Motoristas dissidentes querem infernizar de novo os porto-alegrenses nesta quinta-feira

Trabalhadores dissidentes do sindicato dos rodoviários de Porto Alegre devem realizar operação-padrão em dois períodos desta quinta-feira. Nos intervalos das 7h às 9h e das 17h às 19h, parte dos ônibus devem circular pela Capital com até metade da velocidade máxima permitida, 60 km/h. A mobilização é uma alusão ao Dia dos Motoristas, lembrado nesta quinta, e uma manifestação contra multas aplicadas, devido ao excesso de velocidade, pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) aos motoristas.

O mensaleiro Genoíno é internado com dores no peito. Médicos avisam que ele não corre risco de morrer.

O deputado federal pelo PT, José Genoino, de 67 anos, é submetido a uma série de exames clínicos e permanecerá em observação médica até o final do dia. De acordo com assessores, ele passa bem e não corre o risco de morrer.

Serra ataca Dilma, Lula e o PT: "O clima político é semelhante aos finais dos governos Goulart e Collor. O lulismo acabou".

O site www.brasil247.com.br, ainda há pouco (17h30min de quarta-feira) revelou que o ex-senador José Serra, numa teleconferência desta tarde, disse com todas as letras que nenhum ministro do governo da presidente Dilma Rousseff está à altura de seu cargo. Ele avisou o seguinte:

-  O clima político é semelhante aos últimos seis meses do governo do presidente João Goulart (interrompido pelo golpe militar de 1º de abril de 1964)" ou dos últimos dias do governo Collor (encerrado por impeachment).

Leia mais:

A herança que Dilma deixará a ela mesma, caso se reeleja em 2014, ou a outro político será semelhante àquela que o ditador João Figueiredo passou ao civil José Sarney, em 1985, ou à que Collor passou, com o impeachment, ao seu vice Itamar Franco, em 1993: situações quase inadministráveis.
O quadro acima foi, traço a traço, pintado no início da tarde desta quarta-feira 24 pelo ex-governador José Serra, na teleconferência "Tendências da economia brasileira e desafios para a política econômica". O presidenciável tucano procurou não deixar pedra sobre pedra no edifício da atual gestão. "Falta tudo, não há metas e não há prioridades. O ponto mais fraco desse governo é a gestão. Nunca vi uma equipe tão fraca, e quem escala a equipe é o chefe, é o presidente da República", disse.


Antes de derivar pela política, Serra definiu sete características do atual momento econômico. Para ele, o modelo de expansão pelo consumo está esgotado. "O ciclo do lulismo acabou, e o pior é que o governo não está apresentando uma alternativa para a superação desse modelo", afirmou o ex-governador. 

CLIQUE AQUI para ler mais.

60% dos leitores acham que Joaquim Barbosa fez bem em esnobar Dilma

O presidente do STF fez bem em negar o cumprimento a Dilma na frente do Papa? Esta foi a pergunta da enquete mais recente desta página. A maioria, 60%, acha que Joaquim Barbosa fez muito bem, mas um número grande de leitores não gostaram da grosseria.

. Veja as respostas:

Isto não se faz. É falta de gentileza, urbanidade e respeito: 39%

Claro que sim. Por que ele propiciaria foto para Dilma se redimir perante o povo? 60%

TCE do RS retém divulgação de verdadeiros valores recebidos por seus servidores

O editor examinou com atenção as publicações feitas até agora sobre os rendimentos mensais dos servidores públicos do RS, porque sabe por experiência própria e informações que recebe diariamente o seguinte:
- As remunerações apresentadas não são as efetivamente recebidas por boa parte dos servidores.

. Executivo, Legislativo e Judiciário já disponibilizam seus dados na Internet, mas o Tribunal de Contas do Estado, justamente o órgão que deve fiscalizar a veracidade das contas de todos, reluta em fazer o mesmo e casar nomes com valores.

