FHC acha que lugar de ladrão (Lula) é na cadeia

O ex-presidente FHC disse esta tarde que Lula cometeu crimes e que por isto precisa cumprir a pena que lhe foi imposta pela 8a. Vara Federal de Curitiba, ampliada pelo TRF4 e reduzida pelo STJ.

É simples assim.

Lugar de ladrão é na cadeia.

51 comentários:

Anônimo disse...

Como bom sociólogo, ele esteve em Portugal explanando o que aconteceu no resultado das eleições no Brasil por conta das mídias sociais, para que os futuros candidatos não subestimem a força da ferramenta de contato social.

Anônimo disse...

Teu sangue comunista sempre com uma queda pelo FHC, né bigode?

Anônimo disse...

Bach, será que a erva tava estragada?

Anônimo disse...

Então o FHC virou herói da extrema direita

Anônimo disse...

Deixa o Paulo Preto começar a cantar que ele muda de opinião rapidim.

Anônimo disse...

Até FHC largou Lula de mão, perdeu o medo de Lula revelar seus roubos, pois o larápio não será levado a sério nem por juízes petralhas!
Esta declaração dele foi clara, cada um por si e o diabo para os outros!

Anônimo disse...

Se ele não sai dos bastidores, por que FHC não retorna a Política para Presidente.

Iara Mãe D'água disse...

Hoje ele está sóbrio?

Anônimo disse...

FALOU O ÓBVIO ULULANTE,GENERICO E DESCOMPROMETIDO

NÃO FALOU QUE LULA É LADRÃO

APENAS QUE LUGAR DE LADRÃO E NA CADEIA

NÃO AFIRMOU QUE TODO AQUELE QUE ESTA NA CADEIA É LADRÃO

FHC NADA DISSE DE LULA.

NEM AGORA

NEM NO MENSALÃO

NO MENSALÃO DEU VIDA, SALVOU LULA-(QUE SE TIVESSE O QUE MERECIA O BRASIL TERIA SIDO SALVO DA QUADRILHA PETISTA-FHC CRIMINOSO CULPADO) )

Anônimo disse...

FHC defendeu Lula até agora e foi seu fiel protetor até então pois era na calada da noite que defendiam as mesmas ideologias políticas no Foro de São Paulo. Sem moral para nada pois foi um dos que destruiu a Educação no Brasil. E nunca foi responsabilizado. Trouxa! Se merecem! O que fez com tanto dinheiro do CPMF saqueado dos trabalhadores?

Anônimo disse...

Intercept anuncia a próxima bomba e ela atinge um ex-presidente:

O site The Intercept Brasil anunciou que divulgará nesta terça-feira, 18, novos vazamentos relacionados à operação Lava Jato; em post pelo Twitter, o veículo fundado por Glenn Greenwald anunciado...

18/06/2019 - Brasil 247

Anônimo disse...

Depois dessa, o fhc perde o respeito com grande parte do povo brasileiro que ainda se iludia com esse estadista da miseria, pois no governo deste homem a miseria bateu de forma violenta as portas do brasileiro comum, desemprego disparou, o Brasil foi humilhado pelos membros do FMI...

Anônimo disse...

no governo FHC , existia toda transparencia do mundo, nem 1 centavo de corrupção, tudo começou com Lula e é tudo culpa do Pt, Banestado foi forjado, quero ver alguém provar 1 real de corrupção do PSDB, o PT trouxe a corrupção que nunca existiu para o Brasil, roubou trilhões e trilhões de dolares e quebrou a Petrobrás, o Banespa e não quebrou o Banco do Brasil só por Deus... , FHc e Bolsanaro já, aquilo do Queiroz é tudo mentira.. viu....

Anônimo disse...

O viralata subserviente FHC

Em 2001, logo após os atentados do 11 de Setembro, o então presidente(?) FHC autorizou a abertura de um escritório do Departamento de Serviço Secreto dos Estados Unidos no Brasil.
Hoje é o Conje moro que anda de quatro para os EUA.

Anônimo disse...

Qual a diferença entre os entreguistas FHC e Bolsonaro? O primeiro tira o sapato para entrar na Embaixada americana e, o segundo, presta continência para a bandeira americana. Ou seja, nenhuma diferença.

Anônimo disse...

