofício em favor do ex-chefe do Planejamento e das Comunicações nos governos Lula e Dilma. Embora tenha acolhido pedido da defesa de Bernardo, Toffoli rejeitou suspender as investigações da Operação Custo Brasil, como queriam os advogados.

Dias Toffoli mandou a Justiça de SP considerar medidas de restrição à luiberdade do ex-ministro, como meduida alternativa, no caso o uso de tornozoleira eletronica.

Segundo Toffoli, o juiz Paulo Bueno de Azevedo, que determinou a detenção do ex-ministro, se baseou em "conjecturas" para autorizar a prisão.

CLIQUE AQUI para examinar reportagem do site da revista Veja, que explica melhor as razões do ministro Dias Toffoli.

Temer anunciou reajuste de 12,5% no programa Bolsa Família

Nesta quarta-feira, em cerimônia no Palácio do Planalto, o presidente interino Michel Temer anunciou o reajuste de 12,5% no programa Bolsa Família e autorizou a liberação de R$ 700 milhões para educação básica e superior. 

Durante o discurso, Temer alertou ainda que, recentemente, o governo abriu 75 mil novas vagas no Fies, “um programa que alardeava-se que pretendíamos extinguir. Ao contrário, o que fizemos foi ampliá-lo”, ressaltou.

Artigo, Astor Wartchow - Mediocridade e fascismo

As recentes ocupações, depredações e violações do espaço público da educação em vários pontos do país apenas confirmam o que já se sabia e previa.

Ou seja, o estrago causado pela demagogia e hegemonia político-ideológica adquiriu proporções gigantescas e  incontornáveis.

Em meus artigos sempre utilizei a expressão "autodenominados partidos de esquerda" porque tais grupos não são de esquerda. São uma deturpação dos ideais da verdadeira e histórica esquerda nacional.

A recente experiência de poder, e consequente populismo, soberba, arrogância e corrupção sistêmica, revelou sua face e prática fascitóide.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Artigo, Astor Wartchow - Mediocridade e fascismo

As recentes ocupações, depredações e violações do espaço público da educação em vários pontos do país apenas confirmam o que já se sabia e previa.

Ou seja, o estrago causado pela demagogia e hegemonia político-ideológica adquiriu proporções gigantescas e  incontornáveis.

Em meus artigos sempre utilizei a expressão "autodenominados partidos de esquerda" porque tais grupos não são de esquerda. São uma deturpação dos ideais da verdadeira e histórica esquerda nacional.

A recente experiência de poder, e consequente populismo, soberba, arrogância e corrupção sistêmica, revelou sua face e prática fascitóide.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Governo Sartori pagará salários novamente a prestações

O governo Sartori anunciará hoje que pagará os salários de junho a prestações.

De novo.

O governo não sabe quando acabará com esta via cruccis.

Artigo, senador Lasier Martins, Jornal do Comércio - Quando chega o helicóptero

No sentido relógio, Gleisi chora na tribuna do Senado, mesmo sem ter sido presa, ainda; PF saindo do apartamento da senadora; o maridão, Paulo Bernardo, sendo embarcado para a cadeia da PF em São Paulo.

Quando o helicóptero sobrevoa à baixa altura o condomínio dos senadores, na Superquadra 309 Sul, em Brasília, já se sabe, lá vem visita surpresa a algum dos apartamentos funcionais. E começa o ritual já rotineiro nestes tempos de Operação Lava Jato, Zelotes, Custo Brasil e Pixuleco. O helicóptero circula lá em cima, controlando o movimento da operação, enquanto por terra vai chegando o comboio de viaturas da Polícia Federal. Os agentes descem rápido, alguns tomam o elevador, outros ficam por baixo e o espetáculo cinematográfico se completa com a chegada do séquito pré-avisado de jornalistas, cinegrafistas, fotógrafos, mantidos à distância, mas na expectativa de focar a figura pública que vai sair conduzida.

Do meu apartamento funcional, despertado pelo helicóptero, vizinho do visitado, acompanho decepcionado e pensativo sobre mais um episódio escandaloso desta época histórica de faxina na política e nas gestões públicas. A que ponto chegou a degradação causada por ambições de poder e por posse do dinheiro público.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Renan e Dilma confabularão as 14h30min no Alvorada

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), investigado em inquéritos abertos no âmbito da Lava Jato, encontra-se nesta quarta-feira, 29, com a ex-presidente Dilma Rousseff, que responde por crime de responsabilidade no Senado.