. E é sobre o caso do TCE do RS que o editor descobriu o seguinte (isto vale também para os demais Poderes):
- Existe mais de uma centena de casos em que a remuneração dos servidores é colocada com o valor de R$ 28.059,29, o teto máximo de um ministro do STF, mas que na verdade recebem valores que variam entre R$ 30 mil a R$ 50 mil por mês.

. O que há ?
- O que ocorre é que os contracheques incluem valores referentes a incorporações questionáveis de FGs (Funções Gratificadas) bancadas pelos Conselheiros do TCE, o que eleva drasticamente as remunerações.

. Isto significa que na semana que vem, quando a Justiça fulminar o recurso da Astc para não ver nomes divulgados, será preciso disponibilizar os valores brutos verdadeiros recebidos como remuneração por cada um.
- O Ministério Público Estadual informa os valores reais e informa o que ultrapassa o teto. 

BNDES decidiu emprestar R$ 36 milhões para fortalecer produção nos assentamos de sem-terras do RS

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou nesta quarta a tarde ao editor que  aprovou operação no valor de R$ 36 milhões para projetos de qualificação e fortalecimento de atividades produtivas em assentamentos da reforma agrária no Rio Grande do Sul. Os recursos são não reembolsáveis, provenientes do BNDES Fundo Social, e serão concedidos ao governo do Estado para o Programa de Qualificação da Infraestrutura Básica e Produtiva dos Assentamentos, operacionalizado pelo Fundo de Terras do Estado do Rio Grande do Sul (FUNTERRA). A esse montante somam-se R$ 30 milhões contratados em abril de 2012, no âmbito da linha BNDES Estados, e mais R$ 6 milhões, assegurados pelo Governo do Estado para investimentos adicionais nos assentamentos. No total, R$ 72 milhões em recursos serão destinados à inclusão socioprodutiva nos assentamentos da reforma agrária gaúchos. Uma equipe do Banco estará na próxima semana no Rio Grande do Sul, em visita de acompanhamento aos projetos. Técnicos do Banco participam de reunião na segunda-feira, 29, na Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, em Porto Alegre. No dia seguinte, a equipe segue para Eldorado do Sul, onde visita o assentamento da Cootraf. Na sequência, serão visitadas as cooperativas Cooperterra, em Tupanciretã (dia 31), Cooperforte, em Santana do Livramento (1º/8), e Cooperal, em Hulha Negra (2/8).

. As operações contratadas pelo BNDES buscam apoiar projetos de estruturação e qualificação de empreendimentos produtivos coletivos. Os beneficiários são famílias de trabalhadores rurais de assentamentos regularmente cadastrados no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) e organizadas em cooperativas ou associações.

. Dentre os projetos estruturantes identificados como oportunidades de investimento, estão a reestruturação da cadeia produtiva do leite, a produção e qualificação de arroz ecológico e a instalação de padaria, cozinhas e unidades de processamento de vegetais nos assentamentos. Os projetos terão ênfase na inclusão socioprodutiva de mulheres, possibilitando a redução da desigualdade de gênero. Até o momento, já foram aprovados 27 projetos, no valor global de R$ 6,8 milhões, com potencial para beneficiar 4.849 pessoas.

O Governo do Estado, com suporte do Banco de Desenvolvimento do Estado do Rio Grande do Sul (BADESUL) e da EMATER/RS, será o responsável pelo acompanhamento direto da execução dos projetos e pela comprovação físico-financeira dos recursos liberados pelo BNDES. Estima-se que mais de 13 mil famílias de agricultores gaúchos sejam beneficiadas, ao final da operação.

Publivar é a nova dona da conta publicitária do Grupo Record no RS

 A  Centro não atende mais a conta publicitária do Grupo Record no RS (TV Record, Rádio Guaíba e Correio do Povo). A conta foi para a Publivar.

Ibope mostrará nesta quinta a face mal avaliada do governo Tarso Genro

A partir desta quinta-feira o governador Tarso Genro terá mais do que o frio para se queixar, porque sairá a pesquisa Ibope-CNI sobre a apreciação do seu governo por parte da população gaúcha.

. Ele apareceu muito mal na pesquisa.

. Muito mal mesmo.

