Padre Lancelotti condena ex-amigo que tentou extorqui-lo com acusações de pedofilia e homosexualismo

* Clipping Brasil247

Finalmente chega ao fim o amargo capítulo vivido pelo padre Júlio Lancellotti, conhecido pela atuação entre moradores de rua e menores infratores. O Tribunal de Justiça de São Paulo publicou, na semana passada, o acórdão que condena o casal Anderson Marcos Batista e sua companheira, Conceição Eletério, a sete anos de prisão por crime de extorsão.A publicação do acórdão conclui o segundo processo de ameaça movido pelo líder religioso contra o casal, que no primeiro julgamento, em 2007, foi inocentado por falta de provas. Desta vez, imagens de Anderson cercando o padre na porta de casa serviram de base para a condenação em primeira instância.Em maio de 2011, quando saiu a condenação, o padre afirmou que muitos dizem que "ele experimentou do veneno que combateu". Desde a última ameaça sofrida, em janeiro do ano passado, Lancellotti sofreu em silêncio, temendo a volta de deboches e acusações contra o missionário que teria acolhido Anderson com outras intenções.Depois do novo cerco, quando o rapaz exigiu dinheiro do padre e o ameaçou de morte, o líder religioso recorreu ao advogado e amigo Luiz Eduardo Greenhalgh, que o aconselhou a irem a poícia. Relutante, o padre se lembrou da humilhação que sofreu na delegacia da primeira vez em que recorreu à Justiça do País e da absolvição de Anderson quatro antes antes.

A demanda foi então encaminhada diretamente por Greenhalgh ao Secretário de Segurança Pública de São Paulo, Antonio Ferreira Pinto, que adicionou o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa para cuidar do caso.Aliviado, o padre estará na tarde deste domingo no Arsenal da Esperança, que abriga 1.200 desassistidos na capital paulista. Ele celebrará, ao lado do cardeal dom Odilo Scherer, a missa de Natal para os moradores de rua.

Supermercdos gaúchos venderam 9% mais neste Natal

Os presentes de baixo valor e a ceia adquirida majoritariamente na última hora alavancaram as vendas dos supermercados neste Natal. Com um crescimento de 9% em relação ao mesmo evento do ano passado, o setor supermercadista gaúcho encerrará o dia confirmando as expectativas iniciais, sobretudo devido ao grande movimento dos caixas nesta segunda-feira (24), que se confirma como o melhor dia de vendas para o setor em 2012. As informações são do presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo, que destaca itens como as cervejas, os bombons, os panetones e os espumantes nacionais como alguns dos carros-chefes em vendas neste Natal.

. De acordo com Longo, o calendário de 2012 ajudou o setor. "A ocorrência da véspera de Natal em uma segunda-feira oportunizou três grandes dias de vendas - sábado, domingo e segunda -, enquanto no ano passado o grande volume de compras pelos gaúchos foi realizado somente no sábado", explica o supermercadista. Segundo o presidente da Agas, a única categoria que frustrou as expectativas do setor foi a de aves natalinas, que teve vendas iguais às de 2011. "A alta dos insumos e a confusão tributária encareceram os perus e chesters em até 15%, e o consumidor recuou. Isto mostra que o gaúcho está atento e não aceita reajustes muito acima da inflação", explica Longo.

. Por outro lado, os grandes destaques foram as cervejas, com crescimento de 20% em relação ao Natal de 2011; os refrigerantes (+12%); os bombons (+10%) e os espumantes (+15%). No caso dos bombons, cerca de 15% das 5,8 milhões de caixas vendidas foram comercializadas nesta segunda-feira (24), confirmando a predileção dos gaúchos por este item quando o assunto é presente de última hora. Para os espumantes, o grande responsável pelo resultado foi o tipo moscatel.

Calor eleva vendas de sorvetes - Os supermercados gaúchos vão fechar este Natal com um crescimento de 35% na venda de sorvetes em relação ao evento do ano passado, devido às altas temperaturas registradas em todo o Estado.

Os panetones, com um crescimento de 15%, foram outra atração. "Mas neste caso, a alta se deu devido a uma antecipação da exposição pelos supermercados", explica o presidente da Agas.

As 16h, Porto Alegre passou por sensação térmica de 45,8 graus.

