Carla Zambelli denuncia ministro Alexandre Moraes: "Ele é ligado ao PCC"

A deputada Carla Zambelli denunciou, hoje, o ministro Alexandre Moraes.

O que ela disse, esta manhã, na Rádio Jovem Pan:

- Sobre o Alexandre de Moraes, me desculpa, mas às vezes acredito que a ligação dele com o PCC era verdadeira.

A deputada estava criticando o inquérito ilegal conduzido pelo ministro e tudo para investigar, denunciar e julgar pessoas envolvidas em casos de fake news.

Mourão confirma articulação de Bolsonaro para formar base mais sólida no Congresso

O general Hamilton Mourãom, vice-presidente, em live com a consultoria Arko Advice, atribuiu à pandemia o que ele chamou de “nova forma de diálogo” com o Congresso.

O diálogo é uma composição com franjas do Congresso, com ênfase para alguns Partidos do Centrão, como MDB, PTB, PSD e PR, mas não só, como o editor adiantou na semana passada, e envolve cargos na administração federal.

Mourão afirmou que Jair Bolsonaro, assim como outros presidentes, teve que fazer “uma aproximação, digamos assim, mais acirrada junto aos partidos políticos”. E avisou:

- De modo que ele [Bolsonaro] construa uma base que lhe dê uma certa estabilidade para tentar aprovar aquilo que nós julgamos necessários.

Brasil contabilizxa 338 mortes em 24 horas. No total, já são 4.543 mortes

O número de mortes nas últimas 24 horas foi de 338. No dia anterior havia sido 189. É o 15º dia consecutivo com mais de 100 mortes confirmadas por dia.

São 4.543 óbitos no Brasil e 4.512 em Hubei, que é uma cidade e não um País. Hubei é a capital da província de Wuhan. 

O primeirol caso de vírus chinês no Brasil foi registrado em 26 de fevereiro de 2020. A primeira morte, em 15 de março de 2020.

No Sul, o RS não é mais o Estado com menor número de infectados. Veja tabela acima.

Piccadily fecha fábrica, reduz operações e demite 800 trabalhadores

Alegando a crise produzida pela pandemia do vírus chinês, a indústria calçadista gaúcha Piccadily decidiu fechar a sua fábrica de Santo Antonio da Patrulha e fechar as operações de costura da sua matriz, em Igrejinha.

800 trabalhadores estão sendo demitidos.

Grupo calçadista Beira Rio demitiu 1.500 trabalhadores

A indústria calçadista gaúcha Beira Rio demitiu 1.500 trabalhadores das suas fábricas de Igrejinha, Sapiranga, Novo Hamburgo, Osório e Teutônia.

Folha dos servidores do Executivo do RS começará a ser paga amanhã, mas último pagamento só sairá no último dia de abril

No final de abril, a Folha restante de março acavalará com o início dos pagamentos da Folha de abril.

O governo do Estado pagará, amanhã, outra parcela da folha de março aos servidores do Executivo. O valor será de R$ 2,5 mil.

Calendário restante:

31/3: pagamento integral de salários para quem ganha até R$ 1,5 mil; depósito da 3ª parcela do 13º salário de 2019 para todos os servidores
13/4: parcela de R$ 1,5 mil
14/4: parcela de R$ 4 mil
28/4: parcela de R$ 2,5 mil
30/4: valor restante

Marchezan Júnior vai distribuir cartões para pobres comprarem alimentos durante a pandemia

O prefeito Nelson Marchezan Jr anunciou que a prefeitura vai fornecer um cartão para pessoas vinculadas ao cadastro único para compra exclusiva de alimentos durante a pandemia do novo coronavírus. O pacote de bondade também fala em cestas básicas.

No seu Faceboo, o prefeito disse que são mais de 250 mil porto alegrenses que poderão ter acesso ao serviço.  Ele explicou:

- É muito importante atender esta população com alimento. Com o cartão, a pessoa vai ter a possibilidade de fazer as suas próprias compras.

O cartão não valerá para supérfluos e não poderá ser trocado ou passado adiante.