O FHC também possui um complexo de inferioridade igual ao BOLSONANARO, por isso, também ataca a educação tal qual quando disse:
"Se a pessoa não consegue produzir, coitado, vai ser professor. Então fica a angústia: se ele vai ter um nome na praça ou se ele vai dar aula a vida inteira e repetir o que os outros fazem

Anônimo disse...

Bateu o desespero, pois sabe que seu nome vai aparecer nessa tramoia da vaza a jato. E torço para que já seja amanhã.

Anônimo disse...

FHC ficou conhecido não pelo seu governo, mas por ter nomeado o Procurador Geral da República Geraldo Brindeiro, apelidado por Pedro Simão de "engavetador geral da república"...

Anônimo disse...

Já está acusando o golpe e se acocorando como o resto da Quadrilha Globo-Lava Jato.

Anônimo disse...

Será que ele está dando uma dica pra defesa do Lula? "lembrem dos "fatos", dos fatos indeterminados, dos fatos que não existem pois que indeterminados! Alguém pode ser julgado por "fatos" indeterminados? Na física isso é possível? Ouvi falar de fatos ou fatores desconhecidos, no direito, indeterminado é o que não se conheceu e se não se conheceu, não há de se valorar. Mas, enfim, ele é da mesma turma do Moro.

Anônimo disse...

Fico matutando de como será o resgate desse sujeito, porque no pequeno tempo dessa vida, um átimo, ele já se acanalhou tanto sem nenhum pudor, que imagino, na hora H, ele querendo passar uma rasteira no anjo da morte... Ah! Não esqueçamos dos desafetos, aos milhões, o esperando. O Itamar só está na espera...

Anônimo disse...

O ódio de FHC é do tamanho de seu ego destruido. O que ele diz sobre Lula é prova de que julga um crime alguém mostrar o que de fato é , um idiot-savant, incompetente e cinico e mal intencionado.

Anônimo disse...

Esse é o elemento que o Bolsonaro ameaçou de morte?

Anônimo disse...

Esse sujeito é o vendilhão-mor do patrimônio público, o único que pode superá-lo é Bolsonaro.

Anônimo disse...

Caiu na real muito tarde, não vai para o céu com dona Ruth.

Anônimo disse...

O Antagonista, agora, desmascarou o que o picareta americano publicou? E ainda tem Vermelhos Escarlates Bolivarianos Atrasados que postam baboseiras do 247?

Anônimo disse...

Que ruim isto! Mas, melhor para os EUA (sonho de consumo para muitos brasileiros) do que para Venezuela e Cuba.

Anônimo disse...

Lava Jato desistiu de investigar FHC após verificar que provas iriam favorecer defesa de Lula:

De acordo com as conversas, os procuradores queriam incluir FHC no rol de investigados para acalmar o ânimo dos críticos;, mas desistiram ao verificar que as provas poderiam ser classificadas como crime tributário e não corrupção e reforçariam os argumentos de defesa do ex-presidente Lula

18 de junho de 2019

247 - Novo trecho das conversas entre o ex-juiz Sergio Moro e os procuradores de Curitiba, divulgados pelo The Intercept, revela a preocupação da Lava Jato em demonstrar "imparcialidade" das investigações.

Depois de ser enquadrado por Moro que não gostou de saber que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) estava na mira das investigações, Dallagnol questionou os procuradores num grupo chamado Conexão Bsb-CWB, que reunia procuradores de Brasília e Curitiba, já que o caso estava em Brasília e as provas foram adquiridas por Curitiba.

De acordo com as conversas, os procuradores queriam incluir o PSDB no rol de investigados para acalmar o ânimo dos críticos. Em uma conversa no dia 17 de novembro de 2015, portanto bem antes da conversa que Moro teve com Dallgnol (2017), o procurador Roberson Pozzobon sugeriu investigar, num mesmo procedimento, pagamentos da Odebrecht aos institutos de Lula e FHC.

“Assim ninguém poderia indevidamente criticar nossa atuação como se tivesse vies partidário”, justificou Pozzobon. “A da LILS [empresa que agencia as palestras de Lula] vocês já sabem os indícios para a investigação, mas vejam essa fratura expostas da Fundação iFHC”, disse ao grupo.