Lista das maiores temperaturas do Estado as 16h, sábado:

Localidade
Temperatura máxima real até 16h (ºc)
Sensação térmica (ºc)

Camaquã
37,6°C
48,2°C

Porto Alegre
36,7°C
45,8°C

São Gabriel
37,7°C
43,6°C

Uruguaiana
35,5°C
43,4°C

Quarai
35,2°C
43,3°C

Santa Maria
36,7°C
42,4°C

Rio Pardo
35,6°C
42,4°C

Alegrete
35,2°C
41,3°C

Chui
35,3°C
41,2°C

São Borja
35,8°C
41,1°C

Dom Pedrito
34,9°C
40,4°C

Rio Grande
35,6°C

Morreu outro ícone estudantil de 64, o socialista Fúlvio Petracco

Ex-líder estudantil e ícone da oposição ao golpe militar de 64, e líder socialista reconhecido em todo o Estado,  Fúlvio Petracco, 77 anos, morreu nesta segunda-feira em Porto Alegre. Ele participou da fundação do Partido Socialista Brasileiro (PSB) no Estado e deixou o cargo de presidente de honra da sigla no ano passado, magoado com o tratamento deselegante e desleal que lhe aplicaram o presidente Caleb Oliveira e o deputado Beto Albuquerque.  Em agosto ele filiou-se ao Partido Socialismo e Liberdade, o PSOL, provavelmente o maior equívoco político da sua vida.

 O velório está marcada para o Crematório Metropolitano, e a cremação, às 14h deste domingo.

Paulo de Tarso Venceslau, que viu de perto a face escura de Okamotto, não tem motivos para duvidar da ameaça a Marcos Valério

* Clipping www.veja.com.br, Augusto Nunes, segunda-feira, dia 24

Um dos fundadores do PT, Paulo de Tarso Venceslau foi expulso do partido e demitido do cargo de secretário de Finanças da prefeitura de São José dos Campos depois de ter revelado a Lula delinquências envolvendo bandidos de estimação do chefe supremo. Esse foi um dos muitos episódios que lhe permitiram ver de perto a face escura de Paulo Okamotto, iluminada por um artigo publicado no blog do Ucho. Confira dois trechos do texto reproduzido na seção Feira Livre.:

. Okamotto costumava circular pela prefeitura de São José em busca de lista de empresários credores. Ele não ocupava qualquer cargo no paço. Era evidente que buscava recursos paralelos, com a anuência da então prefeita Ângela Guadagnin. No mesmo dia em que a auditoria externa encerrou seus trabalhos e me enviou o relatório, fui exonerado sumariamente a pedido de Paulo Okamotto e Paulo Frateschi, segundo me relatou a própria prefeita. 

. O administrador do sindicato, Sadao Higuchi, era quem encaminhava os recursos vindos do exterior a Okamotto. Em 13 de junho de 1998, em plena campanha eleitoral, Sadao morreu “afogado” numa represa localizada nas proximidades de Bragança Paulista. (…)  Morreu afogado, mas tinha uma contusão na cabeça. Ele teria caído n’água e o barco teria se chocado com ele. Pequeno enorme detalhe: tratava-se de um bote inflável.

CLIQUE AQUI para ler mais.


Fora do litoral, cidades como Santa Maria e Porto Alegre enfrentam 45 graus de sensação térmica, sem vento e sem mar. Quem aguenta isso ?

Agoniada com o calor de Santa Maria da Boca do Monte, RS, cidade sem litoral, sem praia e enfiada no meio do Estado, a leitora Lilian Hahn Mariano Da Rocha postou esta mensagem inconformada no Facebook do editor, que é também um registro do que acontece em Porto Alegre - na Capital, apesar do Lago Guaíba:

QUEM AGUENTA ISTO... E SEM VENTO E SEM MAR... COM SENSAÇÃO TERMICA DE MAIS DE 45 GRAUS.. SO MESMO EM SANTA MARIA DA BOCA DO MONTE...

Quase 40°C em Santa Maria (RS)
24 de dezembro de 2012
A massa de ar seco que cobre o Estado e a intensificação dos ventos do quadrante norte-noroeste proporcionam uma tarde de segunda-feira de muito sol e calorão em Santa Maria, na região central. No momento os termômetros registram 38 graus na base aérea local.