O prefeito informou que Porto Alegre possui "milhares de invisíveis", que não estão vinculados a algum programa social e que a prefeitura pretende ir atrás destas pessoas para poder amparar nesta crise do coronavírus:"Vamos ser caçadores de invisíveis e ser aptos a recebê-los e organizar uma estrutura para dar aquilo que eles precisam".

Lava Jato denuncia ex-gerente do BB que lavava dinheiro para doleiros

A força-tarefa da Lava Jato no Paraná denunciou hoje ex-gerente do Banco do Brasil José Eiras, por facilitar, entre 2011 e 2014, lavagem de ao menos R$ 9 milhões na instituição, em favor dos doleiros Raul Srour e Carlos Arturo.

O ex-gerente levou R$ 551,3 mil de propina.

Todos são acusados de organização criminosa, corrupção, lavagem de dinheiro e gestão fraudulenta de instituição financeira.

Segundo a denúncia, Eiras abria contas bancárias em nome de empresas de fachada e impedia que as movimentações fossem notificadas ao Coaf. Uma empresa foi aberta em nome de familiares para facilitar a lavagem

Saiba por que Bolsonaro devorou Sérgio Moro

Este comentário do editor bateu o recorde de tempo usado, 18min32s, mas de qualquer modo chamou a atenção de 71.466 dos 141 mil inscritos no canal do You Tube, com cravados 1.911 comentários, o que é um recorde histórico. O editor também recebeu centenas de mensagens pelo e-mail polibio@polibiobraga.com.br e pelo WhatsApp 51.9-8434.4403. Nem  todas aceitaram os argumentos expostos no comentário, mas a enorme maioria dos que ouviram, prestaram muita atenção aos fatos apresentados, todos eles resultado de intensa pesquisa, muita maturação e cabeça fria.

56,3%, a grande maioria, acham que Moro deve ser candidato a presidente em 2022, mostra pesquisa do Instituto Paraná

Ao tentar saber se o eleitor brasileiro acha que Sérgio Moro deve ou não ser candidato a presidente em 2022, a grande maioria considera que ele deve ser candidato, sim.

Eis os números:

Deve ser candidato, 56,3%
Não deve, 36,6%
Não sabe ou não opinou, 7,1%

As respostas favoráveis a Moro são surpreendentemente maiores no Nordeste (53,5%) do que no Sul, sua menor percentagem (55,6%).

Os homens são os que mais apoiam o ex-juiz (58,7% contra 54,1%). O apoio é parecido em todas as faixas de idade, mas é maior na casa do pessoal de meia idade. Quanto maior o índice de escolaridade, maior o apoio. No caso dos pobres e ricos, o apoio é parecido (56,8% entre os que trabalham e 55,3% entre os que não trabalham).

Pesquisa do Instituto Paraná demonstra que 56,5% acham que governo perde muito com a saída de Moro

A pesquisa entregue há pouco ao editor pelo Instituto Paraná, demonstra que a imensa maioria dos brasileiros acham que o governo Bolsonaro perde muito com a saída de Moro.

Estes números fecham com a pesquisa desta manhã da XP, publicada logo mais abaixo.

Eis os números:

Perde muito, 56,5%
Perde pouco, 22%
Não perde nada, 18,6%
Não sabe ou não opinou, 3%

Maioria (48,9%) dos brasileiros acham que Moro acertou ao ir embora, diz Paraná Pesquisas

Os brasileiros mostram-se divididos entre os que acham que Moro acertou ao pedir demissão (48,9%) e os que acham que ele errou ao deixar o governo (46,3%).

É o que mostra pesquisa de opinião público que o Instituto Paraná acaba de enviar ao editor. Eis a pergunta e as respostas:

O senhor Sérgio Moro acertou ou errou em deixar de ser ministro do presidente Bolsonaro ?

Acertou, 48,9%
Errou, 46,3%
Não sabem ou não opinaram, 4,8%

As mulheres, ao contrário dos homens, acham que Moro errou (48,1% contra 46,3%). Também os de mais baixa escolaridade ficam com Bolsonaro (51,4% contra 42,9%), como também os nortistas (50% contra 49,4%).

Os brasileiros  de todas as idades pobres ou ricos, e das demais regiões, ficam com Moro.

Todas as percentagens, para os dois lados, são bem equilibradas.




Dica ao editor - Os programas ao vivo da internet vieram para ficar ?