. Bem pior do que Dilma Roussef. 

ACI de Novo Hamburgo avisa que economia dá sinais claros de desaceleração

Saiu nesta quarta-feira o relatório sobre o estado da economia, apresentado segunda-feira ao Comitê de Economia da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha.O editor examinou o material. 

. O assessor econômico da ACI, Luiz Carlos Kopschina constatou que a falta de confiança na política econômica, a queda no PIB e a inflação no limite da meta, ocasionam uma produtividade em queda e perda de mercado pela competitividade.  Eis a análise dele:

- Estes fatores pressionam custos de produção, afetando a rentabilidade das empresas.

.  Luis Carlos Kopschina voltou a afirmar o que já havia enfatizado há um ano:

- Continuamos a sobrecarregar a classe empresarial com impostos elevados e complexos, infraestrutura precária, legislação trabalhista arcaica, elevados custos de logística e de insumos industriais e por fim, uma mão de obra que nos últimos anos se tornou escassa e demasiadamente cara, quando comparada com a sua produtividade. Precisamos de reformas institucionais de imediato para restaurar a confiança no futuro. 

Confiança dos industriais gaúchos despencaram para níveis da crise global de 2008

 A confiança dos industriais gaúchos caiu pela quinta vez consecutiva e somou 48,6 pontos em julho, de um total de 100, atingindo o menor patamar em quatro anos. O índice, medido pela Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS), recuou 5,3 pontos em comparação com junho. "A confiança, que já vinha sendo corroída sistematicamente por fatores como a falta de competividade, a inflação elevada e o ambiente externo desfavorável, atingiu a faixa de pessimismo com a retomada da política de elevação dos juros e com a perspectiva de menor crescimento da economia", afirmou o presidente da FIERGS, Heitor José Müller. Com a forte queda, o Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI/RS) voltou ao patamar do início de 2009, quando sofria os efeitos da crise financeira internacional que levou o setor fabril a uma forte recessão. A redução em julho refletiu, sobretudo, à expressiva desaceleração nas condições atuais da empresa e da economia gaúcha e brasileira (42,1 pontos). 

. As expectativas dos industriais para os próximos seis meses também diminuíram fortemente. O índice caiu de 56,6 pontos, em junho, para os atuais 52,0, demonstrando pouco otimismo com o futuro da empresa e pessimo com a economia brasileira

Fiergs confirma que quer manutenção de imposto mais alto para o comércio do RS

Mesmo sem manifestações públicas - por enquanto - a posição de Heitor Muller causa revolta entre as lideranças do comércio de todo o RS. 

A Fiergs confirmou nesta quarta-feira que apóia o governo gaúcho no veto à redução de impostos ao comércio varejista do RS. Nesta qterça-feira, liderados por Federasul, Associação Gaúcha do Varejo e CDL de Porto Alegre, 2 mil manifestantes protestaram diante do Palácio Piratini, pedindo a imediata revogação do decreto que instituiu a cobrança do chamado Imposto da Fronteira, um adicional de 5% sobre as compras de produtos de outros Estados. Estados como PR e Santa Catarina não cobram isto. A Fiergs tem mantido posição subalterna em relação ao Piratini e ao Planalto. 

. A falta de solidariedade da Fiergs com o comércio é atribuída ao desejo da Fiergs de proteger a indústria local. Aliás, graças ao esforço de Heitor Muller e do seu colega da Federação de CDLs, Vitor Koch, o governo estadual revogou a cobrança dos 5% para o setor industrial do Estado. Curiosamente, Vitor Koch, que deveria ser o líder estadual do comércio varejista, anunciou o benefício para a indústria, mas não para sua categoria.

Porto Alegre é a capital que tem a menor taxa de desemprego do Brasil, apenas 3,9%. Taxa diz que tecnicamente não há desempregado na Capital do RS.

