Eles não enxergam ou fazem de conta que não enxergam porque são cúmplices do Eixo do Mal ?

Personagens tenebrosas como o ex-governador Tarso Genro e o ex-ministro Gilberto Carvalho, não conseguem mesmo entender que o PT, Lula e o governo Dilma Roussef, não são vítimas das calúnias da mídia e dos adversários ?

O que aconteceu no Planeta Atlântida (veja a seguir) quando o vocalista Falcão, do Rappa, levou milhares de jovens à loucura, pedindo apenas para que ficassem de costas para a organização criminosa e seus corruptos, não pode ser ignorado pelo Eixo do Mal.

Acontecimentos como este, apenas provam que gente como Tarso e Carvalho são também cúmplices do PT, de Lula e do governo Dilma Roussef.

Milhares de jovens do Planeta Atlântida viraram de costas para a corrupção do PT, de Lula e do governo Dilma

O vocalista pediu ao imenso público do Planeta Atlântida, promoção da RBS, que mostrasse sua indignação contra a corrupção comandada pelo PT e contra o governo Dilma, ficando de costas para ele. A adesão foi entusiástica e completa. CLIQUE AQUI para ver tudo. 

Ganhou muito espaço nas redes sociais, esta semana, o discurso que fez com muita energia e as conhecidas letras com forte crítica social, a banda O Rappa. Ela agitou o Planeta Atlântida 2016  na segunda noite do festival. Comandado pelo vocalista o líder Falcão, o grupo começou o show com "O Horizonte é Logo Ali" e "Auto Reverse".

Depois de "Lado B Lado A", Falcão fez um discurso político criticando a falta de saúde e educação, além dos casos de corrupção no país. 

Como gesto de protesto, o vocalista pediu que quem estivesse descontente com a política brasileira virasse de costas para o palco. "Essas pessoas que estão no poder não nos representam. Vocês são a vergonha do nosso país", disse o músico, antes de cantar o sucesso "Rodo Cotidiano".

Depois de cumprimentar brevemente os planetários, eles emendaram as canções "Monstro Invisível", "Homem Amarelo" e "Cruz de Tecido". As músicas "Barro" e "Hóstia" antecederam "Mar de Gente" e "Boa Noite Xangô".

Artigo, Sérgio da Costa Ramos, Diário Catarinense - Cañasvieiras com til

Cañasvieiras, neste verão.


Já estamos vivendo aquele que é o melhor verão do novo milênio, depois de dez dias de céu imaculado e de um solzão de fritar moleiras.

Tem gente telefonando de outros Estados, espantados com a atmosfera "limpa" e com o sol de circunferência plena:

- É verdade que Floripa resplandece ao sol há mais de uma semana? - perguntam, não sem uma ponta de inveja.

Verdade. Dizem os pessimistas que esta "moleza" vai acabar amanhã e que o mau tempo voltará a cumprir a sua triste rotina. Mas enquanto a Ilha não retorna às brumas, festejemos com as brahmas!

Assim se sente Floripa. Radiante, mas invadida como uma Normandia no Dia D. Gosta de ser cobiçada, mas não "entupida". Ainda mais tendo que adotar aquela língua mista, um pouco português, um pouco espanhol, um pouco castelhano e um pouco galego, entre a Castela e a Galícia -  em todo caso, mais próxima de Cervantes do que de Camões.

O melhor verão do milênio colhe novos modismos. Não é só o "rolezinho", que no Rio já chegou às praias. Dos 15 aos 50 anos, as mulheres brasileiras estão turbinando os seios, numa procura que tem afetado o próprio mercado mundial do silício e valorizado as ações das empresas fabricantes de silicone.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Istoé revela dossiê secreto da PF sobre as relações espúrias de Renan Calheiros com a OAS

Na reportagem de capa que os jornalistas Marcelo Rocha e Débora Bergamasco assinam na revista Istoé de hoje, ressalta a informação de que termina nesta semana o prazo concedido à Polícia Federal pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), para a conclusão do inquérito que relaciona o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ao esquema do Petrolão. Nele, Renan é suspeito de ser beneficiário de propina desviada da Petrobras. 

A julgar pelo que os investigadores conseguiram desvendar até agora, o presidente do Senado terá dificuldades para escapar da denúncia. 

Leia a reportagem:

Obtido por ISTOÉ, relatório produzido pela PF no Paraná, a partir do conteúdo encontrado num celular do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, – condenado a 16 anos de prisão por, entre outras razões, pagar propina a políticos –, é explosivo. O material de 50 páginas indica uma série de mensagens trocadas entre Pinheiro e seus auxiliares, em que o empreiteiro demonstra intimidade com o presidente do Senado. Mais do que isso.