Com a quarentena, as empresas viram uma oportunidade única de impulsionar as transmissões ao vivo pela web. Mas o fenômeno das lives veio para ficar?

CLIQUE AQUI para saber qual é a resposta a esta questão. É reportagem da revista Exame.

Artigo Felipe Camozzato - A prudência é aliada do tempo, senhor da razão

- O autor é vereador de Porto Alegre (Partido NOVO)

Tensão, ansiedade, medo, desconfiança, decepção. Acho que todos estamos sofrendo de algumas destas condições (com exceção da esquerda radical, que está vivendo um lapso de esperança e êxtase). Enquanto nossa cabeça clama pelo esclarecimento da situação, nosso coração tende a pular rapidamente pra uma conclusão. Aqui, faço um convite para a prudência.

O Brasil teve em Moro e Bolsonaro duas figuras que romperam com um histórico de poder e de monopólio das virtudes. Caiu o PT, prenderam-se corruptos de diversos partidos, e prendeu-se alguns dos maiores empresários e figurões do país. Chegamos, então, ao governo Bolsonaro e ao Ministro Sérgio Moro: duas pessoas que erram e acertam, como quaisquer outras, e das quais não devemos tentar apagar os passados.

Sobre a situação atual, entendo que por enquanto ainda estamos vendo apenas a ponta do iceberg.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Deputados querem que Eduardo Leite negocie restrições aos repasses de duodécimos

Os 22 deputados que encaminharam pedido para que o governo encaminhe projeto restringindo os repasses dos chamados duodécimos (parcelas mensais de receita para TJRS, MPE, TCE, Assembleia e Defensoria), vão esperar uma semana para que o governador Eduardo Leite fale com eles.

Caso isto não aconteça, os próprios deputados buscarão o governo para algum tipo de acerto.

O governador Eduardo Leite já deu declarações sobre a proposta e avisou que não é favorável a ela, mas pode mudar de ideia.

Assembleia do RS poderá retornar à normalidade apenas em junho

O presidente da Assembleia do RS, deputado Ernane Polo, disse esta tarde ao editor que ainda não projeta uma data para que sejam retomadas as sessões presidenciais no plenário e sequer nas comissões.

O deputado Fábio Ostermann, Novo, com quem também o editor conversou, acha que isto poderá acontecer no início de junho.

Nada é certo e dependerá muito da evolução dos casos de vírus chinês em Porto Alegre, o epicentro da pandemia no RS.

Amanhã, terça, Polo reativará o funcionamento da Comissão de Constituição e Justiça, mas com os trabalhos saindo por videoconferência.

A Assembleia dedica prioridade total aos projetos relacionados com o combate ao vírus chinês.

Dica do editor - As 16h, tem Lauro Quadros e Maria do Carmo com Júlio Ribeiro. É o programa "Valvulados".

As 16h, o programa "Valvulados", Rádio Press, Porto Alegre, vai replicar a conversa que o jornalista Júlio Ribeiro teve com os também jornalistas Lauro Quadros e Maria do Carmo, ambos já afastados da atividade. Quadros e Maria do Carmo marcaram época no rádio e na TV do RS, comandando programas de enormes audiências na RBS. CLIQUE na imagem, 16h, para ver e ouvir.

Maia está calado porque não quer entrar em bola dividida

Não é de estranhar que quase a totalidade dos políticos de direita e de esquerda não queiram tomar lado neste entrevero entre Bolsonaro e Moro.

Em casos como estes, os políticos não entram em bola dividida.

É o caso de Rodrigo Maia, que resolveu entrar em modo silencioso no início da semana passada, mesmo antes da crise política, quando recebe a sinalização de que a briga não era com ele.

MBL pede impeachment de Bolsonaro e convoca ato público de apoio

O MBL, Kim Kataguiri, protocolou pedido de impeachment contra Bolsonaro.

E convocou ato público de apoio.

Jornalista Oswaldo Eustáquio insiste na denúncia de que Jean Willys está envolvido no atentado praticado contra Bolsonaro

O jornalista Oswaldo Eustáquio, que ontem a noite usou seu canal do You Tube para tentar desvendar os mandantes do atentado praticado por Adélio Bispo contra Bolsonaro, insistiu, hoje, com a denúncia de que o ex-deputado Jean Willys, Psol, está envolvido no caso.