O IBGE divulgou nesta quarta-feira que a  taxa de desemprego na região Metropolitana de Porto Alegre é a menor do País para o mês de junho: 3,9% ante 6,0% da média nacional. Além disso, o índice é o mais baixo desde 2002, segundo a Pesquisa de Emprego e Desemprego (PME). Na Grande Porto Alegre, a taxa de desocupação permaneceu estável se comparada a maio deste ano e junho de 2012. Atualmente, a população ocupada, de cerca de 1.922 mil pessoas, apresentou estabilidade no mês e no ano. A população desocupada, com aproximadamente 78 mil pessoas, não variou nas comparações mensal e anual.

. Em relação às outras cinco capitais pesquisadas pelo IBGE - São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Salvador -, Porto Alegre tem o menor índice de desocupação do País. A capital baiana lidera a lista com 8,8%.

Rendimentos:
. O rendimento médio real da população ocupada na Região Metropolitana de Porto Alegre teve leve alta. Estimado em R$ 1.870,70, em junho de 2013, registrou aumento de 3,2% na comparação mensal e de 6,3% no ano.

Vaticano critica oportunismo de Dilma e quer distância das armadilhas políticas da presidente

CLIQUE AQUI, também, para ler o artigo "Proselitismo religioso", de Merval Pereira, O Globo.

- O discurso de Dilma ao receber o Papa foi inoportuno e demagógico, mas só agora se conhece a extensão do plano do Planalto para tirar proveito político da visita. O material a seguir é do blog Ucho, mas reflete o que os principais jornais já tinham colocado ontem. 

Na tentativa desesperada de escapar da crise que chacoalha o governo, a presidente Dilma Rousseff acrescentou mais uma derrota política ao seu currículo. Aproveitando a visita do papa Francisco para distrair a opinião pública, Dilma abusou do oportunismo ao pedir ao religioso apoio da Igreja Católica para projetos internacionais de combate à fome.

Trata-se de uma estratégia velha e conhecida, muito utilizada pelo então presidente Lula, agora um bem sucedido lobista de empreiteiras, para minimizar os efeitos colaterais dos escândalos de corrupção que marcaram seus dois governos.

A cúpula do Vaticano já descartou a possibilidade de aceitar o pedido da presidente, assim como não quer ver a Igreja Católica sendo utilizada como massa de manobra por um governo que está debaixo de sérias acusações e enfrenta uma incontestável crise de credibilidade.

A necessidade de colar sua imagem à popularidade crescente do papa Francisco levou Dilma a um ato impensado. A presidente enviou ao Vaticano uma carta em que pediu para que o papa transformasse sua vinda ao Brasil em viagem de chefe de Estado, o que, de acordo com o protocolo, o obrigaria a fazer escala em Brasília. Conhecedor das muitas artimanhas que impulsionam a política, o papa descartou de pronto o pedido de Dilma.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Lerner virá dia 30 ao RS para lançar novo projeto urbanístico em Pelotas. Empreendimento será de Joal Teitelbaum e Guapo Capital Group.

Jaime Lerner, ex-prefeito de Curitiba e ex-governador do Paraná, mais conhecido internacionalmente como arquiteto, virá dia 30 a Porto Alegre e dia 31 em Pelotas, para apresentar um novo projeto urbanístico na cidade, desta vez por iniciativa de duas empresas privadas, o Escritório de Engenharia Joal Teitelbaum e o Guapo Capital Group.

. O anúncio foi agendado para o Sheraton, 12h.

. Joal Teitelbaum, do Escritório de Engenharia, e Nelson Proença, do Guapo, serão os anfitriões. 

Fortunati definirá esta semana os novos diretores da Procempa

O prefeito José Fortunati definirá a qualquer momento os nomes dos novos presidente e diretor de Tecnologia da Procempa, a estatal municipal de TI.

. O PTB ficará com Cristiano Candaten na presidência.

. Caberá ao PMDB a diretoria de Tecnologia e os nomes mais fortes são os de Roni Marques, Ricardo Orlandini, Paulo Kap e Marcelo Neubauer.

PDT terá dead line para sair do governo e lançar Vieira da Cunha para o Piratini

Decidido a disputar com candidato próprio as eleições para governador do RS no ano que vem, o PDT do RS quer definir no dia 31 o dead line para sair do governo. Carlos Lupi estará presente.