Conforme a informação da assessoria de Renan, o encontro dos dois será às 14h30 no Palácio do Alvorada. Encontro dos dois ocorre um dia depois de Renan ter oferecido um jantar ao ministro interino da Fazenda, Henrique Meirelles, para "sintonizar" o Senado com a pauta do governo de Michel Temer

Apartamentos de luxo poderão complciar a situaão de Gleisi Hoffmann, atolada na Lava Jato

Na segunda-feira, Gleisi chorou da tribuna do Senado, ao lembrar da prisão do marido e pai dos seus filhos. Esposa exemplar, mãe amorosa, a heroína do povo brasileiro, segundo o PT, tem muito a explicar ao MPF, PF e Justiça Federal. 


No dia 26 de setembro do ano passado, a revista Veja levantou mais uma suspeita sobre Gleisi e Paulo Bernardo. O ex-vereador Alexandre Romano, acusado de repassar R$ 6 milhões para o advogado de Gleisi, comprou um apartamento de luxo em Miami, por R$ 671 mil. A Polícia Federal suspeita de que Romano seja o “laranja” nessa compra.

Os procuradores da Operação Lava-Jato e a Polícia Federal estão debruçados sobre declarações de bens da senadora Gleisi Helena Hoffmann (PT-PR) entregues à Justiça Eleitoral e a compra de quatro apartamentos – um deles da Camargo Corrêa, empreiteira que repassou R$ 1,5 milhão à petista – e investigam ainda se petista e o marido Paulo Bernardo são donos de outro apartamento de luxo em Miami (EUA), comprado por US$ 671 mil – algo em torno de R$ 2,6 milhões no câmbio de hoje. Há ainda a suspeita de que o casal mantenha outro imóvel de luxo no litoral do Paraná.

As revelações são do jornal Bem Paraná, de Curitiba (CLIQUE AQUI para ler toda a reportagem). 

Leia mais:

Três dos quatro apartamentos entram e saem das declarações de Gleisi. Quando apresentou sua declaração de bens antes da disputa ao governo do Paraná, em 2014, o patrimônio da petista estava em determinado patamar, mas com o tempo deu um salto considerável: de R$ 479,8 mil em 2006 (quando se candidatou pela primeira vez ao Senado) para R$ 1,4 milhão – crescimento é de 200%. O patrimônio cresceu mesmo sem a petista trabalhar por quatro anos entre 2006 e 2010.

Em 2014, a petista declarou R$ 1.443.613,66 de patrimônio: apartamento da Silva Jardim (R$ 245 mil), um apartamento luxuoso no Residencial Quartier na Rua José Cadilhe (R$ 1.110.113,66). O que se levanta suspeição é que o apartamento do Residencial Quartier, que ocupa um quarteirão no bairro Água Verde, em Curitiba, é um empreendimento da Camargo Corrêa e o primeiro e único construído pela empresa em Curitiba. E a empreiteira foi principal financiadora de duas campanhas de Gleisi: em 2008 repassou R$ 500 mil e em 2010, mais R$ 1 milhão.

Outro fato curioso nas declarações de bens de Gleisi é que a petista se declara divorciada, apesar de casada com o ex-ministro das Comunicações, Paulo Bernardo (PT) e mãe de dois filhos.

PT "pediu" R$ 30 milhões da Andrade Gutierrez para pagar dívidas de campanha

Ao lado, safra anterior de investigados, denunciados, julgados, condenados e até de delatores que revelaram as ações criminosas do PT e de líderes do PT. O que assombra é a sem cerimônia com que candidatos do PT apresen tam-se para disputar as eleições deste ano, mesmo sabendo de todos os crimes do Partido.


A situação legal do PT fica cada dia mais complicada. O Partido não escapará da proscrição, já que é de novo apontado como organização criminosa. 

O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto pediu à Andrade Gutierrez o pagamento de uma dívida de 30 milhões de reais da campanha do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT). O valor teria sido cobrado também de mais cinco construtoras, revelou Flávio Gomes Machado Filho, ex-diretor da empreiteira, em delação premiada na Operação Lava Jato:

- Em 2013, o PT, por meio de João Vaccari Neto, tesoureiro do partido, solicitou à Andrade Gutierrez o pagamento de uma dívida do partido referente à campanha de Haddad à Prefeitura de São Paulo.

Ele afirmou isto em depoimento no dia 25 de fevereiro, na Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília.

"A dívida era de 30 milhões de reais. Também houve a solicitação do pagamento a outras cinco empresas, de modo que ficariam 5 milhões de reais para pagamento pela Andrade Gutierrez." Vaccari está preso. Dono da UTC Engenharia, Ricardo Pessoa - primeiro grande empreiteiro a fazer delação premiada - já confessara, no ano passado, que chegou a pagar uma despesa de 2,4 milhões de reais da campanha do petista.