Trechos das conversas sugerem, de acordo com os investigadores, a influência exercida pelo empreiteiro sobre Renan, que à frente de uma das Casas do Congresso teria passado a atuar em sintonia com as conveniências da OAS – uma das empreiteiras do Petrolão que mais contribuíram para a campanha de seu filho ao governo de Alagoas. Os documentos em poder da PF indicam que Pinheiro possa ter influído para enterrar o projeto que proibia a doação privada a políticos bem como a CPI dos gastos com a Copa, temas considerados de suma importância para a empreiteira. Ambos dependiam da caneta e do prestígio político de Renan para serem sepultados. E foi exatamente o que ocorreu com as duas proposições entre 2013 e 2014. Da cadeira de presidente do Senado, Renan mandou-as para o arquivo.

As mensagens encontradas no celular de Pinheiro revelam que, para alcançar o seu objetivo de interferir em projetos de seu interesse no Congresso, o executivo da OAS participou de uma série de reuniões com Renan. Ao menos uma delas ocorreu no final de semana. Diz o relatório: “Uma breve análise das mensagens trocadas entre Leo Pinheiro e o usuário identificado por Renan Calheiros reflete entre 2012 e 2014 ao menos 06 pedidos para encontro ou contato, 02 comunicações que indicam que um interlocutor (de Pinheiro) estava ou estaria logo em um determinado local, 03 agradecimentos de Leo Pinheiro para Renan Calheiros e 14 citações de notícia de Renan no email de Leo Pinheiro”.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Lula estva no sítio no dia em que Marcelo Odebrecht foi preso

Apenas curiosidade da revista Época de hoje:

Em 19 de junho do ano passado, dia em que Marcelo Odebrecht foi preso na Lava Jato, Lula estava no... conforto do sítio Santa Bárbara em Atibaia. Segundo o MP, a Odebrecht ajudou na reforma do local para o regozijo da família Silva.

Parentes de Lula passaram o dia das Crianças do ano passado no Santa Bárbara. A criançada da

família até empinou pipa no sítio.

Entenda por que o limite de crédito para exportador ficou menor com dólar valorizado

O dólar mais forte em relação ao real alavancou as exportações, mas em contraprtida existem problemas tremendos em relação à disponibilidade de financiamento ao setor exportador, o que já motivou ações do Ministério da Fazenda, que recentemente divulgou reforço nas linhas de crédito para este fim.

Este é o problema central, segundo Heitor Klein, presidente da Abicalçados, que mandou o recado para o editor:

Boa  parte das empresas exportadoras, inclusive de calçados, como forma de financiamento da produção, recorrem às operações de Adiantamento de Câmbio e PROEX. Como as operações têm limites estabelecidos em reais e as empresas tomam parte do valor dos embarques negociados em dólar, o limite do crédito disponível ficou menor.

É fácil entender:

- Há pouco mais de um ano, quando o câmbio estava na razão de US$ 1 por R$ 2,20, uma transação de US$ 100 ml significava a utilização de R$ 220 mil do limite de crédito. Com o dólar a R$ 4 o mesmo valor em dólares consome R$ 400 mil. O resultado disso é que a linha se esgota mais rapidamente”, explica o executivo.

Pacote

Há uma semana, visando estimular a economia, o Governo Federal, após reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), em Brasília, anunciou a abertura de linhas de crédito no valor de R$ 83 bilhões. Segundo o executivo da Abicalçados, a notícia é boa para o setor exportador e pode resolver o problema do limite do crédito, mas ainda são necessários mais detalhes sobre o funcionamento do mecanismo.  

Mãe de Deus restabeleceu emergência, obstetrícia e cirurgias eletivas em Porto Alegre

Uma semana depois do verdadeiro furacão de sexta-feira da semana passada, o Hospital Mãe de Deus comunicou ontem a noite que sua Emergência não está mais com restrição no atendimento

O hospital avisou ao editor que os atendimentos no Centro Obstétrico, cirurgias eletivas e os serviços de diagnóstico também funcionam sem restrições. 