. Esta semana, o ex-deputado Pompeo de Matos avisou que o melhor candidato trabalhista seria o deputado Vieira da Cunha.

CLIQUE na imagem abaixo para examinar o comentário do editor sobre a sucessão no RS.

Fernão Lara defende voto distrital com recall. leia o artigo do jornalista.

- A melhor reforma política seria a adoção do voto distrital misto (voto proporcional e também voto distrital para os parlamentos), conjugado com o instituto do "recall", na prática uma eleição revogatória do mandato de algum representante. Isto não pode vir isoladamente. 

O jornalista Fernão Lara Mesquita, no seu artigo "Recall, sem batatas nem legumes", publicado na Folha destas terça-feira, avisou que desejava falar com os leitores sobre eleições distritais com "recall", instrumento com que os suíços contam há 167 anos e os americanos há mais de cem e que é o responsável, em última instância, por ter feito dessas sociedades duas das mais prósperas e livres já criadas pelo homem. Leia tudo:

O maior obstáculo para a implantação de uma democracia nesta nossa ilha cercada de língua portuguesa por todos os lados é que o brasileiro médio --e até o brasileiro acima da média-- pensa que já vive numa. Acredita firmemente que já conquistamos o básico e que o que nos falta é enfeitar a obra quando a realidade é justamente o contrário. Não plantamos nem as três pedras fundamentais de qualquer sistema representativo, que são os institutos do um homem, um voto, da igualdade perante a lei ou da garantia de identificação entre representantes e representados.

. As expressões que diferenciam as democracias modernas das suas versões arcaicas tais como "accountability" e "responsiveness", conceitos que definem não só a obrigação do representante de prestar contas de seus atos mas, principalmente, medem a vulnerabilidade dele aos instrumentos à disposição dos representados para garantir que haja resposta a essa cobrança, nem sequer têm tradução exata em português.

. O "recall", para o qual também não existe equivalente em nossa língua, é o mais efetivo desses instrumentos.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

Coredes da Fronteira Oeste protesta pelo aparelhamento da Consulta Popular

Há muita contrariedade nos Coredes (Conselhos Regionais de Desenvolvimento) pela insistência do governo estadual de incluir pautas do PT nas consultas populares.

. O Coredes da Fronteira Oeste protestou formalmente contra as questões ligadas à reforma política.

- Os Coredes e a Consulta Popular foram arremedos criados pelo governo Collares para se contrapor ao mitômano Orçamento Participativo criado pelo PT em Porto Alegre. 

Conselheiro reclama contra aparelhamento do Conselhão do Tarso

Foi um tremendo fracasso a reunião desta terça-feira do Conselhão do Tarso. Apenas dez pessoas compareceram. E desta vez pelo menos um conselheiro reclamou do aparelhamento político introduzido pelo governo nas discussões.

. O ex-presidente da Fiergs, Paulo Vellinho, não gostou da inclusão de discussões sobre o passe livre, assunto levantado pelo Bloco dos Pelados, cujos membros foram recebidos em Palácio.

. E se retirou da reunião.

Antunes vai criar o Movimento Nacional dos Credores de Precatórios

O deputado estadual gaúcho Frederico Antunes, PP, vai criar o Movimento Nacional de Credores de Precatórios. Este tipo de dívida dos governos soma R$ 100 bilhões no Brasil, R$ 50 bilhões apenas em São Paulo.

. No RS, o governo estadual deve R$ 18 bilhões, este ano deve quitar o recorde histórico de R$ 600 milhões, mas neste ritmo, apenas para zerar o atual estoque, levará mais 30 anos.

- O deputado quer novas leis para encontrar formas diferentes de quitação dos precatórios. O que ele propõe:
- Pagamento de impostos.
- Aquisição de imóveis públicos em desuso.
- Pagamentos das prestações dos imóveis do programa "Minha Casa, Minha Vida".
- Quitação de dívidas com o próprio governo.

23 cidades gaúchas enfrentam frio de renguear cusco. Em Porto Alegre, 10h, 5,5 graus.

