Tarso busca desculpa para escapar da disputa pela reeleição

Na sua coluna de hoje de O Globo, o jornalista Jorge Moreno, que tem frequência livre no Planalto, transcreve esta declaração do governador Tarso Genro:

- Se Dilma tiver dois palanques no RS, vou repensar minha candidatura à reeleição.

. “Pobre Tarso”, diz Roberto Moreno, apontando para o fato de que Ana Amélia, PP; Sartori, PMDB; Vieira da Cunha, PDT, todos terão Dilma no palanque.
O jornalista de O Globo está enganado, porque Ana Amélia e Sartori não apoiarão Dilma.


. Tarso Genro, que faz péssimo governo, terá que arranjar outra desculpa para escapar da derrota inevitável.

. Nas eleições de 2014, ao contrário do que aconteceu em 2010, Tarso enfrenta candidatos muito competitivos, paga o preço do péssimo governo que faz, mas sobretudo não pode usar a Polícia Federal par desestabilizar e destruir os adversários. 

Dilma irá encontrar-se na segunda com o presidente esquerdista do Peru

A presidente Dilma Roussef será recebida na segunda-feira pelo presidente peruano, Ollanta Humala. O Peru, apesar do caráter esquerdista do presidente, segue receituário econômico conservador e é o que registra melhor desempenho este ano na América Latina. De janeiro a setembro deste ano, a corrente de comércio bilateral registrou alta de 8,8% com relação ao ano anterior, alcançando US$ 2,9 bilhões. Entre os países da América do Sul, o Peru é o terceiro maior destino dos investimentos brasileiros, com estoque de US$ 1,9 bilhão.

Programação impercível na Feira do Livro deste sábado em Porto Alegre

Ao lado, informações completas sobre "Cabo de Guerra". CLIQUE AQUI para examinar o capítulo sobre o assassinato do secretário do governo Yeda em Brasília, Marcelo Cavalcante, inclusive fotos do inquérito policial. 



Este é o penúltimo fim de semana da 59ª. Feira do Livro de Porto Alegre, considerado o maior evento do genro a céu aberto no Brasil. Examine toda a programação no link a seguir. A feira termina no dia 17.

. Os livros do editor, “Cabo de Guerra” e “Herança Maldita”, estão à venda na banca da ARI (Associação Riograndense de Imprensa)

CLIQUE AQUI para acompanhar a programação de hoje, inclusive sessões de autógrafos.


Impostômetro, Detran do RS, 10 meses de arrecadação: R$ 925,2 milhões

Portal da Transparência RS, até 07.11.2013
R$ 925.238.814,75

CLIQUE AQUI para saber mais.

Koutzi permanece internado na UTI do Moinhos, mas seu estado de saúde é estável

O Hospital Moinhos de Vento não emitiu nenhum novo boletim médico sobre o estado de saúde do ex-deputado e dirigente estadual do PT, Flávio Koutzi. O hospital informa que o boletim representa o estado atual do paciente. Leia:

 Informamos que o paciente Flávio Koutzii permanece internado no Centro de Tratamento Intensivo Adulto do Hospital Moinhos de Vento.
O estado de saúde é estável, respirando espontaneamente e lúcido.

PT elege novos diretórios neste domingo. Rui Falcão deve ser reeleito presidente nacional do Partido.

O PT elege seus novos diretórios nacional, estaduais e municipais neste domingo. Eis os candidatos para o nacional e para o estadual do RS:

Brasil – Rui Falcão, atual presidente, o mais provável vencedor; Markus Sokol, Paulo Teixeira, Renato Simões, Sege Goulart e Valter Pomar.

RS – Jairo Jorge, prefeito de Canoas, o mais provável vencedor; Ary Vannazzi, Laércio Barbosa, Paulo Pimenta e Stela Farias. 

Entrevista, Percival Puggina - Por que os black blocs só atacam governos que não são do PT ?

As fotos ao lado são da revista poca que já circula. As instalações são do centro de treinamento de guerrilha urbana de um do braço nacional dos Black Blocs, que funciona com dinheiro estrangeiro e do setor público. A Polícia Federal (governo Dilma) e a Polícia Civil (governo Alckmin), o Ministério Público Federal, todos sabem do que se trata e não reprimem.


ENTREVISTA
Percival Puggina, escritor.
Entrevista concedida nesta quinta a noite ao programa “Cenários”, transmitido on line pela IP TV nos sites WWW.polibiobraga.com.br e WWW.leandrostormer.com.br

O uso continuado da violência, sobretudo sob a condução dos chamados Black Blocs, é acontecimento espontâneo ou tem objetivos políticos definidos ?
Bem definidos.