Artigo, Vinicius Torres Freire, Folha - Recessão de 2016 pode ser pior que a de 2015, dizem economistas do Itaú

A recessão de 2016 deve ser tão grande ou maior quanto a do ano passado, segundo economistas do banco Itaú. A economia brasileira deve encolher 4% neste ano —a estimativa anterior era de recessão de 2,8%. Em 2015, os economistas acreditam que o país deve ter regredido 3,9%, segundo a "Revisão de Cenário" que o departamento de pesquisa do banco acaba de anunciar.

Segundo a análise, o desempenho econômico foi muito pior do que o esperado no final do ano passado, e os primeiros indicadores de janeiro são muito fracos: estoques elevados na indústria, queda forte da venda de veículos e baixa no consumo de energia. A produção pararia de encolher apenas em meados do ano.

Alguma recuperação, na verdade economia quase estagnada, ocorreria em 2017: crescimento de 0,7%. Nos anos de governo Lula, a economia crescia a mais de 4% ao ano.
A taxa de desemprego deve subir dos cerca de 10% no final do ano passado para 13% em dezembro de 2016, segundo as projeções dos economistas.

Não se acredita que o plano de contenção do deficit do governo federal vá funcionar. Os economistas projetam deficit primário de 1,5% do PIB (Produto Interno Bruto) neste ano e de 2% no seguinte (o deficit primário é a diferença entre receita e despesa do governo, excetuados gastos com pagamentos de juros da dívida pública). Neste ano, o governo estipulou uma meta de superavit primário de 0,5% do PIB.

Dada a perspectiva de recessão ainda maior, os economistas do Itaú acreditam que as taxas de juros vão cair neste ano. A taxa básica da economia, a Selic, baixaria dos atuais 14,25% ao ano para 12,75% ao fim de 2016.

O dólar encerraria o ano a R$ 4,50 (tem estado em torno de R$ 3,90); a inflação, por enquanto perto de 11% ao ano, cairia para 7% no encerramento de 2016. 

A Folha sobrevoa o sítio e mostra como é a doce vida de Lula em Atibaia

A revista Época descobriu que Lula visitou o sítio por 111 vezes em apenas dois anos. A revista chegou ao número depois de checar as diárias recebidas por seus seguranças. 
CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa da Folha.


A Folha de S. Paulo mandou seus repórteres voarem de helicóptero sobre o sitio de Lula em Atibaia, tudo para anotar o que conseguiriam ver, filmar e fotografar.

O resultado está na capa da edição de hoje do jornal.

A propriedade de R$ 3 milhões, do tamanho de 40 campos de futebol, inclui espaçosa casa, além de um vistoso lago para passeio e pesca, equipado com barco e pedalinhos.

O sitio inclui até uma reprodução do Cristo Redentor.

Em abril do ano passado, a revista Veja fez a primeira denúncia sobre o sitio. Na ocasião, ninguém reagiu. Acontece que o assunto voltou à tona quando o Ministério Público Federal incluiu o caso na Lava Jato, investigando Lula. CLIQUE AQUI para saber o que Veja publicou na época

A delação do dono da Andrade Gutierrez deixou em pânico Dilma, Lula, Lulinha e o PMDB do Rio

Otávio Azevedo e Elton Negrão, diretores da AG, foram soltos ontem. 


Solto ontem a noite pelo juiz Sérgio Moro, tudo depois de fechar acordo de delação premiada, o dono da Andrade Gutierrez, Otávio Azevedo, vai contar que a antiga Telemar, hoje Oi, comprou 30% da Gamecorp, a empresa criada por Lulinha, a pedido de Lula. A operação custou R$ 5 milhões. Três anos depois, o então presidente mudou a lei de telecomunicações com o fito exclusivo de permitir que a Telemar comprasse a Brasil Telecom, de Daniel Dantas.

Isto é o que revela o jornalista Reinaldo Azevedo no site da revista Veja.

Leia mais:

O pânico atinge o pico nas hostes petistas, especialmente na ala dilmista, com a delação premiada fechada por Otavio Marques de Azevedo e Elton Negrão, diretores da Andrade Gutierrez. Ali pode estar o caminho mais curto entre Dilma e o fim antecipado do seu mandato. O PMDB do Rio, ou parte dele, parece que não terá, também, motivos para festejar.

A ser verdade o que vaza aqui e ali, a dupla teria informações a oferecer sobre o financiamento da campanha de Dilma em 2014 — e o intermediário da negociação pouco republicana teria sido Edinho Silva, atual ministro da Comunicação Social —, sobre o setor elétrico, sobre a construção dos estádios da Copa do Mundo e sobre obras da Olimpíada no Rio.