As 10h da manhã desta quarta-feira a temperatura em Porto Alegre foi de 5,5 graus, mas a sensação térmica é bem inferior, apesar do sol brilhante e céu azul. A manhã desta quarta-feira tem sido muito fria para os gaúchos. Embora a temperatura mínima não tenha sido tão baixa quanto os -4,2 graus registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) na terça-feira, a sensação térmica no Estado chegou a -20°C.

. A ocorrência de vento e os -3°C em São José dos Ausentes, provocam a percepção de -20,8°C. Outras 22 cidades gaúchas também registram sensação térmica negativa, embora em apenas 12 delas os termômetros estejam abaixo de 0°C. Uma em cada três estações do Inmet no Estado registra temperaturas negativas nesta manhã.

 . A possibilidade de cair neve pelo Estado, como ocorreu nos últimos dois dias em sete cidades da Região Central e dos Campos de Cima da Serra, se afasta junto com a massa de ar frio e a umidade, que seguem em direção ao Oceano Atlântico.

ENTENDA POR QUE O PT FRACASSA NO GOVERNO
"Herança Maldita - Os 16 anos do PT em Porto Alegre"
345 páginas, fotos do desastre petista na administração pública, ampla documentação, R$ 50,00
Entrega em 24h em Porto Alegre, por motoboy, e em 48h em qualquer cidade do Brasil, via Sedex, sem custo adicional
Faça seu pedido via polibio.braga@uol.com.br Entraremos em contato imediato para acertar pagamento e envio.

Mais de 2 mil exemplares vendidos. Ampla pesquisa dos quatro anos de governos do PT, além de visitas pessoais a todas as secretarias no momento em que o PT perdeu o Poder em Porto Alegre.
COMPRE AGORA MESMO

Paulo Rabello diz por que as marchas são contra os governos

No artigo que assina hoje no Estadão, intitulado Marcha contra a ditadura, o economista Paulo Rabello de Castro escreve que o  Brasil foi às ruas e marchou contra a ditadura. Como? Leia o que ele tem a dizer:

A afirmação parece estranha, sem sentido. Na ditadura não há passeatas. Ou seriam reprimidas. Mas nem sempre. Toda manifestação coletiva é como um rio caudaloso que tenta romper a parede de contenção da ordem estabelecida. As atuais manifestações sociais, antes de representarem perigo para nossa incipiente democracia, são a força que rompe uma barreira opressora e desentope canais de participação democrática dos cidadãos na vida da Nação. A pergunta é: contra que opressão o povo se levanta, afinal, se não é pelo direito ao voto, este já garantido e com até elevada frequência bienal?

Ao marchar contra as sedes e os palácios de governos, em Brasília e em várias capitais, até mesmo contra prefeituras, deixando intactas as sedes de empresas, fábricas e templos, fica muito claro que a raiva do povo está concentrada em algo contido no trajeto entre o que o cidadão paga pelo funcionamento do País e o que recebe de volta em serviços do Estado, diretos ou concedidos.

O País vive na ditadura econômica do Estado e seu braço operacional é o sistema tributário e fiscal.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Partido de Marina diz que já tem 800 mil assinaturas

A Rede Sustentabilidade, partido que a ex-senadora Marina Silva pretende fundar, anunciou nesta terça-feira que alcançou a marca de 800 mil assinaturas coletadas, mas cobrou agilidade da Justiça Eleitoral para validar as declarações de apoio necessárias para registrar a sigla.

. Em nota, a Rede relata "dificuldades" para que cartórios cumpram o prazo legal de 15 dias para reconhecer as assinaturas protocoladas. Até agora, o grupo conseguiu validar 102 mil fichas de apoio, cerca de 20% das 500 mil necessárias para obter o registro no Tribunal Superior Eleitoral.

UBS divulga relatório detalhado sobre EBX. Números analisados demonstram que grupo não vale quase nada.