Oswaldo Eustáquio é do Paraná, até há pouco dirigiu o site Agora Paraná, mas atualmente mora em Brasília.

Em Porto Alegre, há pouco, o deputado Bibo Nunes também falou sobre o caso:

- A Polícia Federal está investigando a participação do Jean Willys.

Lasier Martins acha que Sérgio Moro corre risco de ser assassinado, como ocorreu com o juiz Giovanni Leone (Operação Mãos Limpas)

Apesar das preocupações do senador gaúcho, o fato é que o presidente mandou o GSI garantir a segurança de Moro pelos próximos seis meses. Na Câmara, o deputado capitão Augusto, coordenador da Frente Parlamentar da Segurança Pública, a Bancada da Bala, mandou ofício ao STF pedindo segurança para Moro.

O senador gaúcho Lasier Mrtins está preocupado com a vida do ex-ministro ex-juiz federal Sérgio Moro.

Lasier Martins, que é jornalista e advogado, acha que podem matar Moro.

Ele lembra o caso do juiz italiano da Operação Mãos Limpas, Giovanni Leone, que foi assassinado em plena Milão.

Dica do editor - Na Netflix, o editor recomenda "Carta ao Rei". Comece a ver esta tarde ou esta noite com seus filhos e netos

Esta série é para crianças, jovens e adultos. Veja com seus filhos e netos. O editor viu tudo em duas noites - e gostou. The Letter for the King foi originalmente uma série de televisão de aventura para adultos, desenvolvida por Will Davies e FilmWave para Netflix, inspirada no clássico romance holandês De breve voor de Koning de Tonke Dragt. A série de seis episódios foi lançada na Netflix em 20 de março de 2020, portanto no mês passado.

 

Barroso reafirma que eleições podem até sair mais adiante, mas sairão este ano

O novo presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, repetiu na Rádio Gaúcha, esta manhã, que as eleições municipais sairão este ano.

O que ele disse:

- Dá até para adiar, mas por muito pouco tempo.

É sito.

Não haverá prorrogação de mandato para ninguém.

Ministério Público diz que The Intercept mente sobre Flávio Bolsonaro

O Ministério Público Estadual do Rio teve que emitir nota para dizer que o site sujo The Intercept mentiu ao dizer que o MPE tinha identificado Flávio Bolsonaro como membro de milícia do Rio.

O site sujo do americano Green Greenwald ainda é levado a sério por leitores desavisados.

Hospitais do Sul e de SP reabrem para todos os pacientes

Não foi apenas o Moinhos de Vento que percebeu que o momento mais crítico do vírus chinês já passou e que é hora de reabrir o atendimento em geral.

O Moinhos fez isto no início da semana passada.

O sistema hospitalar privado brasileiro corria risco de colapso financeiro, caso prosseguisse fechado apenas para pacientes de urgência e para infectados pelo vírus chinês.

O editor publicou várias denúncias sobre isto.

O movimento foi percebido também  pelas principais redes hospitalares de São Paulo, nos hospitais da Rede D’Or, que possui 50 unidades no país, no Grupo Americas Serviços Médicos, pertencente à UnitedHealth Group com 18 hospitais, e também no Albert Einstein, no Alemão Oswaldo Cruz, no HCor e no Sírio-Libanês.

Bolsa abre a semana em forte alta. Dólar cai.

A Bolsa abriu, hoje, em forte alta, enquanto o dólar cai levemente.

11h16min

Bolsa, +2,79%, 77.431 pontos
Dólar comercial, -0,27%, R$ 5,6424

"Onde está Rodrigo Maia", pergunta o ex-presidiário Roberto Jefferson

O ex-presidiário Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, está intrigado com o silêncio do deputado Rodrigo Maia, seu desafeto.

Roberto Jefferson voltou a perguntar, hoje:

- Onde está Rodrigo Maia ?

É que o presidente da Câmara não fala com a imprensa há uma semana.

Roberto Jefferson acha que ele trama a derrubada de Bolsonaro.