Na conversa de Moro, ele se referia a notícia na imprensa sobre caixa 2 nos anos 1990, que de fato prescreveram. Mas os pagamentos apontando por Pozzobon não estariam prescritos, caso fossem propina.

Pozzobon sugeriu ao grupo aprofundar a investigação sobre as doações. Mas a euforia dos procuraores durou pouco. Alguns deles ficaram preocupados que o fato poderia ser classificado como crime tributário, reforçando os argumentos de defesa do ex-presidente Lula.

Diogo – 21:44:28 – Mas será q não será argumento pra defesa da lils dizendo q eh a prova q não era corrupção?

Welter – 21:51:24 – 149967.ogg

Roberson – 22:07:24 – Pensei nisso tb. Temos que ter um bom indício de corrupção do fhc/psdb antes

Dallagnol – 22:14:24 – Claro

Dallagnol – 22:18:00 – Será pior fazer PIC, BA e depois denunciar só PT por não haver prova. Doação sem vinculação a contrato, para influência futura, é aquilo em Que consiste TODA doação eleitoral

"Quase um ano e meio depois dessa conversa, o fim do sigilo da delação de Marcelo Odebrecht, filho de Emílio, mostraria que o esquema de remessa de dinheiro aos institutos de FHC e de Lula tinha um modus operandi semelhante. A Fundação FHC – ex iFHC – disse ao Intercept que os valores recebidos foram regularmente contabilizados e que “não tem conhecimento de qualquer investigação ou denúncia do MPF tendo por base as doações feitas pela Odebrecht'", destaca o The Intercept.

Anônimo disse...

O que é pior,uma Autoridade Militar brasileira bater continência para uma Autoridade Militar Americana ou um Presidente bradileiro arrear as calças para um Ditador Cubano e Construir um porto de bilhões de dolares vom dinheiro dos pobres de seu pais? Ou arrear as calças para um bolivariano que tomou ativos da Petrobras na Bolívia?

Anônimo disse...

Greenwald: Moro foi corrupto e prevaricou para proteger FHC:

"Ele está protegendo FHC de várias acusações de criminalidade porque ele parece ser um defensor. Como isso não é crime de prevaricação?", questionou o editor do The Intercept Brasil, Glenn Greenwald após matéria que demonstra blindagem de Fernando Henrique Cardoso pela Lava Jato

18 de junho de 2019

247 - O editor do site The Intercept Brasil, Glenn Greenwald, disse, após a divulgação de novos trechos de conversa do ministro da Justiça, Sérgio Moro, com integrantes da operação Lava Jato, que o ex-juiz cometeu crimes de corrupção e prevaricação.

"Para mim, esta é a mais grave revelação até agora. Desde o início, o fator-chave para Lava Jato ser legítima era perseguir políticos corruptos, independentemente de partido ou ideologia. Aqui, Moro fez o oposto: ele quer que FHC se proteja porque vê FHC como um aliado: isso é corrupção", disparou o jornalista norte-americano.

Para ele, Moro está obstruindo uma investigação para proteger alguém que considera um amigo.

"Ele está protegendo FHC de várias acusações de criminalidade porque ele parece ser um defensor. Como isso não é crime de prevaricação?", questiona.

"Então há o ato muito enganoso e cínico de Deltan: propositalmente passar aos promotores apenas uma acusação contra FHC - que ele sabia que não poderia ser processada porque já estava prescrita - a fim de enganar o público alegando que isso mostraria sua "imparcialidade", finalizou Glenn.

Anônimo disse...

POLIBIO.
FAVOR NÃO COLOCAR ESSE PATIFE NO TEU BLOGUE.

Anônimo disse...

POLIBIO.
FAVOR NÃO COLOCAR ESSE PATIFE NO TEU BLOGUE.

Anônimo disse...

Bomba: Lava Jato protegeu FHC para ter apoio político:

Em nova conversa vazada entre Moro e Dallagnol, o procurador afirma que não foi considerada a prescrição do caso contra o ex-presidente tucano “talvez para [o MPF] passar recado de imparcialidade”. Moro chegou a alertar Dallagnol sobre evitar “melindrar” FHC

18 de junho de 2019 - Brasil 247

The Intercept - Um trecho do chat privado entre Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol revela que o ex-juiz discordou de investigações sobre o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na Lava Jato porque, nas palavras dele, não queria “melindrar alguém cujo apoio é importante”. O diálogo ocorreu em 13 de abril de 2017, um dia depois do Jornal Nacional ter veiculado uma reportagem a respeito de suspeitas contra o tucano.