Em relatório divulgado nesta terça-feira (clique no link para conhecer a íntegra do material), o banco UBS analisou detalhadamente a situação do grupo EBX de Eike Batista. O banco deixou claro que muitas ações das empresas do grupo estão negociadas perto e até abaixo do valor de liquidação.

. Como as notícias sobre a venda dos ativos do grupo EBX são fortes e consistentes, algumas empresas de Eike registram recuperação na cotação das suas ações de Bolsa. Desde segunda, melhoraram cotações de papéis da MMX Mineração, LLX Logística, OGX Petróleo e OSX Brasil.

. A CCX Carvão, que tem interesses em Candiota, no RS, teve resultados estáveis.

. Várias empresas globais querem comprar a EBX, como Keppel Corp. Ativos podem ser fatiados. Neste caso, a própria Vale já manifestou interesse.

. UBS acha que o único ativo que tem valor é o porto da MMX.

CLIQUE AQUI para ler todo o relatório, que está em inglês. Use o translator do Google para fazer a tradução aqui mesmo.

Internet no Brasil é apenas a 73ª mais rápida do mundo

Mesmo sendo um dos maiores mercados da internet mundial, o Brasil segue muito atrás na qualidade do serviço prestado. O relatório mundial "O Estado da Internet", publicado nesta semana pela consultoria norte-americana Akamai, mostra que os brasileiros recebem de seus provedores apenas a 73ª melhor média de velocidade de conexão. É pouco mais de 2,32 mil Kbps, seis vezes menos que o desempenho do país com a internet mais rápida do planeta, a Coreia do Sul, com 14,2 mil Kbps.

. A situação brasileira não melhora muito no comparativo com os vizinhos da América do Sul. A internet brasileira é apenas a quarta mais "rápida" dentre os 13 países da região, atrás de Chile (3 mil Kbps), Colômbia (2,8 mil Kbps) e Equador (2,33 mil Kbps).

Venda de carros importados cai 23% em 2013

As importações de veículos caíram 23% de janeiro a junho de 2013 na comparação com o mesmo período do ano passado. No primeiro semestre do ano foram emplacados no país 54.506 automóveis, contra os 70.963 registrados no mesmo período do ano passado, de acordo com balanço divulgado pela Associação Brasileira de Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva).

. Na comparação com junho de 2012, o emplacamento de importados caiu 14,2%, com 9.606 veículos vendidos contra os 11.119 do mesmo mês do ano passado. O balanço mostra ainda que as montadoras instaladas no Brasil comercializaram 274.144 unidades importadas nos seis primeiros meses do ano, 14,2% a menos do que as 319.616 registradas no mesmo período de 2012.

Eduardo Campos "empareda" alas do PSB que insistem em apoiar Dilma

O governador de Pernambuco e presidente do PSB, Eduardo Campos, deflagrou um movimento para emparedar alas do partido que ainda resistem a seu. projeto de concorrer ao Planalto em 2014.

. Motivado pela queda brusca de popularidade da presidente Dilma Rousseff por seu crescimento nas últimas pesquisas de intenção de votos, ele ampliou o diálogo com diretórios defensores da reeleição de Dilma e com movimentos sociais que orbitam na área de influência do partido.

. No último sábado, discretamente, 200 dirigentes de movimentos sociais do PSB reuniram-se em Brasília e divulgaram nota de apoio candidatura de Campos. O aumento da adesão a Campos poderia antecipar o lançamento de uma pré-candidatura em setembro.

O ministro comunista de Dilma, Aldo Rabello, também se fartou com jatinho da FAB. Ele fugiu do Carnaval e foi com a família para Cuba.

Até tu, Aldo !?



O ministro Aldo Rebelo (Esporte) usou um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) para ir a Cuba no Carnaval com a mulher, o filho e assessores. Ele esteve em Havana em missão oficial e justificou a carona à mulher e ao filho dizendo que ambos também foram convidados pelo governo cubano.

. Nenhum dos dois representou o governo brasileiro na missão. Quando o ministério publicou nota sobre a viagem de Aldo, em fevereiro, o nome deles não constava na lista oficial da comitiva. 