CLIQUE AQUI para ler reportagem de Veja de hoje sobre a nova delação.

Bradesco acha que taxas de juros começarão a cair em outubro

O pessoal do Departamento de Estudos e Pesquisas Econômicas do Bradesco, dirigido por Octavio de Barros, diz esta manhã nos eu informe diário que o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) do segundo trimestre, divulgado ontem pelo Banco Central (BC), trouxe várias condicionantes para o início da redução da taxa de juros. 

Leia o informe:

Mesmo entendendo que “o cenário central não permite trabalhar com a hipótese de flexibilização das condições monetárias”, acreditamos que ao longo dos próximos meses crescerão evidências de avanço favorável da política fiscal, do arrefecimento da inflação (diante da dissipação do choque temporário de alimentação) e da queda das expectativas de inflação, favorecida pela apreciação da taxa de câmbio. Dessa forma, reavaliamos nossa expectativa em relação ao momento do primeiro corte da Selic, passando de agosto para a reunião de outubro. Assim, a Selic deverá encerrar este ano em 13,25%. Mantemos, contudo, o ciclo total de afrouxamento inalterado, o que significa dizer que a taxa de juros terminará 2017 em 10,25%. 

CLIQUE AQUI para saber mais. O editor recomenda leitura atenta. 

Servidores de Porto Alegre continuam greve

Os servidores municipais de Porto Alegre prosseguem em greve.

Greve do Cpers paralisa escolas estaduais há 46 dias

A greve dos professores públicos estaduais gaúchos entra hoje no seu 46o dia.

PT quer fazer vaquinha para ajudar a pagar viagens de Dilma

Depois das vaquinhas feitas para aliviar as finanças de bandidos petistas como Zé Dirceu, o PT prepara nova vaquinha, desta vez para Dilma Roussef.

A heroína do povo brasileiro quer viajar, mas não quer gastar do próprio bolso.

Sem pagafr nada, como se sabe, Dilma só pode usar aviões da FAB para Porto Alegre.

A ex-presidente continua ativa e já prepara uma Carta ao Povo Brasileiro II, devendo fazer o lançamento em reunião plena com os dirigentes do PT que ainda não foram presos como corruptos.

LDO aprovada, Sartori prepara pacote para segurança pública

As únicas dissidências na votação de ontem da nova Lei de Diretrizes Orçamentárias, LDO, enviada à Assembléia do RS pelo governador Sartori, foram dos deputados Enio Bacci e Eduardo Loureiro, ambos do PDT.

A base do governo está afinadíssima.

A aprovação da LDO era condição imposta por Sartori para anunciar um pacote de mudanças na área da segurança pública, o que poderá acontecer amanhã.

Padilha vai depor amanhã na Justiça Federal de Canoas

O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, será ouvido amanhã pela 12a. Vara da Justiça FEderal, Canoas, em ação civil pública de improbidade na qual é réu.

O juiz do caso, Felipe Leal, recusou o pedido do ministro para que a oitiva fosse transferida.

A ação foi movida pelo Ministério Público Federal em Canoas.

O ministro disse que a ação judicial usou grampos não autorizados e por isto é nula de pleno direito.

Use este site do Sindicato Médico do RS para calcular se vale a pena aderir ao Plano Pessoa Jurídica do IPE

O Sindicato Médico do RS, m ais Amrigs e Cremers, desenvolveram um simulador para ajudar os médicos a calcularem com exatidão se vale ou não a pena aderirem ao Plano Pessoa Jurídica do IPE.

A ferramenta está nos sites www.amrigs.org.br, www.simers.org.br e www.cremers.org.br

Sem tomar partido, Simers, Amrigs e Cremers reclamam, no entanto, da imediata correção dos valores pagos aos médicos pelo IPE, porque eles estão congelados desde 2011.

Festa de R$ 200 mil que teve animação do Porta dos Fundos foi feita com dinheiro da Lei Rouanet

Ao lado, cartaz de filme com o humorista.


Um dos investigados pela Polícia Federal na Operação Boca Livre, Demarest Almeida contratou Fábio Porchat para festa, revelou o site da revista Época, conforme reportagem de Daniel Haidar.

Entre as fraudes descobertas pela Polícia Federal na Operação Boca Livre, que cumpriu 14 mandados de prisão nesta terça-feira, dia 28, está a festa de aniversário do Demarest Almeida, um dos mais prestigiados escritórios de advocacia do país. A banca contratou show do humorista Fábio Porchat, do grupo Porta dos Fundos, para animar a comemoração de seus 68 anos, no começo deste mês. De acordo com a investigação, houve uso indevido de financiamento da Lei Rouanet.