Bolsonaro reafirma confiança em Paulo Guedes, mas especulações correm solta em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta manhã, em entrevista coletiva ao deixar o Palácio da Alvorada, que o ministro Paulo Guedes é “o homem que decide a economia” do país, tentando desfazer a boataria segundo a qual o "posto Ipiranga" seria o próximo a ser degolado.

Bolsonaro deu as declarações ao lado do próprio Guedes e dos ministros Tarcísio Freitas, da Infraestrutura, e Tereza Cristina, da Agricultura, além do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. O que ele falou:

- Acabei mais uma reunião aqui tratando de economia. E o homem que decide a economia no Brasil é um só: chama-se Paulo Guedes. Ele nos dá o norte, nos dá recomendações e o que nós realmente devemos seguir.

CLIQUE AQUI para saber tudo o que disse Bolsonaro e o contexto em que se colocam suas declarações. Vale a pena ler. É material do site Poder360.

Dica do editor - Saiba como o setor de tecnologia projeta o mundo pós-pandemia

Este artigo do "Olhar Digital"demonstra que  pandemia do novo coronavírus levou diversos países e territórios a decretaram medidas restritivas para conter o surto global do vírus chinês. Locais de trabalho, escolas e equipamentos foram fechados. Empresas tiveram que adequar processos internos, enquanto empregados precisaram se adaptar às novas rotinas de trabalho remoto.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Sem confiança, consumidores derrubam previsões sobre o PIB

Queda da confiança do consumidor e do comércio aponta para recuo do PIB no segundo trimestre.

Os dados finais de abril, divulgados hoje pela FGV, reforçam a direção das leituras prévias, apontando para forte queda da confiança.

- O Índice de Confiança do Consumidor recuou 22 pontos, para 58,2 pontos.
- O Índice de Confiança do Comércio, por sua vez, oscilou para 61,2 pontos, uma queda de 26,9 pontos.

Nos dois casos, os componentes de situação atual e de expectativas apresentaram retração. Em conjunto, os dados sugerem contração importante do PIB neste segundo trimestre.

Governo gaúcho não garante pagamento em dia da Folha de abril

O governo estadual gaúcho garante a quitação da Folha de março, devida aos servidores do Executivo, o que acontecerá até sexta-feira, mas não sabe quando começará a pagara abril.

A arrecadação co ICMS deste mês deve despencar de R$ 2,9 bilhões para R$ 1,9 bilhões.

Neste final de semana, a secretária do Planejamento, Leany Lemos, reafirmou que sem ajuda federal, o governo estadual não poderá garantir regularidade nos pagamentos dos servidores e sequer repasses de duodécimos para os demais Poderes.


Eduardo Leite quer menos crise política e mais energia no combate ao vírus e ações para a retomada da economia

O governador Eduardo leite foi uma das estrelas do congresso virtual que o MBL, Kim Kataguiri, promoveu neste domingo.

O governador analisou o cenário político nacional e se queixou do desvio das energias políticas, que deveriam estar todas centradas no combate ao vírus chinês, além de movimentação para medidas de estabilização e ações para a retomada da economia.

Outro convidado da tarde foi o ex-ministro e atual secretário paulista da Fazenda, Henrique Meirelles.

Dica do editor - Plano Safra de 2020 vai dar R$ 15 bilhões em subsídios, diz Tereza Cristina

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, foi entrevistada por Fernando Rodrigues, apresentador do programa Poder em Foco. Foi tudo transmitido ontem a noite pelo SBT.

 

Mercado continuou reduzindo estimativas de PIB e de IPCA para este ano

Conforme o Relatório Focus, divulgado há pouco pelo BC, o mercado espera recuo de 3,34% do PIB deste ano (ante -2,96% na leitura anterior) e avanço de 3,0% em 2021 (ante 3,1%).

Inflação - A mediana das projeções para o IPCA de 2020 oscilou de 2,23% para 2,20%, enquanto a de 2021 permaneceu em 3,4%.
Câmbio - Para a taxa de câmbio, a mediana das expectativas para o final de 2020 continuou em R$/US$ 4,80; já para o final de 2021 foi ajustada de R$/US$ 4,59 para R$/US$ 4,55.
Juros - Por fim, o mercado manteve a expectativa para a taxa Selic de 3,0% ao final deste ano, e para 2021 reduziu de 4,5% para 4,25%.

