Neste espetáculo do São Pedro, "Lobo", lobo come lobo

O Sofazão, Porto Alegre, era bem menos pretensioso. "Lobo" foi apresentado ontem e será reeditado hoje. É puro lixo "artístico". As crianças, pelo menos estão livres da apresentação, já que há restrição para menores de 15 anos, incluindo transformers.

Desde que se apresentaram, ontem a noite, com repique para esta noite, os 15 atores aí ao lado, todos em nu frontal, chocaram boa parte do público que não foi e não irá ao Theatro São Pedro, Porto Alegre, porque protagonizaram um espetáculo "artístico" no qual o viés condutor são cenas de sexo explícito com todo mundo que está no palco, inclusive entre si e com figuras imaginárias. A diretora, Carolina Bianchi, que na apresentação faz questão de explicar o seguinte: 

- Se no ato sexual o corpo e a existência estão completamente no tempo/ espaço. Como é possível incorporar essa sensação enquanto performer ? É possível ter uma relação erótica com outros tipos de matérias que não a humana ? O que essa potência sexual, esse tremor vulcânico de um corpo apaixonado pode gerar enquanto matéria prima para criação de uma obra? Como articular a imaginação, a escrita com essas práticas ? 

"Lobo", o mais recente trabalho de Carolina, que parece precisar urgentemente de um piscoterapeuta.

CLIQUE AQUI se você tiver estômago para ler as rebuscadas explicações sobre o caso.

29 comentários:

Anônimo disse...

interessante, ninguém falava desse espetáculo e o editor achou ehehehehe...essa coxinharada tem outro por dentro kkkkk

Anônimo disse...

Promiscuidade, putaria, falta de vergonha e decência sempre prosperam por aqui.

Enzo disse...

"Carolina compartilha a cena com mais de vinte performers nus, todos homens"..o feminismo acabou com a mulherada.

Anônimo disse...

Essa gente parece que usou tanta droga que não consegue sair dos anos 60/70 quando o nu ainda era algo que chocava e servia como instrumento de protesto contra o "sistema". Numa era de plenas liberdades como hoje, a nudez só serve para disfarçar falta de talento artístico ou vocação objetiva para uma vida de promiscuidade, de putaria, bagaceirice.

Anônimo disse...

Pelos jornais e críticos é a coisa mais linda do mundo. Acho que o Polibio está gritando ao vento nesta tempestade de imoralidades.

Anônimo disse...

Poderia chamar também de 'Histerias de Agosto'...pelo nome poderia lembrar Ingmar bergmann, mas é apenas mais um surto do politicamente correto (ou incorreto).
Em Atenas e depois em Roma esses bacanais publicos, hoje denominados obras de arte, eram acompanhados por distintos senhores da alta classe acompanhados por seus jovens mancebos de estimação. Ambas civilizações cairam de podre exatamente como está acontecendo com a nossa, só que lá levou séculos.

Anônimo disse...

Todo mundo nu , esbórnia total !!

Anônimo disse...

Opa, sexo e putaria no teatro São Pedro. Vou lá curtir essa pornografia dita "artística". Os puteiros de Porto Alegre estão muito caretas e enfadonhos.

Anônimo disse...

PRECISA TERAPEUTA E TALVEZ UM EXORCISTA, NÉ?

Anônimo disse...

Realmente, o " Sofazao " devia ser bem menos pretensioso. Havia também uma sauna em Porto Alegre, nos anos 70, em que o cidadao, fazendo sauna, assistia a um striptease pelo vidro. Pura arte despretensiosa .!!
Kkkkk...

Anônimo disse...

Pelo que li, o ministro Osmar Terra patrocina esse monte de lixo? Será que Osmar Terra sabe disso? É preciso fazer chegar até ele esse comentário do Políbio...

Anônimo disse...

É melhor deixar quieto e não dar ibope. Quem vai numa merda dessas é do mesmo nipe sujo e immoral.

Anônimo disse...

Há décadas observa-se que Porto Alegre abriga uma nata de despudorados e libertinos de deixar seus equivalentes cariocas, paulistas, mineiros e baianos com complexo de inferioridade. Isso explicaria a paixão gauchesca pelo PT & PSOL e seus heróis bandidos e desapegados sexuais?

Mordaz disse...

Ora, foi justamente a psicoterapia, a psicologia, a psicanálise que levou a esta total perda de parâmetros sexuais por serem pseudociência e incapazes de curar qualquer coisa. Não adianta chamar uma coisa que não funciona.

Anônimo disse...

No meu tempo o nome disso é PUTARIA.....agora é arte, tia Carmen é fichinha.

José Corrêa disse...

O PTba Anônimo das 13:55 está "louka" para participar e ser devidamente "usada"!!!

Anônimo disse...

Têm.Na tua mãe.

Olívio Licurgo Magalhães Bahia disse...

Fumaram bosta seca achando que era Canabis. Tem que desinfetar o São Pedro com creolina, inclusive seu diretor.

Justiniano disse...

O filme Garganta Profunda vai ser classificado como a obra de arte do seculo XX e é um filme ingênuo perto dessa putaria comunista.

Anônimo disse...

TREMOR VULCÅNICO.... que saudade.... e, tem fdmãe tentando explicar.... a "melhor" idade! ... rarararara

Anônimo disse...

Chega de ANCINE. O governo deveria construir "teatros" (uns 10.000) em baixo das arquibancadas dos estádios, e quem quiser que vá se apresentar, e cobre quanto quiser do publico que comparecer.

Ultra 8 disse...

E o público? recebe papel higiênico para depois da masturbação?

O respeitável público, pode fazer sexo com as artistas no palco?

Vou neste nova casa de tolerância chamada, "puteiro theatro São Pedro".

É no que dá, deixarem judeus cuidando da cultura do povo cristão.

Anônimo disse...

Todo mundo num com um dedo na orelha e outro no cobre?

Anônimo disse...

que falta faz Dona Eva Sopher.......

Anônimo disse...



Que falta de qualidade na programação do São Pedro.

Quem aprova uma merda destas como atração numa casa mantida com dinheiro público?

Não tem coisa melhor no Brasil pra trazer?

Anônimo disse...

Saudades da Dona Eva.

Anônimo disse...

Brabinho editor? Não adianta estrilar deu na vista kkkkk

Rudinei disse...

Olha, pela descrição, tinha uns cinemas em porto alegre que apresentavam nos intervalos entre os filmes pornô seções de putaria ao vivo, então a "obra" em si não choca.

Mas o CHOCANTE mesmo é saber que é financiada com DINHEIRO PÚBLICO, que poderia ser aplicado em coisas mais produtivas, né?

O 26º Porto Alegre em Cena é apresentado pelo Ministério da Cidadania, através da Secretaria Especial da Cultura, Prefeitura de Porto Alegre, através da Secretaria Municipal da Cultura, Braskem e Banco Itaú. Conta com patrocínio de Panvel Farmácias. Tem apoio cultural de Porto Alegre Airport, administrado pela Fraport Brasil, Theatro São Pedro, Vitlog, PUCRS e Sesc – Sistema Fecomércio. O apoio institucional é de Grupo RBS e TVE FM Cultura. Primeira Fila Produções e Leão Produções são as agentes culturais. O projeto é financiado pelo Pró-cultura RS, Governo do Estado do Rio Grande do Sul.


ISSO SIM, MERECE NOTA DE REPÚDIO.

Anônimo disse...

Você precisa ajustar os parafusos do cérebro antes de escerver essa asneira. O que tem a ver judeus com a suposta cultura do povo cristão? O Tico e o Teco não estão combinando nessa cabecinha intectualmente deficiente.