Sempre Edinho

O que se ventila sobre Edinho é muito semelhante ao que denunciou Ricardo Pessoa, dono da UTC. Ele diz ter sido procurado pelo então tesoureiro da campanha de Dilma para lembrar os muitos negócios que a empreiteira mantinha com a Petrobras. Pessoa entendeu o recado e resolveu doar R$ 10 milhões. Foram entregues R$ 7,5 milhões. Os outros R$ 2,5 milhões se frustraram porque Pessoa 

Com a Andrade Gutierrez, ter-se-ia dado o mesmo, mas de forma mais agressiva. O comando da empresa teria sido lembrado de que, embora tivesse grandes negócios com o estado, apoiava a candidatura do tucano Aécio Neves. Se foi assim, a pressão deu resultado: de agosto a outubro de 2014, a empresa doou R$ 20 milhões à campanha de Dilma. Quando Edinho foi falar com Marques de Azevedo, a empreiteira já teria doado R$ 5 milhões à campanha de Aécio e nada para a petista.
Consta também que Marques de Azevedo vai contar que a antiga Telemar, hoje Oi, comprou 30% da Gamecorp, a empresa criada por Lulinha, a pedido de Lula. A operação custou R$ 5 milhões. Três anos depois, o então presidente mudou a lei de telecomunicações com o fito exclusivo de permitir que a Telemar comprasse a Brasil Telecom, de Daniel Dantas.

Vamos ver. Parece que vem coisa pesada por aí. Por isso, convém que aqueles que acham que Dilma conclui o mandato só em 2018 coloquem as barbas de molho. Por causa do impeachment? Também, mas não só.

Uma das ações que tramitam no TSE pedindo a cassação da chapa Dilma-Temer acusa o PT justamente de uso de dinheiro irregular na campanha. Se foi como se diz por aí, tem-se uma prova testemunhal importante, que deve e vai ser levada em conta no TSE.

Afinal, Tarso, quem persegue Lula ?

O ex-governador Tarso Genro produziu ontem uma nova pérola da sua sofisticada retórica vazia, ao dizer o seguinte em entrevista para a Rádio Gaúcha:

- Lula está sendo perseguido.

Quem persegue ?

O próprio Tarso esclarece:

- A mídia e a Polícia Federal. 

O ex-governador, que foi chefe da Polícia Federal no governo Lula, parece ignorar que a mídia só replica o que ocorre no mundo real, enquanto que os federais somente agem por autorização judicial, mesmo quando pedem para atuar ou são movidos a isto pelos procuradores federais.

Quem persegue Lula é a Justiça Federal, como persegue qualquer bandido que se envolve em crimes federais.

Se fosse apenas fogo fátuo, Tarso Genro não proporia de novo a refundação do PT, que agora soa como farsa, porque o que o Partido precisa é de funeral sem pompa.

Dilma sabe que delação do dono da Andrade Gutierrez levará a Lava Jato para dentro do Planalto

O governo faz questão de ressaltar que, enquanto Dilma recebeu uma doação de R$ 21 milhões da Andrade Gutierrez, a campanha do tucano Aécio Neves recebeu R$ 29 milhões.

O Palácio do Planalto já trabalha com o cenário de que a campanha à reeleição da presidente Dilma Rousseff voltará ao foco da Operação Lava Jato, com o acordo de delação premiada assinado pelo ex-presidente da Andrade Gutierrez Otávio Azevedo e o ex-diretor da empreiteira Elton Negrão.

A informação acima é do blog do jornalista Gerson Camarotti, G1 e Jornal das Dez da Globonews.

Leia o que ele informa:

 Tanto que o governo faz questão de ressaltar que, enquanto Dilma recebeu uma doação de R$ 21 milhões da Andrade Gutierrez, a campanha do tucano Aécio Neves recebeu R$ 29 milhões.

No Planalto, há o temor de que Otávio Azevedo deixe o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Edinho Silva em situação delicada. Em 2014, Edinho foi o tesoureiro da campanha de Dilma.

No governo, assessores revelam que Edinho chegou a levar um chá de cadeira de uma hora quando passou na sede da construtora durante a campanha eleitoral para acertar uma doação.

O episódio gerou um incidente na campanha. Na ocasião, o então tesoureiro deixou o local antes de ser recebido por Otávio Azevedo. O executivo ainda tentou alcançar Edinho Silva quando ele entrava no elevador, mas o tesoureiro não quis voltar.

“As relações com a Andrade Gutierrez nunca foram boas. Por isso, o depoimento pode deixar a campanha de Dilma na defensiva. Ninguém sabe o que Otávio Azevedo pode falar”, comentou um auxiliar direto da presidente Dilma.

