Juiz manda desocupar Câmara apenas a partir de segunda. Até lá, prosseguirá a violação do Legislativo, agora com cobertura da Justiça.

O jujiz plantonista Honório Neto mandou desocupar a Câmara de Porto Alegre. O juiz invocou o artigo 172 do Código de Processo Civil, que prevê o cumprimento de mandado de reintegração apenas em dias úteis, entre 6h e 20h. Isto significa que a desocupação será feita segunda-feira. Até lá, a ocupção ilegal prosseguirá, agora com cobertura judicial.


. No despacho expedido pouco depois das 19h deste sábado, o magistrado ainda afirma que o uso da força policial poderá ser requisitado, se necessári

Vereadores ajuizam reintegração de posse para desalojar invasores

O presidente da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, Thiago Duarte (PDT), protocolou na tarde deste sábado o pedido de reintegração de posse da sede do Legislativo. O prédio está ocupado desde a última quarta-feira por manifestantes do grupo Bloco de Luta pelo Transporte Público. A decisão de ingressar com o documento no Fórum Central foi tomada depois que os ativistas se reuniram com representantes da Casa por quase duas horas da tarde de sábado e o encontro terminou sem acordo.

Até Drauzio Varella crttica programa "Mais Médicos" de Dilma: "Isto é jogar areia nos olhos do povo".

O médico oncologista Drauzio Varella também criticou o programa Mais Médicos anunciado esta semana pelo governo Dilma, segundo divulgou hoje o site www.brasil1247.com.br, que escreve mais o seguinte: Para ele, apregoar como um grande salto na qualidade do atendimento à população a medida de obrigar recém-formados a prestar serviços em localidades desprovidas da infraestrutura mais elementar é simplificação demagógica. Leia o artigo publicado na Folha:

Mais médicos

Estamos despreparados para atender à demanda das enfermidades responsáveis pela maioria das mortes.

A saúde no Brasil padece de dois grandes males: falta de dinheiro e gerenciamento incompetente.

Impossível levar a sério qualquer projeto que não enfrente ao mesmo tempo esses dois desafios. Investir apenas na organização é tão insuficiente quanto alocar mais recursos para um sistema perdulário, contaminado pela corrupção e por interesses políticos da pior espécie.

Há anos gravo programas de educação em saúde pelo interior do Brasil e na periferia das cidades maiores.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Veja avisa que programa "Mais Médicos" não tem chance alguma de dar certo

Ao lado, fotos da capa de Veja e de protestos de estudantes e médicos atacados pelo governo do PT.

"Sem chance de dar certo", garantre a revista Veja deste final de semana, em seu editorial, referindo-se ao programa "Mais Médicos". De acordo com o texto, a medida que obriga estudantes a dedicar dois anos de trabalho ao Sistema Único de Saúde é "autoritária, inaplicável na prática e, acima de tudo, inconstitucional". Veja vestiu a presidente Dilma de médica em sua capa,  e diz que programa representa a "gota d'água". Internamente, propaganda do Ministério da Saúde anuncia: "Doutor, bem-vindo" As inscrições vão até 25 de julho; bolsa oferece R$ 10 mil mensais

PPS confirma que convidou Serra para ser seu candidato a presidente da República

O presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (PPS-PE) disse hoje no seu Facebook  estar "no aguardo" da definição de José Serra, ex-governador de São Paulo, sobre ser ou não ser candidato à presidência da República pelo partido.  Sem espaço no PSDB, Serra cogita mudar de legenda para tentar realizar o sonho de chegar à presidência da República. Aos tucanos, ele defende a tese de que múltiplas candidaturas, como a dele, a do senador Aécio Neves (PSDB-MG), a da ex-senadora Marina Silva e a do governador Eduardo Campos, ajudarão a levar a disputa para o segundo turno

Editorial, O Estado - A irrelevância das centrais

Recorte e utilize. O Vingador sempre estará contra os que querem oprimir o povo, suprimindo-lhe a liberdade de expressão e de empreender.