Como é isto ?
As manifestações foram articuladas inicialmente em São Paulo para emparedar o governador Alckmin, PSDB, visando facilitar a vitória do PT em 2014 no Estado. Acontece que isto fugiu do controle e virou aqueles enormes protestos de massa em São Paulo e Rio. E neste caso, PT e seus governos foram os alvos. A desmobilização do povo na rua começou quando grupos violentos foram infiltrados para assustar as pessoas de bem que protestavam. E funcionou.

Eles estão a serviço de quem ?:
Jaboti não sobe em árvore: no Rio, é tudo contra o governador Cabral e o prefeito Paes, PMDB; em São Paulo, contra o governador Alckmin, PSDB, mas não contra o prefeito Haddad, PT; em Porto Alegre, as ações atacam o prefeito Fortunati, PDT, mas não o governador Tarso Genro, PT; em Brasília, tudo se resume a ataques ao Congresso, mas não aos governos Dilma e Agnelo Queiroz , PT.

E ?
E ?

Black Bloc confessa que recebe dinheiro estrangeiro para fazer guerrilha urbana

O título original da reportagem de capa da revista Época desta semana é este: "Black Blocs afirmam que são financiados por ONGs nacionais e estrangeiras". A revista  passou o fim de semana num campo de treinamento do grupo que adotou o quebra-quebra como forma de manifestação política. A reportagem é de Leonel Rocha. Leia:

Em um sítio no interior de São Paulo, pouco mais de 30 pessoas se reuniram, no fim de semana do Dia dos Finados, para organizar uma nova onda de protestos contra tudo e contra todos. O local se tornou um centro de treinamento para uma minoria que adotou o quebra-quebra como forma de manifestação política e ficou conhecida comoBlack Bloc. O repórter Leonel Rocha testemunhou as reuniões e relata na edição de ÉPOCA desta semana que, ao contrário do que afirmam órgãos de segurança federais e estaduais, eles não são manifestantes que aparecem nos protestos "do nada", sem organização. Os Black Blocs têm método, objetivos, um programa de atuação e, segundo afirmaram, acesso a financiamento de entidades estrangeiras.
De acordo com Leonardo Morelli, jornalista que coordena a ONG Defensoria Social, braço visível e oficial que apoia os Black Blocs, a ONG Instituto St Quasar, ligada a causas ambientais, já repassou, neste ano, € 100 mil aos cofres da entidade. Morelli recebeu a reportagem de ÉPOCA no sítio em São Paulo. Segundo ele, o próprio veículo (uma Kombi) que levou Leonel Rocha ao local do treinamento, a partir do vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), foi financiado com doação de entidades nacionais e estrangeiras. Morelli diz que um Jeep Willys também foi comprado com esse dinheiro. Ele também cita entre seus doadores organizações como as suíças La Maison des Associations Socio-Politiques, sediada em Genebra, e Les Idées, entidade ligada ao deputado verde Jean Rossiaud. Procurados por ÉPOCA, ambas negaram ter enviado dinheiro. Morelli diz que a Defensoria Social também foi abastecida pelo Fundo Nacional de Solidariedade, da CNBB. A CNBB negou os repasses. Morelli ainda relacionou entre seus contatos os padres católicos Combonianos e a Central Operária Boliviana.

Dólar subiu 2,71% na semana, empurrado por mudanças nos front interno e externo

O dólar avançou nessa sesta sobre o real, subindo 0,51%, a 2,31 reais na venda.  A moeda subiu quase 2% ao longo do dia e encostou em 2,35 reais, com as desconfianças sobre os atuais fundamentos da economia brasileira e a expectativa de que o programa de estímulos do Federal Reserve (Fed - banco central dos Estados Unidos) comece a ser reduzido em breve diante de dados positivos sobre o mercado de trabalho norte-americano. O movimento de alta perdeu força na parte final do pregão e fez com que a valorização da semana ficasse em 2,71%.

. Pela manhã, dados melhores do que o esperado sobre o emprego nos Estados Unidos levaram o dólar a registrar forte alta.