CLIQUE AQUI para ingressar diretamente no Facebook pessoal do editor. Outro Face do editor, profissional, está também disponível na Web, porém em outro endereço: http://www.facebook.com/polibiobraga

Sol de 36 graus e praia farta em Santa Catarina

- No Facebook do editor, vocês encontrarão muitas notícias e fotos de leitores nas praias do RS, SC e Rio. Recomendo as fotos de Fernando Ely e seu filho Pedro. A seguir, nota do Terra de hoje sobre o calor nas praias catarinenses:


As véspera de Natal registrou muito sol e calor em Santa Catarina. Por volta das 13h, os termômetros marcavam 36°C em Criciúma, cidade localizada a 190 km de Florianópolis. A sensação era de um calor ainda mais intenso, já que a medição realizada pelas estações do Centro de Recursos Ambientais de Santa Catarina (Ciram), é feita com o equipamento instalado na sombra.
Na capital, o movimento não foi tão intenso quanto o registrado no domingo mas, apesar disso, praias como Ingleses, Canasvieiras, Campeche e Mole permaneceram cheias desde as primeiras horas da manhã. "Hoje é segunda-feira e a praia não está tão lotada quanto ontem. Prefiro assim”, afirmou a expositora Bárbara Giacomin Pedreira, 27 anos, moradora de Florianópolis. “Depois de amanhã os turistas chegam e não vai ter mais espaço na areia”.De acordo com os meteorologistas do Ciram, o sol deve continuar predominando neste Natal, com temperaturas elevadas. 

Nos últimos dias de 2012 ainda não estão definidos o critério e o mês para o reajuste do piso nacional do magistério em 2013.

Isso é o que se pode chamar de insegurança jurídica. Imagine-se os prefeitos que assumirão no dia 1º com uma situação assim indefinida. 

São quatro hipóteses, como se pode observar a seguir:

Lei 11.738, de 16.07.08 PL 3.776, de 23.07.08   Substitutivo do SF, de 16.07.10      Proposta de MP da Comissão de Negociação da CD, de 31.10.12
Critério    Valor aluno/ano do Fundeb    INPC Valor aluno/ano do Fundeb    INPC + 50% do crescimento da receita do Fundeb:
Mês            Janeiro            Janeiro           Maio                Maio
% previsto  20,69%           5,5%             20,69%            12,70%
Valor piso  R$ 1.751,25    R$ 1.530,81  R$ 1.751,25     R$ 1.634,76

Em primeiro lugar, mesmo que fosse adotado o INPC como índice de reajuste, o governador Tarso não pagará o piso até o final de seu governo. Com o PL aprovado nesta semana, o vencimento inicial dos professores gaúchos chegará em novembro de 2014 a 87% do valor do piso em janeiro de 2012. Para se pagar o piso nacional como vencimento básico no RS é preciso adequar a carreira do magistério, como a própria lei do piso prevê.   

Em segundo lugar, se a Presidente Dilma não editar a MP proposta pelos deputados continuará em vigência a Lei 11.738/08. Mas será que a Presidente não editará essa MP após a aprovação do orçamento da União para 2013, o que poderá acontecer nesta semana? Segundo o relatório da Comissão da Câmara dos Deputados essa proposta tem a concordância do MEC, CNTE e Undime. Entretanto, a maioria dos prefeitos e governadores defende que se adote o INPC.

* Análise de Mariza Abreu para o edigtor. Mariza é ex-secretária gaúcha da Educação

Bandidos petistas do Mensalão viram personagens do jogo "Angry Birds"

- O jogo "Angry Birds" gerou não apenas réplicas do gênero, como deu lugar a uma infinidade de produtos, sobretudo brinquedos para crianças. "Birds" de todas as cores fazem a festa de meninos de 2 anos - e também dos seus pais e avós, inclusive em Porto Alegre. As lojas de brinquedos venderam muito neste Natal de Porto Alegre. O caso a seguir é do Jogo do Mensalão. Os maus pássaros do PT estão todos ali. O clipping a seguir é de WWW.veja.com.br


Mensalão ganha versão ‘Angry birds’ http://goo.gl/2JAEW












O julgamento do mensalão, o maior da história do país, ganhou uma versão em game nos moldes do jogo “Angry birds”, um dos aplicativos mais baixados para dispositivos móveis em 2012.

Disponível gratuitamente nas versões web e para smartphones e tablets com sistema operacional Android (Google), o jogo tem como objetivo derrubar os réus mensaleiros, entre eles o operador do esquema, Marcos Valério de Souza, o ex-presidente do PT José Genoino e o deputado petista João Paulo Cunha.

