Argentina chega a acordo com fundos para pagar dívida de US$ 4 bi

A Argentina chegou ao início de um acordo com o fundo NML Capital e outros credores para o pagamento de 4,653 bilhões de dólares e pôr fim ao processo bilionário de Nova Iorque por sua dívida em moratória desde 2001, anunciou nesta segunda-feira o mediador judicial do caso.

"As partes assinaram na noite passada um início de acordo depois de três meses de intensas negociações sob a minha supervisão", afirmou em comunicado o mediador Daniel Pollack, que informou que a Argentina pagará "aproximadamente 4,653 bilhões de dólares para saldar tudo o que é reclamado no distrito sul de Nova Iorque e no mundo inteiro".

7 comentários:

Anônimo disse...

Estou começando a ter ciumes da Argentina, aí significa que a coisa esta feia para nós.

Anônimo disse...

Aécio presidente

Anônimo disse...

Políbio,

No final de semana, Cristina Kirchener declarou que: - Se o Macri chegar a um acordo com os credores ele(seu partido) ficará 12 anos no poder.

A bruxa estava com premonição??

JulioK

Anônimo disse...

O acordo feito pelo Brito com o Malan pra pagar a dívida também foi muito festejado aqui no RS. Aposto um café que os comentaristas acima participaram dos festejos.

Anônimo disse...

Brasileiros: miremos os argentinos pois ainda temos muita gente de bem disposta a dar de tudo pelo Brasil, mas não se mostram agora por risco de serem contaminados pelo horror que é a administração petista.

Anônimo disse...

População bem mais instruída, agora verá seu socialismo ir pro brejo.

Anônimo disse...

Até os argentinos se livraram dessa praga do Egito, que é essa esquerda comunista, atrasada, jurássica que de tão honestos, todos, mas todos estão milionários.