CERVEJAS ARTESANAIS PARA PRONTA ENTREGA  - PARA SEU ALMOÇO,  HAPPY HOUR 
OU  JANTAR DESTE SÁBADO, COM CLIENTES E AMIGOS
Aberto entre 10h e 20h, sem intervalo, inclusive neste sábado
125 rótulos para comprar e levar na hora, No Bier Markt Shop, Porto Alegre. Você também pode beber no local, que conta com 4 torneiras de chopes. 
Abre as 10h e fecha as 20h, de segunda a sábado, a nova shop-in-shop do Bier Markt dentro da loja Spirito Santo, 24 de Outubro 513, Porto Alegre, que entrega na hora qualquer quantidade das cervejas artesanais dos 125 rótulos de várias partes do mundo já disponíveis nela. Com duas casas noturnas na cidade, a empresa já abiscoitou por quatro anos seguidos o primeiro lugar de Veja. 
No local também operam 4 torneiras de chopes artesanais, que podem ser apreciados ali mesmo.

Rose, a ex-amante de Lula, diz para Veja que é inocente: "Eu não fiz nada de errado"

A foto é de Jeferson Coppola, também de Veja desta semana. 

SOBRE CORRUPÇÃO - "Eu era a chefe do escritório da Presidência. Nada mais natural do que encaminhar pedidos. Nunca recebi nada por isso"
CORRUPÇÃO - "Nada mais natural do que encaminhar pedidos. Nunca recebi nada por isso"  

Ao falar esta semana para a repórter Adriana Ceolin em SP, Rose disse que é inocente e que não era amante de Lula. Leia tudo:

Rosemary Noronha sabia desfrutar o poder quando era chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo. Amiga íntima do ex-presidente Lula, ela empregava parentes na administração, intermediava negócios milionários para amigos e familiares, hospedava-se em aposentos de luxo mundo afora e tinha um talento especial para ganhar cortesias — de diárias em resorts de luxo a ingressos para shows de artistas consagrados. Rose era cortejada por servidores graduados e empresários por um motivo bem simples: ela abria as portas dos gabinetes mais poderosos, inclusive o mais importante deles, no 3º andar do Palácio do Planalto. Desconhecida do grande público, Rose levava uma vida de rainha. Foi assim até novembro do ano passado, quando a Polícia Federal desbaratou uma quadrilha que defendia interesses privados no governo em troca de propina. Seis pessoas foram presas. Outras doze, indiciadas. Apontada como protagonista da teia criminosa que mercadejava pareceres de órgãos técnicos, Rose perdeu o emprego, a influência e o prumo. Caiu do pedestal e sumiu do mapa.


. Na semana passada, um ano depois da ação da PF, Rose quebrou o silêncio a que tinha se submetido por orientação de advogados e petistas graúdos. Em conversa com VEJA, a poderosa de outrora, conhecida pela arrogância no trato com subordinados, se disse inocente e injustiçada. Apresentou-se ainda como vítima de trapaças de ex-companheiros e de insinuações maliciosas da imprensa. “Não fiz nada de errado. E tenho certeza disso. Sou inocente.” 

. Magra e com aparência bem cuidada, Rose conversou por quase uma hora com a reportagem, num shopping paulistano, sempre mantendo o olhar fixo no interlocutor. Firme na forma e frágil no conteúdo, rebateu as acusações de modo genérico. Mostrou-se também bastante magoada. Um dos motivos é a ligação com o ex-presidente Lula. Segundo Rose, os dois jamais tiveram uma relação de intimidade. “Minha relação com ele é de amizade, fidelidade, e totalmente profissional. As nossas famílias se conhecem desde que as crianças eram pequenas.”

Abre esta manhã Festa do Pêssego de Porto Alegre

A 29ª Festa do Pêssego Municipal, evento tradicional de Porto Alegre, abre ao público neste sábado, a partir das 9h, no Centro de Eventos Vereador Ervino Besson, na avenida João Salomoni, 1340, bairro Vila Nova

Nova lei da Câmara desata nó de prédios inacabados e prédios históricos deteriorados

Eis as duas principais regras para os proprietários beneficiados com a lei aprovada na Câmara de Vereadores prevendo a conclusão de prédios inacabados ou a restauração de prédios históricos localizados no centro de Porto Alegre:

1) O projeto permite a conclusão das obras sob o regime do Plano Diretor da década de 70, menos rígido quanto a limites a construções. Uma emenda prevê que ainda sejam contemplados os projetos na planta, aprovados antes de 1999, quando as diretrizes foram alteradas. O projeto contém a previsão de desapropriação se, em até um ano, os proprietários não reivindicarem os benefícios da lei ou se, beneficiados, não acabarem os projetos em três anos. 

2) Os prédios históricos deteriorados, decorrentes sobre tudo da falta de entendimento entre herdeiros (há casos de até 100 herdeiros num só imóvel) é uma das principais dificuldades para a preservação ou utilização adequada das construções. É de interesse da Prefeitura intermediar para dar um destino adequado à estética da cidade e à utilização dos locais, mas que a demora é inevitável quando os casos vão parar na justiça. 

