Governo Sartori tira comunicado,diz que greve policial é ilegal e garante segurança para o trabalho no RS

COMUNICADO

1 - O governo do Estado respeita as manifestações sindicais marcadas para esta quinta-feira, dia 4, mas espera que as mesmas ocorram de maneira pacífica e ordenada, sem prejudicar os mais de 11 milhões de gaúchos.

2 - Os serviços públicos devem ser mantidos, especialmente na área da segurança pública. Não serão tolerados quaisquer desrespeitos à legislação civil e militar. A desobediência e a desordem só favorecem a criminalidade e não resolvem os problemas financeiros.

3 - O parcelamento de salários não é ato de vontade,mas fruto da crise financeira do país e da situação estrutural do Estado, agravada pelo governo anterior.

4 - Qualquer radicalização é inoportuna. O Brasil já soma quase 12 milhões de desempregados.

5 - As categorias da área da segurança foram as únicas contempladas com aumentos, promoções e nomeações no atual governo. Para um soldado da Briga, o reajuste chegou a 30,73% .

6 - No total de quatro anos, os aumentos representaram r$ 4 bilhões de acréscimo nos gastos do Estado. O valor corresponde a quatro folhas mensais de todo o funcionalismo.

(...)

9 - O governo orienta a população para que mantenha suas atividades normalmente. Espera que sindicatos não criem pânico. E conclama os policiais para que cumpram suas atividades, honrando a história da Brigada e da Polícia.

Governo do Estado do RS.

18 comentários:

Anônimo disse...

Não tem como, eu vou ficar em casa, e não vou sair para gastar em segurança, vou guardar e fazer tudinho em casa.

a única coisa que o Governo pode fazer é diminuir o Estado e focar em segurança pública, para isso esta na hora de enfrentar as casta e corporações. e votar as extinções das fundações mais desnecessárias e ineficientes da história do RS.

Anônimo disse...

Isto muda tudo! Podemos ficar tranquilos. Só que não...

Anônimo disse...

Hoje conversei com alguns brigadianos. Estavam na rua, com viatura e tudo. Foram muito atenciosos, falamos sobre as dificuldades do estado, de pagamento de salários, do serviço nesta semana. Notei bom humor e moral alto neles, sinal de comando forte. Assim como toda população, eles torcem pela melhoria da economia e do estado para que as coisas melhorem pra todos.

Sobre quinta-feira me confirmaram que quem estiver de serviço vai trabalhar normalmente. Que talvez alguns colegas não trabalhem, mas será dia de trabalho normal. Esse pânico de que não haverá polícia nas ruas é mentira de sindicalista! Não caiam nessa! Mesmo com todas as dificuldades os brigadianos seguem tendo um senso de dever forte pela segurança da população. E por isso mesmo merecem nosso respeito e apoio.

Anônimo disse...

Uaaauu!!! O Sartori vai vestir a farda e patrulhar todo RS para "garantir segurança"???
Agora que ele fala em crise do estado "agravada no governo anterior"??? Ele não sabia dissso antes de prometer aos eleitores que "sabia como solucionar"???

Anônimo disse...

Se o pior governador da história do RS quer parcelar o salário do funcionalismo, então tem que pagar as parcelas atrasadas COM JUROS ja que ninguém deixa de cobrar juro em conta atrasada. Não sendo assim o funcionário estará recebendo menos do que o previsto em lei para o seu cargo e isso também é ilegal!

Anônimo disse...

O GOVERNO GARANTE A SEGURANÇA DE SEUS CIDADÃOS COMO? SE NÃO VAI TER POLICIA NAS RUAS E NEM NAS DPs PARA FAZER OS REGISTROS DAS OCORRÊNCIAS, QUE SERÃO MUITOS.

Anônimo disse...

Privatiza tudo que puder e reduz o tamanho do estado.
Mas para isso é preciso coragem, coisa que o governador não tem, infelizmente.

Anônimo disse...

Como pode o governador pedir respeito à legislação, se ele próprio como chefe não respeita!!!!

Quem não tem respeito, não merece respeito!

Anônimo disse...

Espero que o MP tome as devidas providências. Chegar em um setor público e o policial te mandar fazer a ocorrência pela internet podendo fazer no local é pra matar de indignação. O funcionário público é pago para atender o povo não pra ficar mandando de um lugar para outro.

Anônimo disse...

Governo Sartori tira comunicado,diz que greve policial é ilegal e garante segurança para o trabalho no RS.(copiei do texto).

Quero ver o governador sair a rua armado para ele defender com a própria vida a população.

Mas ele não sai, vai ficar no bunker do Palácio, porque ele não garante nada, estamos a muito tempo desprotegido, vide o desabafo de uma mulher hoje mesmo aqui neste blog, assalto nas sinaleiras de Porto Alegre.

Cidadão Serafim disse...

O Zé Sartori é um covarde. Deveria enfrentar os grupos que possuem PRIVILÉGIOS, como as filhas solteiras que tem pensões vitalícias, não são solteiras (porque SOLTEIRA não existe mais), nunca contribuiram para o Estado, usam o IPE, e ganham 100% daquilo que o pai-morto ganhava. UMA EXCRECÊNCIA.

Anônimo disse...

Gostaria de dizer que sou contra este movimento, mas em situação "normal" já reina a insegurança. Este Blog fica a todo momento divulgando noticias que divulgam a criminalidade crescente e não passa somente por questões de salários e sim de governo. Vamos partir da ideia que será um dia "normal" na quinta-feira o que vai mudar?

Anônimo disse...

Como servidor da RFB, daria um dedo pra saber o nome completo de JulioK, pois esse deve ser um dos maiores sonegadores deste blog. Pregador de moral de cuecas.

Anônimo disse...

E quem for assaltado, estuprada, assassinado, roubado no dia da greve ( mais uma ) do funcionário público??
Sua família deve processar quem ? O governador do estado que não fornece segurança ao cidadão ? Ou as entidades de classe corporativas, sindicatos dominados pela esquerda radical PT PSOL PCdoB que querem mais é ver o circo pegar fogo? E se negam a prestar segurança (mesmo que pouca) ao cidadão?

Anônimo disse...

E nós otários pagadores de impostos, ordeiros e trabalhadores esperamos que o exercito seja chamado para auxiliar no policimanento, inclusive ofertando suas prisoes para o sistema.

Anônimo disse...

QUEREM QUE O PESSOAL TRABALHE SEM RECEBER...AS CONTAS BATENDO A PORTA, QUE CABEÇA TEM ESSE PROFISSIONAL PARA EXERCER SUA FUNÇÃO.

JORGE LOEFFLER .'. disse...


Afirmo que Sartori mente ao atribuir ao Governo anterior os problemas pelos quais passa o Estado vez que isto se agravou e muito quando ele Sartori ao lado do tal Britto enterraram o Rio Grande do Sul. O passivo trabalhista legado por esses dois foi de muitos BILHÕES DE REAIS. Tarso simplesmente cumpriu decisões judiciais e pagou o que eles haviam sonegado aos servidores. Eu e minha esposa só não passamos fome hoje por que o que Tarso pagou depositei em minha conta corrente no BB. Essa é a verdade e o restante mentira de quem não tem capacidade de governar e mantém um DAER pesado e inútil apenas para engordar seus Cabos Eleitorais nos inúteis CARGOS EM COMISSÃO. Assim como o DAER há muitas outras inutilidades e com a mesma finalidade.

Anônimo disse...

Pagar parcelado com atraso também é ilegal e o tiririca da Serra não está nem aí. Descumprir ordem judicial para pagar em dia também é ilegal, mas o tiririca não está nem aí por ordem judicial.