Banco Central exige "explicações cabais" sobre "operações inaceitáveis" do Badesul

Enio Bacci encontra dificuldade para conseguir as assinaturas que precisa.

O Banco Central quer "explicações cabais" sobre empréstimos inaceitáveis concedidos para Iesa, envolvida na Lava Jato; Wind Power; Cotrimaio. As tres produziram calotes de R$ 200 milhões no Badesul.

Apesar da sucessão de desmandos ocorridos durante a administração do banco no governo anterior e das investigações e duras medidas de contenção adotadas atualmente pelo BNDES e Banco Central, não caminha o pedido de CPI do Badesul que o deputado Enio Bacci, PDT, tenta emplacar na Assembléia.

As bancadas do PT e do PMDB boicotam abertamente a convocação da CPI.

Ontem a tarde, o deputado Jerônimo Goergen, PP, mandou ao editor a cópia do ofício que lhe enviou o Banco Central, pelo qual ficou sabendo que seus pedidos de informações sobre a desordem ocorrida no Badesul não serão atendidos. O BC alega necessidade de "manter o sigilo bancário".

Não há mais sigilo em torno das operações ruidosas do banco de desenvolvimento gaúcho, que não tem mais presente e nem futuro algum, fulminado pelo descredenciamento feito pelo BNDES. Mesmo que tenha voltado parcialmente atrás, o BNDES nem de longe voltará a correr riscos ali.

O deputado Ênio Bacci poderá encorpar seu pedido de CPI a partir de hoje, tudo em função da revelação da duríssima carta enviada ao Badesul pelo Banco Central. O BC concedeu 30 dias para que o banco gaúcho explique por que razão "não observou princípios de garantia, desconsiderou endividamentos de clientes e renovou empréstimos que não poderia ter renovado".

5 comentários:

Anônimo disse...

chama o Super Tarso, sim, aquele asno que a gauchada elegeu.

Ele e sua equipe de picaretas vão saber explicar direitinho como se conduz um eSTADO.

Anônimo disse...

O empréstimos de risco e outras operações feitas por Luciano coutinho não levaram o BC a pedir o fim do BNDES.

O banco é um instrumento, tem de responsabilizar o Genro e seus acólitos.

No Banrisul, os descalabros foram maiores, mas é um banco comercial, tem como buscar recursos para se safar. E ninguém vai preso!

Anônimo disse...

PT E PMDB NA LINHA DE FOGO POIS É =MAIS UM MEGA ESCANDALO- GIGANTESCO ESCANDALO= ONDE TEM PT TEM LAMA, AINDA BEM QUE O TARSO GENRO DO PT NAO FOI REELEITO AO GOVERNO

CADEIA NELES

Anônimo disse...

Quem tem medo da CPI???
Que vergonha?
Todos deviam assinar?
Ou só tem comprometidos na AL?

Anônimo disse...

Só agora?????