Os “pássaros” são o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e relator do mensalão, Joaquim Barbosa, e o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, responsável pela denúncia. Ao acertar um dos condenados no julgamento, personagens dão lugar às notas de dinheiro.  Caso erre, cinco dos principais protagonistas do escândalo aparecem com as tradicionais ladainhas, como: “Não sabia!” ou “É uma farsa!”. Para atingir a pontuação máxima, é necessário alcançar a 18ª e última fase do jogo e derrotar o principal alvo, o ex-ministro José Dirceu, condenado por chefiar a quadrilha do mensalão.

ENTENDA o caso do Mensalão e conheça resumos das acusações e punições.  

OFERTA PARA OS LEITORES
Cabo de Guerra + Herança Maldita – Os 16 anos do PT em Porto Alegre
Os dois livros, cujo conjunto é vendido nas livrarias por R$ 125,00, podem ser adquiridos exclusivamente pelos leitores por apenas R$ 70,00, com entrega grátis. Faça seu pedido pelo e-mail Polibio.braga@uol.com.br Caso a encomenda seja superior a um pacote, destinandos-se a presente de final de ano e leitura de verão, o preço cai para R$ 50,00 cada conjunto. Esta promoção vale apenas para leitores. No e-mail, faça referência a esta oferta.

Balanço de dona Dilma: "2012, sim, foi um Pibinho, mas em 2013 teremos um Pibão"


A Charge do Chico Caruso
 * Clipping Chico de Gois, O Globo

Num pronunciamento de 11 minutos para desejar feliz Natal e próspero Ano Novo aos brasileiros, a presidente Dilma Rousseff fez uma avaliação positiva deste ano e prometeu que 2013 será ainda melhor.

Ela desconsiderou o pífio crescimento do PIB neste ano, estimado em 1% pelo Banco Central (BC), ou a inflação, que ultrapassará a meta de 4,5%, atingindo, segundo relatório do próprio BC, 5,7%.
Para a presidente, 2012 foi um bom ano, e o próximo será melhor.

Ela listou entre pontos positivos de seu governo no ano que se encerra a continuidade da expansão do emprego — 1,7 milhão de novos postos até outubro, ou quatro milhões nos dois primeiros anos de mandato dela —, as reservas, que atingiram US$ 379 bilhões, e os 16,4 milhões de pessoas que deixaram a extrema pobreza graças ao Brasil Sem Miséria, programa lançado por ela no ano passado.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Nota do editor - Dilma Roussef decidiu não permanecer em Porto Alegre no final de semana. Ela desembarcou na Capital na tarde de sábado, mas à noite voltou para Brasília. Lá, ela passará o Natal, reservando o ano novo para a Bahia. 

Tribunal de Contas tem documento de 130 páginas que abre a caixa preta das empresas de ônibus de Porto Alegre

- Prefeito após prefeito de Porto Alegre, nenhum deles atreve-se licitar as linhas de ônibus de Porto Alegre. O assunto é tabu até mesmo na mídia, que não se ocupa do assunto. Na Câmara de Vereadores, ninguém quer falar no assunto. Isto tudo poderá mudar quando vier a público o relatório de 130 páginas que o TCE já tem em seu poder, abrindo a caixa preta. O único prefeito que mexeu no abelheiro foi Olívio Dutra, que interveio nas empresas de ônibus e criou uma confusão tremenda em Porto Alegre. O petista acabou cedendo e premiou as companhias devolvidas com o chamado Plus Tarifário. E nunca mais deixaram de se entender. 

* Clipping Zero Hora, Letícia Duarte, Página 10

Polêmica por natureza, a discussão sobre o reajuste das tarifas de ônibus de Porto Alegre, prevista para o início do ano, ganhará dose extra de combustível a partir dos resultados de uma inspeção especial recém concluída pelo Tribunal de Contas do Estado. Determinado pela presidência do TCE, a partir de uma representação do Ministério Público de Contas, o trabalho de 130 páginas promete desvendar a caixa-preta da composição tarifária que ano após ano provoca especulações e divergências.

Embora a íntegra ainda não tenha sido divulgada, por depender de trâmites processuais, o presidente do TCE, Cezar Miola, adianta que se trata de um “amplo e detalhado relatório”, com uma análise minuciosa sobre as planilhas de custo. Miola avalia que as conclusões vão trazer “importante contribuição para futuras decisões acerca dessa matéria de grande interesse social, especialmente durante a discussão da revisão tarifária”.

Em sua representação, concluída em 31 de maio de 2011, o procurador Geraldo da Camino, do Ministério Público de Contas, já apontava uma série de indícios de inconsistência das planilhas de custo, como distorções na coleta de preços de combustível, lubrificantes e pneus. Enquanto a inflação entre 2006 e 2011 foi de 26,05%, o estudo revelou que o reajuste das tarifas somou 45,94%.