Saída de Moro não mudou índice de aprovação de Bolsonaro, mas outros dados são preocupantes. Veja os dados da pesquisa XP/Ipespe.

A XP/Ipespe acaba de divulgar a sua pesquisa semanal de opinião pública e constatou que a aprovação ao presidente Bolsonaro não se alterou com a demissão de Sérgio Moro, mas quanto a questão do impacto da renúncia, os números mostram que 67% consideram que ele foi negativo, contra 16% que acham que não haverá impacto algum. Além disto, 49% cravaram na resposta ruim/péssimo para as expectativas sobre o restante do mandato, contra 25% regular e apenas 18% ótimo e bom.

As respostas foram colhidas entre as 18h de quinta-feira e 18h de sexta-feira.

Eis os dados:

Ótimo/bom, 31% (entre 13 e 15 de abril, pesquisa anterior, a aprovação foi de 30% e a desaprovação foi de 40%)
Ruim/péssimo, 42%
Regular, 24%
Não sabem, 3%

Instituto Paraná vem aí com pesquisa sobre renúncia de Sérgio Moro

Está no forno a pesquisa que o Instituto Paraná começou a fazer no sábado sobre a saída do ministro Sérgio Moro.

Os números poderão ser publicados depois do meio dia, segundo disse ao editor o diretor do instituto, Rodrigo Hidalgo.

Dica do editor - Veja como está este trecho do rio Uruguai, divisa com Santa Catarina

Eis como está o rio Uruguai, divisa do RS com Santa Catarina, depois da devastadora estiagem que assola o Estado há três meses.

Bolsonaro cancela ataques a Moro e Globo depois que internet pifou no Alvorada

Vestido com a camisa da seleção, Bolsonaro chegou a iniciar sua fala, mas depois de várias interrupções, desistiu, reclamando dos serviços de internet do Palácio Alvorada.

O presidente Jair Bolsonaro bem que tentou fazer uma live contra a Globo na noite de ontem, logo após reportagem do Fantástico sobre as denúncias feitas pelo ex-ministro Sergio Moro, mas apanhou da internet. Depois de três tentativas frustradas, ele cancelou a live.

Do pouco que conseguiu transmitir, basicamente disse que a reportagem não teria credibilidade por ter sido feita pelo jornalista Vladimir Netto, filho da jornalista Miriam Leitão, autor de um livro sobre a Lava Jato, que é casado com a ex-assessoria de imprensa de Moro.

Os serviços de internet claudicam em todo o Brasil. O próprio editor já teve que cancelar vários vídeos e postagens.

Caixa começa a pagar, hoje, auxílio emergencial de R$ 600. Veja o calendário.

O auxílio emergencial de R$ 600 pago a trabalhadores de baixa renda afetados pela crise do vírus chinês começa a ser pago hoje. Os pagamentos serão feitos nas agências da Caixa federal.

Eis o calendário dos saques:

Segunda-feira (27) – nascidos em janeiro e fevereiro
Terça-feira (28) – nascidos em março e abril
Quarta-feira (29) – nascidos em maio e junho
Quinta-feira (30) – nascidos julho e agosto
4 de maio – nascidos em setembro e outubro
5 de maio – nascidos em novembro e dezembro

O nome de Jorge Oliveira poderá ser confirmado, hoje, para o ministério da Justiça

Os principais jornais tradicionais, blogs, sites e emissoras de rádio e de TV, apontam Jorge Oliveira como o nome que Bolsonaro deverá anunciar, hoje, para o ministério da Justiça.

Ontem, a CNN chegou a confirmar a nomeação, mas isto não aconteceu.

Jorge Oliveira é ligadíssimo à família Bolsonaro. Ele é o atual ministro-chefe da secretaria Geral da Presidência.

O ministro da secretaria Geral chegou a postar nota, ontem a noite, no seu Twitter, agradecendo a confiança de Bolsonaro, mas não explicou a razão da sua declaração.

O que acontece é que seu nome ainda não foi anunciado porque enfrenta resistências importantes dentro do próprio governo, que prefeririam alguém com maior envergadura e respeitabilidade social.

O presidente, no entanto, insiste na necessidade de nomear para a pasta uma pessoa da sua inteira confiança.

É isto.