A maioria dos vereadores da Câmara de Porto Alegre emprestaram mais relevância do que realmente possuem os grupos agressivos de minorias comunistas que se organizam naquilo que suas organizações chamam de "coletivos". Eles não são a maioria e também não representam a vanguarda da sociedade, até pelo contrário, porque defendem as teses reducionistas da ditadura e da estatização. A irrelevância desses grupelhos ficou claríssima no decorrer dos mais recentes protestos, porque eles protagonizaram as ações de rua antes e depois das manifestações de massa, estas sim da maioria esmagadora da população brasileira: aquela que quer o estado democrático de direito e o progresso econômico no marco da economia e de mercado, portanto no âmbito das liberdades individuais e públicas. Não existe por que se intimidar com a violência verbal ou física dos inimigos da democracia. Antes disto, é preciso confrontá-los no campo que escolherem. A correlação de forças políticas e de força nem de longe está ao lado deles. O editorial a seguir do Estadão de hoje, retrata tudo isto, ao relatar o fracasso de outros grupos de arrivistas ideológicos, pelegos sindicais, manifestantes chapas brancas e argentários, os verdadeiros sangue-sugas da sociedade. Leia:

A irrelevância das centrais’, editorial do Estadão

Publicado no Estadão deste sábado

As centrais sindicais brasileiras só reúnem multidões no Primeiro de Maio – atraídas não exatamente pela data histórica, mas pelos shows e sorteios que promovem, por exemplo, na Praça Campo de Bagatelle, na zona norte de São Paulo. Já anteontem, na Avenida Paulista, as entidades que organizaram o Dia Nacional de Lutas, tentando pegar carona nas jornadas espontâneas de protesto que tomaram conta do País em junho, não conseguiram reunir nem 10 mil pessoas. Das nove associações que as arrebanharam, pelo menos duas, a Força Sindical e a União Geral dos Trabalhadores (UGT), contrataram “manifestantes” a R$ 50 e R$ 70 por cabeça.

Contrastando com a profusão de faixas, balões, bandeiras, camisetas, bonés e fitas, tudo confeccionado em escala industrial pelas centrais que devem a sua prosperidade exclusivamente à aberração do Imposto Sindical – o dia de salário por ano compulsoriamente recolhido de todos quantos tenham carteira assinada -, o clima era de apatia. “Uma representante da CUT desfilou durante algum tempo diante do carro de som com um rolo de bandeiras debaixo do braço, procurando militantes para empunhá-las”, relatou um repórter deste jornal. “Não encontrou.”

O que era para ser uma quinta-feira difícil na maior metrópole brasileira acabou sendo um domingo extra. Inumeráveis empresas, temendo o pior, dispensaram seus empregados.

CLIQUE AQUI para ler mais. 

Tarde chuvosa e muito fria em Gramado. Porto Alegre tem tempo instável.

O fim de semana começou chuvoso em todo o Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre o tempo apresentou-se instável durante a tarde, mas nas demais regiões chove e faz frio. Em Gramado, milhares de turistas que lotam os hotéis, depois de uma manhã até ensolarada e quente, o tempo virou, começou a chover e faz muito frio neste momento.

. Conforme a Somar Meteorologia, a chegada de uma massa de ar polar derruba as temperaturas nos municípios gaúchos ao longo do domingo e com mais força na segunda-feira. Há a possibilidade de geadas entre a Campanha e a Região Sul. As mínimas devem ser registradas em Canguçu, com 1ºC, e Bagé e Pelotas, com 2ºC. Na Capital, os termômetros variam entre 6ºC e 17ºC.

. O tempo segue firme em todas as regiões até terça-feira. Na quarta, a previsão é que a chuva retorne para todo o Estado, e o frio perca um pouco de força.