Artigo, Ruth Aquino, Época - A mãe do PAQ: o Brasil vive um programa de aceleração da queda

O Brasil vive um programa de aceleração da queda. Só quem vê crescimento é a mãe coruja
Publicado originalmente no site da Revista Época (http://epoca.globo.com)

 A troca do C pelo Q não é erro de revisão. O Brasil vive um Programa de Aceleração
da Queda (PAQ). Só quem vê "crescimento" é a mãe coruja, Dilma Rousseff, o pai, Lula, e o padrinho, Mantega. O objetivo não é afogar o leitor em números e porcentagens. Bilhões são um conceito tão remoto para nós quanto a moda ridícula dos desfiles "fashion". Mas alguns valores e siglas precisam ser exibidos porque, em algum momento, quem pagará o pato é você - ou alguém duvida que a família do PAQ terá ainda mais fome de arrecadação em ano eleitoral? Para cobrir o rombo da saia, todos os impostos - como o IPTU, para citar apenas um - terão de ser aumentados acima da inflação. E outros, como a CPMF, serão relançados sob outro nome, para disfarçar o assalto. Aguentem os próximos parágrafos. Eles justificam os temores de quem sabe a diferença entre crescimento e queda.

As contas públicas - e isso engloba União, Estados, municípios e estatais - tiveram um déficit de R$ 9,048 bilhões em setembro. O pior resultado em 12 anos, desde 2001. O governo diz que é um resultado "sazonal", por causa da antecipação do 13o, do aumento do salário mínimo em 9%, da redução de receitas e da alta dos juros. Mas todo ano tem setembro e dezembro. Não se inventou ainda o ano de dez meses.
Como explicar o enorme déficit no Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) num país que comemora a queda no desemprego? Ele deve fechar o ano com menos R$ 7,2 bilhões, o pior resultado desde que foi criado, em 1990. Qual será a solução? O governo exigirá curso de reciclagem a quem quiser sacar o seguro-desemprego. Toma!


Pagamos menos de conta de luz? A redução carinhosa deu um curto-circuito nas contas públicas. A luz mais barata resultou em R$ 2 bilhões a menos nas receitas do Tesouro no mês de setembro. Alguém acha mesmo que o Tesouro ficará assim, mais pobrezinho? O populismo é uma doença autoimune e destrói as defesas o organismo.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Artigo, Lobão - A era do rebelde chapa-branca

Clique em cima para ampliar e ler. É veja deste final de semana, que já circula. 




De Rodrigo Constantino no Face, sabado:

Espetacular a estreia de Lobão JL Woerdenbag Filho na Veja impressa! Simplesmente desceu o sarrafo, sem dó nem piedade, nos "rebeldes chapa-branca", aqueles que mamam no sistema e vivem de atacar o sistema. Racionais, Gil, Caetano, Chico Buarque, Paula Lavigne, a turma toda da ESQUERDA CAVIAR citada nessa coluna imperdível. Golaço da Veja!

Aécio critica governo Dilma: "Sem planejamento nem capacidade de execução"

Em contraposição à presidente Dilma Rousseff, que disse ser um “absurdo” paralisar obras, como o Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou esta semana, o pré-candidato do PSDB à Presidência da República, senador Aécio Neves (MG), acusou ontem o governo federal de ser o responsável pelas deficiências apontadas por técnicos e ministros da Corte de fiscalização. Para Aécio – que cumpriu agenda política em Manaus, cidade governada pelo tucano Artur Virgílio Neto –, a gestão petista não tem “planejamento nem capacidade de execução” de projetos.

. “O Brasil é um cemitério de obras inacabadas não por culpa do TCU, mas da ausência de planejamento, de projetos que não são feitos adequadamente”, atacou. Na quinta-feira, o TCU recomendou ao Congresso a paralisação de sete das 136 obras fiscalizadas em 2013 por indícios de irregularidades graves, como sobre preço, superfaturamento e erros na execução do projeto básico.

. O PT quer nos fazer crer que é natural planejar uma obra e apresentar um projeto absolutamente distante daquilo que vai ser executado. A paralisação dessas obras é fruto, na minha avaliação, da incapacidade de gerenciar do governo”, atacou o tucano, ao lado do prefeito Artur Virgílio Neto.

. Aécio criticou mais uma vez as “privatizações atabalhoadas” do governo federal. “O PT passou 10 anos demonizando as privatizações, as concessões e as parcerias com o setor privado. E curva-se a elas no final do governo, mas de forma atabalhoada, apressada, e isso tem custado caro ao Brasil”, disse, referindo-se, principalmente, ao leilão do primeiro campo do pré-sal.