– Saberemos, enfim, se estamos ou não pagando uma tarifa justa, e desde quando – afirma Da Camino, que ainda não recebeu os resultados da inspeção, mas está confiante em que possam trazer luzes sobre as linhas de sombra já detectadas.

À época das denúncias, a EPTC refutou quaisquer irregularidades, afirmando que o processo de aumento das tarifas é feito da mesma forma há 18 anos e passa por 22 conselheiros, além de ser enviado à Câmara.
 Um dos problemas desse modelo é justamente a ausência de contratos válidos, já que as concessões das linhas estão sem licitação há mais de duas décadas, numa sucessão de prorrogações desde a intervenção no setor, em 1989.

- Em tratativas com a Promotoria do Patrimônio e com o MP de Contas, a promessa da prefeitura de Porto Alegre é realizar a licitação das linhas de ônibus em 2013. Como o traçado do metrô já foi definido, não há mais empecilhos para a deflagração do processo.

Não, não é o secretário tucano da Educação, porque quem fala é o xiita sindicalistas petistas José Clóvis Azevedo, do governo Tarso Genro


* Clipping jornal Zero Hora

Secretário Jose Clovis, sobre o aumento no piso do magistério: "Nenhum Estado ou município vai suportar mais 21%"

Secretário Estadual da Educação, Jose Clovis de Azevedo acredita em um acordo político no Congresso que anule, em fevereiro, após o retorno do recesso, o reajuste de 21% do custo/aluno do Fundeb. Seria adotada uma fórmula alternativa, combinando o INPC mais o crescimento do Fundeb, já apresentada pela Frente Parlamentar em Defesa do Piso Nacional. A possibilidade de aceitar a política de correção acima da inflação foi admitida pela primeira por um membro do Piratini.

ZH — Apesar dos reajustes oferecidos pelo governo, haverá aumento na diferença entre o que é pago aos professores e o que manda a lei. Como avalia isso?

Jose Clovis - Acredito que, antes de pular para R$ 1,7 mil, vai haver uma proposta alternativa. Poderá haver um acordo político mesmo durante o recesso do Congresso. Somente a homologação ficaria para o retorno. Até a CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação) já abriu mão do reajuste pelo custo/aluno do Fundeb. O setor público não tem condição de arcar com isso. Nenhum Estado ou município vai suportar mais 21%.

ZH — A proposta da Frente Parlamentar em Defesa do Piso é de somar o INPC com o crescimento do Fundeb, o que geraria um reajuste de cerca de 9% em 2013. Isso é negociável diante da situação do Estado?

Jose Clovis - Não posso adiantar, isso passa pela questão política do núcleo do governo e pelos cálculos da Fazenda. Mas é claro que estaremos abertos para discutir. Há essa possibilidade da junção da inflação (INPC) com o Fundeb. Mas há também a possibilidade de substituir o Fundeb pelo crescimento do PIB. Seria um percentual mais conciliatório e palatável.

LEIA AQUI toda a entrevista.

Artigo, Júlio Cesar Cardoso - Mantega diz que investimento público em educação quebrará o Brasil

* Artigo de Júlio Cesar Cardoso

A Câmara Federal aprovou, em 26/06/2012, por unanimidade – e agora a matéria está sendo analisada no Senado – o Plano Nacional de Educação (PNE), que prevê, entre outras metas educacionais, investimento de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) em educação, a ser alcançado no prazo de dez anos. O texto aprovado determina que sejam ampliados os atuais recursos de 05,1% do PIB para 07% no prazo de cinco anos até atingir os 10% ao fim da vigência do plano.O ministro da Fazenda, Guido Mantega, criticou, dia 04, as medidas aprovadas pelo Congresso. “Isso coloca em risco as contas públicas. Isso vai quebrar o Estado brasileiro”, disse durante o Seminário Econômico Fiesp-Lide, em São Paulo. Explicou o ministro que o país caminha em 2012 para um dos menores déficits fiscais de toda a série histórica, em torno de 1,4% do PIB, bem como que“É com solidez fiscal que se abre espaço para reduzir os juros. Nossa dívida líquida em 35% do PIB é a menor de todos os tempos. Nossa situação fiscal é bastante sólida”.

. Causa perplexidade a forma como o ministro Guido Mantega trata a educação no Brasil, quando deveria ser a primeira preocupação dos governos.

CLIQUE AQUI para ler tudo.