Uma auditoria da Receita Federal comprovou que o escritório deduziu do Imposto de Renda a quantia empenhada no projeto. A comemoração custou cerca de R$ 200 mil. Nesta terça-feira, policiais federais estiveram na sede do Demarest em São Paulo para cumprir mandado de busca e apreensão. 
Em nota, a assessoria do Demarest diz que “o objetivo da visita [da Polícia Federal] foi a solicitação de documentos e informações relacionados a empresas de marketing de eventos que prestaram serviços ao escritório no âmbito da Lei Rouanet. Tais empresas são alvo da operação. O escritório enfatiza que não cometeu qualquer irregularidade e informa que colaborou e continuará a colaborar com a investigação”.

Fábio Porchat não é investigado nem há qualquer indício de que soubesse da origem do dinheiro. 

CLIQUE AQUI para ler mais.

Senado vota hoje a MP que abre capital estrangeiro no capital das companhias aéreas nacionais

O Senado adiou para esta quarta-feira a votação da Medida Provisória 714/2016, que libera totalmente a participação estrangeira no capital de companhias aéreas nacionais. Atualmente, as empresas externas detêm apenas 20% do capital brasileiro. A MP, após acordo com o governo, foi aprovada na Câmara dos Deputados com ressalvas que garantem o emprego dos aeronautas no Brasil, como a obrigatoriedade de manter tripulantes brasileiros em aeronaves nacionais ou de intercâmbio e em voos internacionais com direito de tráfego brasileiro.

Nesta terça, os aeronautas fizeram uma mobilização no Senado em busca da aprovação da MP. 

Dia será nebuloso, pouco sol no RS e temperatura amena no RS

Muitas predominam esta manhã no Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre, 8h, a cerração chegava novamente ao pé do chão.  Durante o dia, o sol aparecerá em meio à nebulosidade, porém a chuva chega em alguns pontos do Oeste, Sul e Centro do Estado. O dia começa com nevoeiro na madrugada e se estende pela manhã. Em diversas áreas, a cerração vai tardar a se dissipar e pode permanecer ao longo da quarta. O frio diminui e durante a tarde, o clima será ameno.

A previsão de temperatura para Capital é de 11ºC e não deve ultrapassar os 18ºC. São José dos Ausentes, a temperatura mínima chega aos 5ºC. Em Santa Rosa, o dia será quente com a máxima se aproximando dos 25ºC.

Ex-Miss Brasil, Fabiane Niclotti, 31 anos, foi encontrada morta em Gramado

Miss Brasil 2004, a gaúcha Fabiane Niclotti, foi encontrada morta na noite desta terça-feira em seu apartamento no bairro Bela Vista, em Gramado, na Serra do RS. Uma familiar acionou a Brigada Militar, que foi ao local onde ela morava. Os policiais militares localizaram o corpo deitado de bruços.

De acordo com o delegado Gustavo Barcelos, que comanda as investigações, o corpo não apresenta sinais de violência. O Instituto Geral de Perícias (IGP) foi acionado para apurar as circunstâncias da morte.

Um familiar disse para a polícia que Fabiane tinha crises de depressão.

Ela não era casada.

Natural de Gramado, Fabiane tinha 31 anos.

Fabiane Niclotti morava na cidade. 

terça-feira, 28 de junho de 2016

Assembléia do RS aprova LDO que congela salários e despesas dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário

CLIQUE AQUI para examinar a proposta de LDO.

A Assembleia Legislativa do RS aprovou, na tarde desta terça-feira, o PL 108 2016, que dispõe sobre a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para o exercício econômico-financeiro do Estado de 2017.
Na Comissão de Finanças, Planejamento, Fiscalização e Controle, na última quinta-feira, o parecer do relator à LDO, deputado Gabriel Souza (PMDB), foi aprovado com nove votos favoráveis e dois contrários e manteve a intenção do governo José Ivo Sartori em continuar a política de ajuste fiscal e o limite de 3% nas despesas com pessoal.

O Poder Judiciário protestou, exigiu mais debate e mudanças, mas não foi atendido.

Na Comissão de Finanças o projeto recebeu 96 emendas de parlamentares, entidades e da própria Comissão de Finanças. Destas, à exceção das cinco emendas da Comissão, 70 receberam parecer contrário do relator, uma foi retirada, sete foram prejudicadas e 13 encaminhadas como emendas indicativas ao Executivo.


Em plenário, foram votadas e aprovadas em bloco, através de requerimento de preferência do líder do governo, Gabriel Souza, apenas as cinco emendas com parecer favorável, da Comissão de Finanças, as 13 indicativas ao Executivo e o texto da LDO.