Saiu a lista tríplice para a PGR, mas Bolsonaro poderá reconduzir Raquel Dodge

Esta é a lista tríplice que será enviada para que Bolsonaro escolha o sucessor de Raquel Dodge na PGR:


Mario Bonsaglia
Desde 1991 no MPF, é vice-presidente do Conselho Superior do MPF. 
Luiza Frischeisen
Está no MPF desde 1992 e representou a instituição no CNJ de 2013 a 2015. Atualmente coordena a 2ª Câmara de Revisão, responsável pela área criminal do MPF.
Blal Dalloul
Integra o MPF desde 1996 e atualmente é procurador regional, um nível abaixo dos demais concorrentes, que estão no topo da carreira. Atua na área criminal junto ao TRF-2 (RJ e ES), foi secretário-geral do CNMP e do MPU.
Foi homem de confiança de Rodrigo Janot (2013-2017).

Bolsonaro não precisa escolher nenhum dos três, indicados pelos próprios procuradores, inclusive a própria Raquel Dodge.

6 comentários:

Anônimo disse...

Vendo cargo Deputado Federal com pouco uso. U$700 mil. Tratar direto com David Miranda, Gabinete 267, Anexo III da Câmara em Brasilia. Fone (061) 32.15.52.67.

ZAPELINO B disse...

Porque a Raquel, que só manda contra? De jeito nenhum!!!

Anônimo disse...

A surpresa fica apenas pelo SIM do que até agora era o ótimo senador Reguffe e o não do Telmário ! Incrível como estão as cabeças do nosso legislativo ! Nem ao menos se tentar verificar se a criminalidade diminuiria tentam, ou seja, querem é sim continuar afivelados com os bandidos, ou seja, a verdade de se estar preocupado com o povo e não com o próprio umbigo, tal qual a hipocrisia do corporativismo, sempre aparecem !

Anônimo disse...

O Bonsaglia e a Frischeisen tiveram as suas teses de doutorados aprovadas pelo petista Lewandowski e, Blal Dallaoul, foi empossado como Secretário-Geral do MPU logo pelo Janot, ou seja, e agora, Bolsonaro ? Vai encarar ? Vai continuar sendo uma ilha num mar de petistas ? O Bonsaglia ainda, inclusive, teve como orientador logo também o Dallari, o mesmo que disse ter sido o impeachment da Dilma o mesmo que se rasgar a Constituição, ou seja, vai ver que foi por isso, então, o seu certamente amigo Lewandowski preferiu então fatiá-la de cabo a rabo no julgamento da Dilma, que agora vive só de zanzar pelo mundo, a avalcalhar o país ! Eh! Bolsonaro, "se correr o bicho pega e se ficar o bicho come", esta é que é a verdade ! E do lado de cá está logo a esperançosa Dodge ! Durma-se com uma bronca dessas ! Certamente, só lhe resta assim uma caminho: escolher por fora ! O MP parece estar a lhe tentar pregar uma peça !

ZAPELINO B disse...

Infelizmente é a crua realidade, mas acredito que Bolsonaro vai se livrar desta verdadeira arapuca e vai usar de sua prerrogativa de escolher por fora, porque nenhum destes quatro ofertados satisfazem às exigências necessárias.

Anônimo disse...

Parece que são três simpatizantes petistas dentro da poderosa PGR escolhidos por seus colegas.. assim fica difícil.. é muito aparelhamento da máquina pública em instituições tão importantes...