Naquele dia, Moro chamou Deltan Dallagnol em um chat privado no Telegram para falar sobre o assunto. O juiz dos processos da Lava Jato em Curitiba queria saber se as suspeitas contra o ex-presidente eram “sérias”. O procurador respondeu acreditar que a força-tarefa – por meio de seu braço em Brasília – propositalmente não considerou a prescrição do caso de FHC e o enviou ao Ministério Público Federal de São Paulo, segundo ele, “talvez para [o MPF] passar recado de imparcialidade”....

Anônimo disse...

Que bomba foi essa kkkkk esse verdevaldo ja perdendo a credibilidade total. Daqui a pouco estará igual a Najila Trindade.

Anônimo disse...

FHC: “Moro na Justiça. Homem sério. Preferia vê-lo no STF”:

​18 junho, 2019 - DCM

Fernando Henrique Cardoso

@FHC
Moro na Justiça. Homem sério. Preferia vê-no STF, talvez uma etapa. Fusões de ministérios sim, com prudência. Já vimos fracassos colloridos. Torço pelo melhor, temo que não, sem negativismos nem adesismos. A corrupção arruina s política e o país. Se Moro a combater ajudará o país

Anônimo disse...

Tu é o hacker, imbecil? E a tramoia foi essa patetice que saiu publicada hoje? Vou voltar a seguir Najila Trindade, mais emocionante o caso Neymar.

Anônimo disse...

FHC faz 88 anos e quem ganha o presente é você:

18 junho, 2019 - DCM

Hoje é aniversário do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Intercept deu o presente.

Anônimo disse...

Eu aqui rolando de rir dos vazamentos dos petistas e psolistas envolvendo FHC. Isso é a bomba? Já está ficando patético e Lula vai apodrecer na cadeia. Que idiotas. Agora quero ver o que o charlatão Ruinaldo Azevedo vai dizer, e Gilmar...Foram mexer no querido dos dois.

Anônimo disse...

Noblat: FHC chamou revelações do Intercept de ‘tempestade em copo d’água’, hoje virou tsunami?

18 junho, 2019 - DCM

Blog do Noblat

@BlogdoNoblat
FHC, como bem lembra Mônica Bergamo, chamou as revelações do Intercept de "Tempestade em copo d'água . Depois de hoje, virou tsunami?

Anônimo disse...

O PT pagou milhões a esses raqueres para isso? Esse diálogo chinfrim sobre FHC? Francamente, se depender disso Lula vai mofar na cadeia.

Anônimo disse...

Conversas secretas revelam que Moro era qualquer coisa menos juiz: advogado de FHC, acusador de Lula:

Joaquim de Carvalho - 18 jun 2019 - DCM

Moro, advogado de FHC, acusador de Lula
A sétima reportagem da série do Intercept sobre as conversas secretas da Lava Jato revelam que Moro trabalhava com dois pesos e duas medidas.

Em conversa vazada anteriormente, vê-se Moro instruindo Deltan Dallagnol para investigar suposta transferência de imóveis do filho do ex-presidente petista, com o aviso: “a fonte é séria”.

Não era, porque a investida da turma de Deltan Dallagnol não deu em nada.

O episódio mostra Moro como se fosse o chefe da acusação.

Já em relação a uma denúncia contra Fernando Henrique Cardoso, se comportou como um advogado de defesa.

Conforme o Intercept, no dia 13 de abril de 2017, Moro entrou em contato com Deltan Dallagnol, coordenador da força tarefa da Lava Jato. O Jornal Nacional tinha noticiado uma delação que envolvia o ex-presidente tucano:

Moro – Tem alguma coisa mesmo séria do FHC? O que vi na TV pareceu muito fraco?

Moro – Caixa 2 de 96?

Dallagnol – Em pp sim, o que tem é mto fraco

Moro – Não estaria mais do que prescrito?