. A mulher do ministro, Rita, é coordenadora na Secretaria da Mulher do governo do Distrito Federal, controlada pelo PC do B, mesmo partido de Aldo. Já o filho, de 21 anos, é estudante universitário e estagiário.

- Flagrado em casos semelhantes, os presidentes da Câmara e do Senado pagaram as despesas. É recorrente, no entanto, o uso de jatinhos por parte de ministros, sempre que se aproxima o final de semana. Eles costumam encontrar programações oficiais para viajarem para casa sem despertar grandes comoções. 

Eis o que destruíram os "ordeiros" e "pacíficos" vândalos do Bloco dos Pelados

Jesus é Gay, diz o cartaz pregado pelos vândalos do Bloco dos Pelados que invadiram a Câmara de Porto Alegre sob os auspícios do PT e do PSOL. O relatório não aponta crimes de intolerância religiosa, invasão e ocupação de prédio público, danos a automóveis dos vereadores da situação, espancamentos a um fotógrafo e ao próprio presidente da Câmara.



Até esta quarta-feira, a juiza Cristina Luiza Marquesan da Silva, 1a. Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre, que garantiu a presença dos invasores do Bloco dos Pelados na Câmara de Porto Alegre, não tinha decidido o que fazer diante do relatório que recebeu do seu próprio oficial de Justiça, que apurou pelo menos 14 atos de vandalismo na ocupação "ordeira", classificada assim por ela mesmo. Até uma obra de arte foi vandalizada. O relatório não incluiu outras ocorrências de vandalismo menos tangíveis, como ofensas inaceitáveis a símbolos religiosos (Jesus é Gay), a fotos oficiais e ao plenário, sem contar agressões físicas ao presidente da Câmara e a jornalistas, mais danos a carros de vereadores da maioria. Os valores da faxina e dos dias de trabalho proibidos também não foram computados até agora. Leia o relatório oficial:

O oficial de justiça José Pereira, acompanhado dos diretores da Câmara Municipal de Porto Alegre Gabriel Müller e Luiz Afonso de Melo Peres e da Comissão de Segurança do Movimento Bloco de Luta Pelo Transporte Público, emitiu o auto de vistoria do prédio, desocupado após permanecer invadido por manifestantes durante sete dias. O mandado de vistoria foi expedido pela juíza da 1ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central, Cristina Luíza Marquesan da Silva, que esteve no plenário pela manhã com a promotora Maria Cristina Santos de Lucca, do Ministério Público.

Na inspeção, foram apontados 14 itens danificados, entre eles um dos banheiros destinados a portadores de deficiência e a obra Caixa de Música, vencedora do Salão de Artes Plásticas Câmara Municipal de Porto Alegre de 2008 (Prêmio Aquisição de R$ 6 mil).
O painel eletrônico de votação do Plenário Otávio Rocha estava com os cabos soltos, mas funcionando. Os itens:

1) Espelho rachado na porta da obra Caixa de Música, de Kátia Costa, que não está mais tocando (3º piso); 
2) Parte superior do gradil do elevador de entrada torta (térreo);
3) Pia quebrada no banheiro utilizado por pessoas portadoras de necessidades especiais, junto ao Teatro Glênio Peres (2º piso);
4) Cadeira com encosto quebrado na portaria superior;
5) Pia no banheiro ao lado da sala 221 encontra-se trincada (2º piso);
6) Maçaneta da porta da sala 393 solta (3º piso);
7) Placas com os nomes dos vereadores na garagem invertidas e com dizeres: “Está na hora de pegar um busão”;
8) Vidro da parte inferior da porta no andar térreo trincado; 
9) Maçaneta de madeira da porta de vidro do plenário descolada; 
10) No plenário, oito portas das terminais das mesas de vereadores danificadas; 
11) Duas cadeiras de vereadores do plenário sem encostos; 
12) Algumas cadeiras da assistência do plenário desparafusadas; 
13) O quadro com a fotografia da vereadora Mônica Leal (PP) sem o vidro (2º piso);
14) No setor de Taquigrafia, gavetas de duas mesas aparentemente estariam arrombadas.