Eis o teor da delação do dono da Andrade Gutierrez sobre dinheiro sujo para a campanha de Dilma

Esta nota foi adiantada pelo blog O Antagonista, dia 27 de dezembro. Leia:

Otávio Azevedo, presidente da Andrade Gutierrez, recebeu Edinho Silva e Giles Azevedo em seu escritório.

Ele relatou aos procuradores que os dois principais assessores de Dilma Rousseff foram exigir 100 milhões de reais para a campanha presidencial.

Há dois pontos explosivos no depoimento de Otávio Azevedo, segundo nossas fontes na Lava Jato:

1 - Edinho Silva e Giles Azevedo achacaram a Andrade Gutierrez, dizendo que a empreiteira perderia seus contratos com o governo caso não pagasse.

2 - O pagamento foi feito por dentro e por fora.

Otávio Azevedo vai detalhar esses pagamentos para a campanha presidencial assim que Teori Zavascki e Rodrigo Janot homologarem o acordo de delação premiada.

Os procuradores da Lava Jato estão esperando. O TSE está esperando. O impeachment está esperando.

Dilma pedala livre, leve e solta em Porto Alegre

Desta vez sem a Banda Loca Liberal para azucrinar seus ouvidos com protestos e consignas de "Fora Dilma", a presidente pedalou 20 quilômetros esta manhã, saindo de bicicleta do seu apartamento na zona Sul de Porto Alegre e dirigindo-se até o Hospital Ernesto Dornelles, avenida Ipiranga.

Ela fez o trajeto de ida e volta.

Dois seguranças acompanharam Dilma, que chegou ontem para passar o feriadão com a filha Paula, o genro e os dois netos.

A foto ao lado é da RBS, publicada esta manhã no seu site www.zerohora.com.br

Saiba o que abrirá nos dias de feriadão em Porto Alegre

As repartições públicas municipal, estadual e federal não trabalharão no feriadão, só voltando a dar expediente na quarta-feira, ao contrário do comércio, inclusive supermercados, que só fecharão na terça-feira.

No caso dos shopping centers, o leitor poderá saber exatamente os dias e horários de funcionamento de cada um, clicando aqui. 

Fortunati voltará domingo do cruzeiro que fez pelo Pacífico. Ele está sendo duramente cobrado pela ausência.

Depois de um prolongado cruzeiro pelo Pacífico, retornará neste domingo a Porto Alegre o prefeito José Fortunati.

Criticado duramente e com razão por não interromper suas férias para acudir o povo castigado por severo temporal há uma semana, o prefeito justificou-se através da sua página no Facebook, alegando que não tinha como sair do transatlântico em que estava.

A prefeitura esteve sob o comando do vice-prefeito Sebastião Melo, que foi elogiado pelo esforço e resultado.

Nesta sexta-feira, uma semana depois do verdadeiro furacão que se abateu sobre a cidade, Melo reuniu-se com todas as áreas relacionadas com infraestrutura material e social, inclusive empresas privadas de telecomunicações, para apressar a recuperação.

A prefeitura calcula que os prejuízos do temporal chegam a R$ 50 milhões, apenas para o setor público.

Sábado de carnaval será de sol radiante e temperatura amena no RS

O dia amanheceu com sol radiante em quase todas as regiões do RS, mas algumas áreas demonstram cenário de nebulosidade. Não está prevista nenhuma incidência de chuvas, mas se elas ocorrerem, acontecerão em pontos isolados, com ênfase para a Fronteira Oeste e Norte.Hoje, as mínimas rondarão os 15°C em São José dos Ausentes e os 16°C em Vacaria. As máximas, por sua vez, podem chegar a 35°C em Uruguaiana. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 20°C e 31°C. No Litoral Norte, as temperaturas se alternam entre 20°C e 27°C.

A noite de sexta-feira chegou a ser fria em regiões como as da Serra do RS. 

Nas praias, o dia terá sol e nuvens, porém com períodos de nublado em alguns balneários. 

80 mil carros sairão hoje pela freeway para as praias do Litoral Norte e de SC

A Concepa, empresa que administra a freeway Porto Alegre-Osório, a melhor rodovia do RS, estima que 80 mil carros sairão hoje da região metropolitana para as praias gaúchas do Litoral Norte e para as praias de Santa Catarina.

CLIQUE AQUI para ver ao vivo a movimentação dos carros na freeway.