Sartori examina atrasos de pagamentos e repasses para preservar a Folha de Pessoal

O governador Ivo Sartori busca alternativas para atenuar a política de atrasos continuados nos pagamentos de salários das 344 mil matrículas dos servidors do Executivo.

Isto significa que todos os demais compromissos, exceto a Folha de Pessoal, seriam sacrificados, mesmo que em meses alternados.

Uma no cravo e outra na ferradura.

O que inclui repasses de duodécimos para Legislativo e Judiciário (R$ 325,6 milhões por mês).

13 comentários:

Anônimo disse...

SE ELE TIVESSE FEITO ISSO DESDE O INÍCIO NÃO TERIA DESAPROVAÇÃO GERAL...

O QUE O POVO QUER É VER ATRASAR PELO MENOS "CINCO DIAS" O SALARIOZINHO DOS NOBRES PROMOTORES E JUÍZES GAÚCHOS....SÓ PRA VER O BÉRRO DESSA INDIADA!!!!!!!!!KAKAKAKKAKAKA

Anônimo disse...

Mas isso não é hipótese para impeachment?
Será que ele quer deixar o cargo mas está sem coragem para renunciar?
Mas se é isso, então por que foi se candidatar?

Anônimo disse...

ISSO AÍ SARTORÃO, METE A MÃO NESSE JUDICIÁRIO!!!!!!!!!!!!!

Mordaz disse...

Ou seja, irá atrasar o pagamentos dos trabalhadores da iniciativa privada para favorecer os estáveis do governo. Se o fornecedor não recebe não tem nem como parcelar ou pagar a sua mão de obra.

Anônimo disse...

Atrasa os salários,não paga a dívida com a União, não investe nada, dá calote aos hospitais e prefeituras, não conserva rodovias, e teve aumento de ICMS, o ICMS está tendo aumento de arrecadação. Então pergunto:

ONDE É QUE O PMDB ESTÁ FAZENDO COM O DINHEIRO ARRECADADO??????????
(Ganha um fuca zero quem adivinhar)

Anônimo disse...

Hummm, perto de eleições começa a pensar ?

Parece jogo marcado.

Anônimo disse...

O estado tem mais funcionários do que pode pagar. Pelo que entra mensalmente em dinheiro o RS só pode ter a metade de seus 344.000 funcionários.

Sartori, porque é que ainda não vendeu/extinguiu CORAG, CRM, SULGÁS, CEEE, DAER, EGR. Etc...............????????????

Anônimo disse...

Na madrugada desta sexta-feira (5), a Brigada Militar encontrou mais um corpo ao lado de um bilhete no bairro São João Batista, em São Leopoldo. Uma mulher ainda não identificada foi assassinada e os criminosos deixaram um recado: “coloca na conta do Gordo… É só o começo”. Ontem, o corpo de um homem foi localizado no bairro São Miguel e também havia um bilhete indicando que foi uma execução. A Polícia Civil está apurando o caso e acredita que os crimes foram motivados pelo tráfico de drogas.(cpovo)

Anônimo disse...

Políbio,

O 09:46 esta correto.

Quando a "indiada"(+deputados) sentir a água no pescoço(inclusive futuras pensões), talvez as coisas comecem a mudar no RS.

JulioK

Anônimo disse...

Mesmo se não nunca mais repassarem o duodécimo dos outros poderes os servidores do Executivo terão seus salários parcelados. Faltam 800 milhões todo mês pra folha do Executivo e os Outros Poderes custam 300 milhões.

E daí, o Executivo vai culpar quem ? Antes a culpa era da dívida com a União (hoje nem tá sendo paga) e ultimamente era do Legislativo e Judiciário.

Pessoal do Executivo se esqueceu dos PCS e aumentos salariais absurdos que receberam no governo Tarso. Todo mundo sabia que não ia ter grana, mas se "fizeram de loucos" e agora usam a síndrome do coitadismo.

Os reais prejudicados são os brigadianos e os professores, esses sim ganham pouco e derrubam a média salarial do Executivo pra baixo.

Dos 10 maiores salários do estado, 5 são do Executivo: vejam salários da PGE, SEFAZ e delegados.

Anônimo disse...

SERVIDORES DOS ÓRGÃOS QUE ESTÃO NA MIRA,JÁ COMEÇAM A TOCAR HORROR.FDRH,QUE MESMO NÃO SENDO O SALÁRIO PARECELADO,JÁ ESTÃO COM OS NERVOS A FLOR DA PELE.A HORA ESTÁ CHEGANDO.MAS SE O GOVERNO QUER,ELE VAI FECHAR,NÃO ADIANTA ESPERNEAR.O PRESIDENTE DA FEPPS FOI PEDIR ARREGO AO GRINGO PARA TIRAR A MESMA DA LISTA DE EXTINÇÃO E ELE MANDOU O CARA PRA CASA.

Anônimo disse...

Executivo recebeu aumento no Governo Tarso. Está de brincadeira né. O Tarso concedeu aumento para Brigada e professores. Os demais não receberam aumento. É lógico que não havia dinheiro para isso, por causa do tamanho do contingente. Mas o judiciário e outros poderes também precisam receber parcelados, sempre foram privilegiados. E vem novo aumento para juízes e desembargadores, por causa do aumento do STF. E quando não há mais nada para dar aumento, inventam teses de ``auxílio-casa`` retroativo. E recebem tudo em dia, inclusive os retroativos.
E vá olhar o portal da transparência do judiciário, a informação clara de quanto ganha cada um, inclusive os penduricalhos retroativos, dificilmente achará resposta. De qualquer maneira, há dinheiro para pagar o executivo. É uma questão somente de prioridade.
Mas eu não acredito que vá parcelar os repasses aos outros poderes. Disso eu duvido.

Anônimo disse...

SEFAZ, SEPLAN, Técnicos Científicos, DAER, professores, delegados... Todos estes ganharam aumentos muito superiores à inflação no governo Tarso. Ou tu tem memória fraca ou é desinformado mesmo. E sim, eu sei que os juízes ganham verbas pornográficas