Artigo, Meraldo Zisman - Envelhecer

Envelhecer é crescer. Não é decair fisicamente.

O fato mais positivo do envelhecimento é a oportunidade de saber da proximidade da morte e aproveitar o mais possível a vida, o dia-a-dia, o momento, e valorizar as coisas simples da vida.  O velho que souber viver as suas etapas com sabedoria não terá medo de envelhecer.
  
Jamais escutei um jovem dizer: quem me dera ter sua idade! Mas os pacientes mais velhos sentem falta e falam com grande saudade da mocidade. Lembro-me de um jovem paciente que tinha seus grilos, suas inseguranças, seus problemas, seu futuro era uma incógnita. Mas nunca ouvi dele um elogio à vida.

… A idade não é tema para ser medida pela régua da competição. Desejar maquiar a velhice é tarefa impossível, para não dizer trágica. 
O idoso somente se sente velho quando deseja se comparar com o jovem.

 Os jovens de hoje são manipulados pelos falsos valores que estão lhes impingindo, como a grife da moda ou beber tal refrigerante ou viciar-se com tal e qual droga. E eu fico com muita pena, pois não poucos se matam, se acidentam, se drogam, sem vislumbrar o sentido da vida.
  
Quando alguém me pergunta se tenho medo da velhice respondo que não.

CLIQUE AQUI para ler tudo.O artigo e a ilustração estão em www.chumbogrosso.com.br

2 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom artigo, parabéns ao editor por postar.

Anônimo disse...

Agora conta aquela do papagaio, Meraldo!!!