Rombo no governo Dilma será de R$ 534 bilhões

A administração Dilma Rousseff deixará uma marca nada agradável para um governante: entre 2011 e 2014, o rombo nas contas do setor público deverá totalizar R$ 534,6 bilhões, segundo as estimativas mais conservadoras do mercado e da equipe econômica. O buraco será maior do que os R$ 500 bilhões em investimentos prometidos pela presidente da República por meio das concessões de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, um claro sinal de descontrole das finanças federais.

. Para os especialistas, o próximo ano será tão complicado, com o deficit podendo chegar a 4% do Produto Interno Bruto (PIB), que o futuro comandante do Palácio do Planalto será obrigado a aumentar impostos para manter o país governável.

. Em relação ao primeiro mandato de Lula, quando houve deficit nominal (que inclui os juros da dívida pública) de R$ 308,1 bilhões, o rombo do governo Dilma será 73,5% maior. Na comparação com os últimos quatro anos do petista, nos quais faltaram R$ 336,3 bilhões para o fechamento das contas, o salto foi 59%.

. Não à toa, o Brasil está sob total descrença entre os investidores e pode ser rebaixado pelas agências de classificação de risco, fato que, se confirmado, elevará o custo dos empréstimos que as empresas fazem no exterior para incrementar negócios no país.

Dilma critica TCU: "Acho um absurdo parar obras em andamento só por causa de superfaturamento"

A presidente Dilma Rousseff criticou ontem, em entrevista a rádios do Sul, a possibilidade de paralisação de obras públicas devido a irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Respondendo a uma pergunta sobre a conclusão da BR-448, uma das sete obras em que o TCU verificou indícios de superfaturamento, Dilma disse que acha “um absurdo” parar projetos em andamento.  — Eu acho um absurdo paralisar obra.

. Dilma confirmou que vai participar da inauguração da rodovia, na Região Metropolitana de Porto Alegre, apesar da recomendação do TCU. Pelo cronograma do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), a rodovia deve ser inaugurada no dia 19 de dezembro, depois de dois atrasos. Mesmo assim, alguns acessos devem ser concluídos após a inauguração.

. O Tribunal de Contas da União (TCU) não quis comentar as declarações da presidente Dilma. Na última quarta-feira, o tribunal decidiu recomendar ao Congresso a paralisação das obras da BR-448, na Região Metropolitana de Porto Alegre, devido a indícios de irregularidade grave. Para o TCU, houve superfaturamento de R$ 91 milhões em  três contratos que cobrem a construção de 22,34 quilômetros da nova rodovia, que ligará Porto Alegre a Sapucaia do Sul.

. Orçada em R$ 1 bilhão, a BR-448 faz parte de uma lista de sete obras que tiveram a paralisação recomendada nesta semana, por causa de indícios de irregularidade grave. A ideia é que essas obras não recebam mais recursos públicos até a regularização dos problemas. Ou seja, que fiquem fora do Orçamento de 2014, que ainda será votado por deputados e senadores.

STF já recebeu recursos de 13 réus do mensalão

O Supremo Tribunal Federal já recebeu recursos de 13 dos 15 réus do mensalão que pedem a revisão das penas a que foram condenados. Termina na segunda-feira o prazo para que os réus que têm direito aos embargos infringentes protocolem o recurso. Ontem foram apresentadas as defesas do ex-presidente do PT José Genoino e do empresário Marcos Valério.

. Em petição que mistura argumentos jurídicos, desabafo e desagravo, os advogados de Genoino pedem que o tribunal reverta sua condenação pelo crime de formação de quadrilha.

Articuladora política da presidente fica com base eleitoral desarticulada em SC

Ideli Salvatti, a ministra responsável pela articulação política da presidente Dilma Rousseff com o Congresso e com os partido da base aliada, deve sofrer uma derrota política amanhã em Santa Catarina, sua base. Seu adversário interno no PT, o ex-deputado Cláudio Vignatti, é favorito na disputa pelo comando do partido. As eleições internas petistas ocorrerão em todo o País neste domingo, com embates municipais, estaduais e nacional. Quem vencer, dirigirá a sigla nas eleições de 2014.

. A provável derrota do candidato de preferência da ministra, Paulo Eccel, prefeito de Brusque, deve ter influência na montagem do palanque estadual e atrapalhar os planos de Ideli. Ela, assim como Eccel, defende o apoio à reeleição do governador Raimundo Colombo (PSD). Na chapa, pretende se lançar ao Senado. Vignatti é defensor da candidatura própria petista.