Dallagnol – Foi enviado pra SP sem se analisar prescrição

Dallagnol – Suponho que de propósito. Talvez para passar recado de imparcialidade

Moro – Ah, não sei. Acho questionável pois melindra alguém cujo apoio é importante

Como se sabe, Fernando Henrique Cardoso não foi incomodado pela Lava Jato, mesmo diante da revelação, poucos meses depois, de que o próprio ex-presidente tucano pediu doação a Marcelo Odebrecht, em 2010.

São nove e-mails juntados no processo. Em alguns, Fernando Henrique pede doação para candidatos do PSDB, inclusive com as informações sobre número de conta e agência bancárias. Em outros, ele trata de pedido para o instituto que preside.

Não há registro de contabilização dessas doações nas campanhas para as quais Fernando Henrique pediu dinheiro. Se houve crime de caixa 2, teve a participação do ex-presidente.

Quanto a doações para o instituto, na época em que o pedido foi revelado, a instituição disse que houve recibo.

Como os pedidos são de 2010, não se pode falar em prescrição, mesmo no caso de caixa 2.

O curioso é que os e-mails com os pedidos de Fernando Henrique Cardoso foram apresentados pela defesa de Lula, não com intuito de denunciar o ex-presidente tucano, mas de demonstrar que doações empresariais para instituto de ex-presidente são normais, e não podem ser tratadas como crime.

Os e-mails tinham sido entregues por Marcelo Odebrecht à Lava Jato, mas tinham sido ignorados pelos procuradores.

Quando a defesa de Lula foi autorizada a consultar os e-mails, encontrou os registros e os apresentou a Moro.

Nem assim a Lava Jato se mexeu, seja para levar em consideração a defesa de Lula, seja para tomar providências no sentido de investigar Fernando Henrique Cardoso.

Na Lava Jato, independentemente das provas, parece vigorar o princípio de que tucano é sempre inocente e petista, especialmente o Lula, sempre culpado.

Agora se entende por que Fernando Henrique Cardoso defende tanto Sergio Moro. É difícil alguém atacar o próprio advogado.

Anônimo disse...

Rindo muito aqui ao ler as mensagens envolvendo FHC. Sério que O PT pagou milhões aos Hackeres para ter isso? Que ridículo foi esse? Lula não vai sair tão cedo da cadeia e Moro será presidente do Brasil.

Anônimo disse...

Se depender dessas conversas vazadas a soltura de Lula, ele vai morrer na cadeia. Conversas mais idiotas.

Anônimo disse...

Então ele tem que se apresentar na cadeia e fazer companhia pro Lula.

Cris disse...

É isto aí...
Pelo bem da matemática ... 6/6 não é igual a 1/6...

Anônimo disse...

Na criminalidade o equivalente ao FHC, seria o motorista (de fuga) que fica na porta do banco. Ou seja, se o lula olhar lá de dentro do banco e ver que o FHC foi embora, ele sabe não dá mais para fugir, vai ter que negociar os reféns.

Anônimo disse...

A "bomba" que o "vazador" disse que iria soltar, já soltou, é uma comunicação do Moro para o Dallagnol, dizendo que era para deixar o FHC fora da investigação, porque era um apoio importante.
Meu deus, que crime mais "hediondo", é muito pior que o um trilhão que foi roubado pelo PT, e também muito pior que o vazamento das conversas entre as autoridades.
Como dizem os analistas sérios, não puderam neutralizar as provas, que eram robustas, partiram para a criminalidade total, ou seja, o crime de invasão justifica a causa, que é libertar o facínora preso numa "gaiola de ouro". Vem cá Brasil, deixa ver a sua mão,que grande destino reservaram para você, como dizia um samba antigo.
Para esta esquerda jurássica, o remédio tem que ser forte.

Anônimo disse...

GGN: Apoio de FHC à Lava Jato visava comprar segurança:

"O Intercept ressalta que FHC foi citado pelo menos nove vezes na Lava Jato e que, em alguns casos, os supostos crimes cometidos não estavam prescritos no momento do diálogo entre Deltan e Moro, no...

19/06/2019 - Brasil 247

Anônimo disse...

Sim..com o juizeco mandando segurar as investigações contra FHC é fácil falar!

Anônimo disse...

Calma Bozonoide, daqui começam a vir fotos, áudios e vídeos.

Anônimo disse...

Quem finaliza por trás a Glenn é o marido, sua anta do CtrC CtrV...