Segunda-feira oscilará entre nuvens, sol e chuva. A temperatura permanecerá amena.

Porto Alegre, 8h30min, 21 graus

A manhã desta segunda-feira abriu com muita nebulosidade em boa parte do RS. Choverá em parte do dia, em várias regiões do Estado, em especial no Sul, com pancadas mais fortes.

A temperatura será agradável durante todo o dia.

Uma massa de ar quente ingressa pelo Noroeste e isto deve registrar mais calor.

Em Porto Alegre, apesar da nebulosidade da manhã, o sol aparecerá, mas não estão descartadas chuvas passageiras.

Na Capital, a temperatura mínima deve ser de 20°C, e máxima não ultrapassará os 26°C.

RS soma 39 mortos nesta segunda-feira. 1/3 é de Porto Alegre.

Morreu o 13o porto-alegrense infectado pelo vírus chinês. Foi ontem a noite no Moinhos de Vento, que emplaca seu terceiro óbito. O hospital privado é referência no combate à pandemia, é o maior e mais qualificado do Estado e concentra 1/3 de todos os casos acumulados até agora na Capital.

O morto é um homem de 75 anos e não possuía histórico de outras doenças. Horas antes, um homem de 66 anos morreu em Passo Fundo. Foi a 38a. morte no Estado.

Brasil
62.527 infectados e 4.188 mortos

RS
1.209 infectados e 39 mortos

Porto Alegre
427 infectados e 13 mortos
- Porto Alegre conta com 560 UTIS e 68% delas estão ocupados, mas a imensa maioria por doentes que nada têm a ver com a pandemia. Nelas encontram-se 31 infectados, sendo apenas 11 com casos confirmados.

CLIQUE AQUI para acompanhar os números no mundo, no Brasil e no RS. O serviço é da Ufrgs.

Oswaldo Eustáquio não conseguiu apresentar o mandante do atentado contra Bolsonaro

Como já tinha previsto este blog, o jornalista Oswaldo Eustáquio não disse quem mandou Adélio Bispo matar Bolsonaro.

Ele, no entanto, conseguiu vasta audiência, ontem a noite, para seu canal do You Tube.

O esforço do jornalista não deixou de ser importante, porque suas entrevistas ajudaram a recolocar na pauta o caso, denunciando a incompetência ou má vontade policial e judiciária nas investigações, tal como denunciou o presidente Bolsonaro na sua réplica a Sérgio Moro.

O Brasil prossegue sem saber quem mandou matar Bolsonaro.

Fantástico fez chamadas durante a tarde, mas não apresentou Moro na noite de domingo

Apesar das chamadas que fez durante a tarde, a Globo acabou não apresentando no Fantástico a entrevista que tinha prometido com o ex-ministro Sérgio Moro.

Globo e Moro foram aconselhados a não meter mais lenha na fogueira.

Pesquisa do Instituto Paraná diz que 36,6% dos brasileiros não temem o vírus chinês

36,6% dos brasileiros não têm medo algum do vírus chinês.

O número é surpreendente, mas integra a pessquisa que o instituto Paraná Pesquisas acaba de enviar ao editor.

Os números:

Têm medo, 60,6%
Não têm medo algum, 36,6%
Não sabem ou não opinam, 2,8%

Os homens, os mais jovens, os menos educados, os mais pobres e os nortistas são os que demonstram menos medo.

Paulo Guedes e Regina Duarte também estariam demissionários. Guedes, no entanto, visitou esta manhã o presidente e saiu prestigiado do Alvorada.

São fortes as especulações de que dois outros ministros estariam com cartas de demissões encaminhadas:

Regina Duarte, Cultura.
Paulo Guedes, Economia.

É isto.

A ver.

Esta manhã, Paulo Guedes visitou Bolsonaro no Alvorada e depois falou com os jornalistas, tudo em companhia dos ministros da Agricultura, Tereza Cristina, e da Infraesatrutura, Tarciso de Freitas. A visita e a entrevista serviram para que os boatos de saída fossem desfeitos.

Morreu o ex-ministro João Mellão Neto

Oex-ministro do Trabalho e ex-deputado João Mellão Neto morreu esta madrugada em SP. Um infarto fulminante matou-o aos 64 anos.