Zero Hora decide não abrir espaço para bandoleiros políticos que ocupam a Câmara de Porto Alegre

Somente esta tarde o presidente da Câmara de Vereadores de Porto Alegre decidirá se irá ou não a juízo para exigir que ativistas políticas de extrema esquerda saiam do  Legislativo, que ocupam desde quarta-feira. Nesta sexta-feira, o presidente, dr. Thiago, foi espancado pelos manifestantes. Ele e seu fotógrafo apanharam nos corredores.

. Os ativistas censuram os jornalistas, impedem pela força a cobertura feita por repórteres dos jornais Zero Hora e Correio do Povo, e já produziram atos de vandalismo nos carros dos vereadores que não são do PT e PSOL.

. Neste sábado, surpreendentemente, o principal jornal de Porto Alegre, Zero Hora, decidiu não abrir mais espaço para os ilegais atos de ocupação da Câmara de Vereadores.

Presidente eleito do Paraguai rejeita voltar a Mercosul liderado por Caracas

O Mercosul é hoje uma associação de delinquentes falidos, querendo dar golpes de estado, acompanhados por um regime terrorista que não poderia estar no grupo. O Paraguai faz muito bem, se entrar na Aliança para o Pacífico e botar uma base norte americana em seu território, para mostrar que fala grosso contra os delinquentes do Foro de São Paulo

Horácio Cartes, que assume a presidência paraguaia no dia 15 de agosto, diz que a adesão da Venezuela ao bloco foi ilegal. A cúpula dos países-membros, realizada em Montevidéu, levantou a suspensão imposta a Assunção após a destituição de Lugo, em 2012.

Maiakovski, a flor roubada do jardim e a ocupação criminosa da Câmara de Porto Alegre

Eles usam a liberdade para acabar com a liberdade, mas que não usa a autoridade que tem para conter os bandoleiros, não merece tê-la. 

O presidente da Câmara de Vereadores de Porto Alegre "negociou" a ocupação do plenário - e não devia. Aconteceu como na poesia de Maiakovski:

Na primeira noite, eles se aproximam e roubam uma flor do nosso jardim: não dizemos nada. Na segunda, já não se escondem. Pisam as flores, matam o nosso cão e não dizemos nada. Até que um dia o mais frágil deles entra sozinho em nossa casa, rouba-nos a luz e, conhecendo o nosso medo, arranca-nos a voz da garganta. E já não podemos dizer nada. - Vai embora dr. Thiago Duarte ! Cristiano Rinaldi, bairro Cristal, Porto Alegre.

Maria do Rosário mentiu, mas não se desculpa com o povo brasileiro

Não se sabe o que espera a ministra Maria do Rosário para pedir desculpas públicas ao povo brasileiro pelas irresponsáveis e mentirosas declaraçõeds que deu quando da corrida dos esmoleiros da Bolsa Família .

. Logo no início da corrida,  a ministra Maria do Rosário, dos Direitos Humanos, atribuiu os atropelos à  central de notícias da oposição, mas agora sua própria Polícia Federal constatou que tudo foi resultado de combustão espontânea.

- Dona Rosário, como se sabe, acha que está apta a disputar uma cadeira de Senador pelo RS.

CLIQUE AQUI a íntegra das informações da Polícia Federal.

Não fosse o STF, os bandidos petistas do Mensalão jamais iriam para a cadeia, como irão em agosto

Sobrfe o julgamento do Mensalão, que deve concluir no decorrer do mês que vem com a prisão imediata dos bandidos do PT, tipo os ex-presidentes do Partido, Zé Dirceu e José Genoíno, também ex-ministro e ex-eminência parda dos governos Lula e Dilma, algo jamais visto antes na história deste País:

"No sistema judiciário brasileiro, que é o pior do mundo, quanto mais alta a escala do judiciário, mais eficiente é a Corte. O mensalão, se estivesse sendo julgado na primeira instância, em diferentes tribunais, quantos anos seriam necessários para que houvesse um trânsito em julgado? Talvez uns 60 anos, porque um condenado recorreria ao Tribunal de Justiça, depois ao Superior Tribunal de Justiça"


Cláudio Weber Abramo, diretor-executivo da ONG Transparência Brasil